Circuito Mundial Masculino de Surfe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de ASP World Tour)
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde maio de 2017).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Circuito Mundial Masculino de Surfe[1][2][3][4] (em inglês: WSL Men's Championship Tour, World Men's Championship Tour, WCT, ASP World Tour) é uma competição internacional de surfe profissional organizado anualmente pela Liga Mundial de Surfe (em inglês: World Surf League, WSL) e é uma liga profissional de surfe.[5] Era organizada pela Associação dos Surfistas Profissionais (em inglês: Association of Surfing Professionals, ASP).[6] Corresponde à divisão de elite mundial e começou em 1992, quando a ASP decidiu dividir o Circuito Mundial em duas divisões: WCT e WQS. O australiano Peter Townend foi o primeiro a vencer a competição, quando este já era unificado, em 1976.

Regulamento[editar | editar código-fonte]

No WCT competem apenas os 36 melhores surfistas do mundo, seguindo este critério de classificação:

  • Os 22 primeiros colocados no ranking ao fim da temporada asseguram a permanência para o ano seguinte.
  • Três surfistas recebem os “wild card”, ou seja, convites, por terem se machucado e, com isso, terem ficado de fora de algumas etapas.
  • Dez surfistas se classificam através do ranking do circuito acesso, o WQS.

Durante alguns anos, foi criada a "Etapa Móvel", em que um ex-militar francês viaja o mundo todo em busca de ondas perfeitas; a que ele selecionar, irá ser uma atração do WCT, mas só em uma temporada. Para 2007 foi escolhida Arica, no Chile.

Campeões[editar | editar código-fonte]

Etapas[editar | editar código-fonte]

Etapas brasileiras[editar | editar código-fonte]

Anos[editar | editar código-fonte]

Tríplice Coroa Havaiana[editar | editar código-fonte]

Anos[editar | editar código-fonte]

Campeões do World Junior Championship (WJC)[editar | editar código-fonte]

Campeões do World Longboard Tour (WLT)[editar | editar código-fonte]

Campeões do Big Wave Tour (BWT)[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

  1. a b c d e f No surfe, o Havaí é considerado uma nação à parte pela Associação dos Surfistas Profissionais.[8]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]