Camille Jullian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Camille Jullian
Nascimento 15 de março de 1859
Marseille
Morte 12 de dezembro de 1933 (74 anos)
Paris
Residência Marseille
Cidadania França
Alma mater Lycée Thiers, Escola Normal Superior de Paris
Ocupação epigrafista, celtologia, arqueólogo provincial romano, professor universitário, romanista
Prêmios Grand Prix Gobert, Grand Prix Gobert, Grande Oficial da Legião de Honra
Empregador Collège de France

Camille Jullian (15 de março de 185912 de dezembro de 1933) foi um historiador francês, arqueólogo, filólogo e historiador da Literatura francesa, estudante de Fustel de Coulanges, de quem publicou uma obra póstuma.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Jullian nasceu em Marselha. Especializou-se em Gália e em Era romana, era estudante da Escola Normal Superior de Paris[1], membro da École française de Rome e professor de antiguidades nacionais no Collège de France. Sua principal obra é uma história em vários volumes da Gália.

Em 1908 foi eleito membro da Académie des Inscriptions et Belles-Lettres e em 1924 foi eleito membro da Academia Francesa.[2]

Morreu em Paris em 1933.

Referências

  1. Christian Goudineau (30 de junho de 2011). «Camille Jullian : la passion de la Gaulle». Le Nouvel Observateur (1107). 81 páginas 
  2. «Camille JULLIAN» (em francês). Académie française. Consultado em 3 de dezembro de 2012