Camarilha dos Quatro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A Camarilha dos Quatro (chinês tradicional: 四人幫, chinês simplificado: 四人帮, pinyin: Sìrén bāng; também chamada de Gangue dos Quatro ou Bando dos Quatro) é a designação atribuída a uma facção composta por quatro membros do Partido Comunista da China que ganharam proeminência no período de implementação da Grande Revolução Cultural Proletária (1966-1976): Jiang Qing (esposa de Mao Tse-tung), Zhang Chunqiao, Wang Hongwen e Yao Wenyuan.[1]

O grupo controlou os principais órgãos de poder do Partido Comunista durante os estágios finais da Revolução Cultural, embora permaneça incerto quais decisões eram tomadas por Mao e realizadas pela Gangue, e quais eram resultado do planejamento do grupo.

A Gangue dos Quatro e o general Lin Biao acabaram sendo classificados como as duas maiores "forças contrarrevolucionárias" da Revolução Cultural e foram oficialmente responsabilizados pelo governo chinês pelos maiores excessos cometidos durante os dez anos de agitação. Sua queda, em 6 de outubro de 1976, um mês após a morte de Mao, deu início a uma série de grande celebrações nas ruas de Pequim e marcou o fim de uma era de turbulência política na China.[2]

Após a morte de Mao, uma das primeiras ações do novo líder da China, Hua Guofeng, foi prender os membros do grupo.[3] As autoridades chinesas consideram atualmente "alegar inocência da gangue" um "ato contrarrevolucionário". Um oficial do partido em Kiangsi que defendeu o grupo foi "denunciado por seu crime" em uma reunião de 4 000 pessoas.[4]

O julgamento dos membros da Camarilha dos Quatro decorreu em 1980. Jiang Qing e Zhang Chunqiao foram condenados à pena de morte (penas comutadas para prisão perpétua), enquanto Yao Wenyuan e Wang Hongwen condenados a vinte anos de prisão.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Revista História Viva - "Deng Xiaoping - O arquiteto do milagre chinês"
  2. Han Suyin. Eldest Son: Zhou Enlai and the Making of Modern China, 1898-1976. Página 413. New York: Kodansha America, 1995. 413
  3. «Hua Guofeng, Transitional Leader of China After Mao, Is Dead at 87». The New York Times (em inglês). 20 de agosto de 2008. ISSN 0362-4331 
  4. «1977: Deng Xiaoping back in power» (em inglês). 22 de julho de 1977 


O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Camarilha dos Quatro