Carnatal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carnatal
'A Micareta do Brasil!'
Período de a(c)tividade 1991 - atualmente
Fundador(es) Destaque Promoções e Eventos
Local(is) Natal,  Rio Grande do Norte
Data(s) dezembro (anualmente)
Página oficial www.carnatal.com.br

O Carnatal é o carnaval fora de época da cidade de Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, Brasil.[1] [2] [3] [4] [5] [6] [7] Realizado anualmente no começo do mês de dezembro, ele é organizado na Praça de Eventos da Arena Das Dunas. Está no Guinness Book como o maior carnaval fora de época do mundo.[2]

Reúne cerca de cento e sessenta mil pessoas nos seus quatro dias de festa.[8] [9] No ano de 2015, o evento completa 25 anos de existência.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro Carnatal ocorreu no ano de 1991 e foi realizado no centro da cidade, com apenas 3 blocos, entre eles o Bloco Caju, animados por Netinho, Banda Mel e Banda Cheiro de Amor. No circuito, havia 12 camarotes e nenhuma arquibancada. No ano de 1992 é criado o bloco Burro Elétrico, formado pelos jornalistas que cobrem o evento, o bloco Bicho puxado pelo cantor Ricardo Chaves e a banda Asa de Águia com o bloco Coco Bambu chegam para ficar. Em 1993 a estrutura era maior, a novidade foi a criação do bloco Nana Banana animado pelo Chiclete com Banana.

A festa cresceu e, devido a reivindicações de moradores do bairro, teve que ser transferida para o largo do estádio Machadão em 1994, onde foram montados 525 camarotes. Nesse ano já eram 14 blocos e mais de 50 mil foliões. Nos anos seguintes a estrutura continuou a mesma com acréscimos de mais blocos. No ano de 1997, o Carnatal teve a participação de um bloco puxado pelo grupo É o Tchan!, que tinha destacado espaço na mídia, o que contribuiu para divulgação do evento. Em 1999 o Carnatal foi a maior festa das comemorações dos 400 anos da cidade de Natal, foram 10 blocos animados pelos principais artistas da música baiana.

No ano 2000 o evento trouxe pela primeira vez a banda Harmonia do Samba e o rock invadiu o evento com a apresentação da banda Jota Quest. Neste ano, a cantora Daniela Mercury anunciou que não puxaria mais blocos de trio, sendo sua última micareta, porém voltando em 2002 para dividir o trio com Ricardo Chaves. Em 2001, a cantora Ivete Sangalo volta ao Carnatal depois de sair da Banda Eva. No Carnatal 2002, além da volta de Daniela Mercury, outra novidade foi a estreia da banda Babado Novo no bloco Caju. Em 2003 e 2004 o evento continuou trazendo muitas atrações em diferentes blocos. No Carnatal 2005, a grande novidade foi a estreia do bloco Cerveja & Coco, parceria entre Ivete Sangalo e Asa de Aguia.

O Carnatal consolidou-se como o principal evento do calendário turístico de Natal. Em 2010 compõe-se de 10 blocos, tais como puxados por bandas e cantores de axé music como também artistas potiguares e bandas de forró que fazem dessa micareta a maior do país.

Até o ano de 2010, o local do início do percurso fica na Avenida Lima e Silva com a Avenida Prudente de Moraes (largo do Estádio Machadão), no bairro Lagoa Nova. De lá, saia os trios, seguidos pelos foliões, para um percurso de cerca de 3,0 km.[10]

Mas, com o início das obras da Arena das Dunas, novo estádio para a Copa do Mundo 2014 fez com que o percurso fosse modificado no ano de 2011. Então, o Carnatal 2011 ocorreu no mesmo local com algumas modificações o início do percurso continuou sendo na Av. Prudente de Moraes, mas o ponto de largada dos blocos foi ao lado do autódromo, no sentido zona sul-centro, em vez da antiga rotatória, sem a presença do antigo corredor da folia.[11]

Em 2013, o Carnatal teve um percurso e local provisório devido obras de mobilidade urbana; assim, o percurso dos trios elétricos invadiu o Parque Aristófanes Fernandes, já em Parnamirim, região metropolitana de Natal. [12]

Em 2014, o evento voltou para seu local onde se consagrou, sendo realizado na Área Externa da Arena das Dunas, num formato indoor assim como o ano anterior.

Blocos[editar | editar código-fonte]

O Carnatal 2015 contará com dez blocos, sendo eles:

  • Largadinho (O bloco Caju, tradicional do evento, ganha novo nome e a mesma energia da Claudia Leitte.)
  • Me Abraça (Após estrear a carreira solo no Carnatal 2014, o bloco leva o Durval Lelys em dois dias de avenida.)
  • Vumbora?! (Quinta à sábado na avenida, o VUMBORA?! tem como astro o Bell Marques em carreira solo.)
  • Vai Safadão! (Sucesso no Fortal e no Carnaval de Salvador, Wesley Safadão aterriza no evento com seu mais novo bloco.)
  • Bicho (Conhecido como o rei da festa, Ricardo Chaves vai a avenida no sábado e domingo da micareta.)
  • Swingaê (Embalado pelo pagode baiano, o bloco traz Léo Santana no sábado e Grafith no domingo.)
  • Burro Elétrico (Trazendo a energia do extinto bloco Galo do Sol, é animado pelo Almir Rouche.)
  • Coruja (Pela segunda vez no evento, o bloco traz a Ivete Sangalo.)
  • Balada (O Bloco Balada, sucesso em Salvador e querido pelo público do evento, traz para Natal a conhecida energia e romantismo do Tuca Fernandes.)
  • Bikoka (Com o Babado Novo estreando, o bloco é um dos mais tradicionais no evento.)

A comercialização dos abadás de todos os blocos foi feita no site do Ingresso Rápido e na Central do Carnatal, um espaço que além da venda dos abadás, é responsável por todos os assuntos pendentes ao Carnatal junto aos clientes. A central fica no Natal Shopping, onde na sede não só são vendidas os abadás mas como outros ingressos para eventos promovidos pela Destaque Promoções e Eventos.

Camarote Natal by RCHLO[editar | editar código-fonte]

Uma das grandes novidades da edição de 2015, O Camarote Natal by RCHLO traz um novo conceito a micareta, numa estrutura no meio do corredor da folia e com design feito pelos mais requisitados estilistas do país. Nos quatro dias do evento, o camarote é animado por atrações nacionais e DJs, além da visita de grandes atros nacionais.

Arquibancadas[editar | editar código-fonte]

A energia das arquibancadas é uma atração a parte dentro do Carnatal. Um dos pontos mais disputados no evento, elas oferecem visão privilegiada dos trios e do Corredor da Folia, colocando os foliões frente a frente para o seus artistas favoritos.

Corredor da Folia[editar | editar código-fonte]

De volta ao circuito na edição 2012, o Corredor da Folia ficou localizado na marginal que liga a Avenida Prudente de Moraes a Avenida Lima e Silva, com 200 m de camarotes dos dois lados, sendo um lado os camarotes privados e no outro o Camarote da Skol. Na linha de camarotes especiais, que fazem “a festa dentro da festa”, o folião tem espaços projetados para oferecer muito conforto e diversão dentro de uma estrutura especial. Nos quatro dias de festa eles têm atrações diferenciadas, como DJs, acesso à internet, salões de beleza para fazer uma produção diferente, comida e bebida, áreas de relaxamento, praça de alimentação e pistas de dança.

Em 2014, o corredor ganhou novas adaptações, sendo montando numa estrutura de 350 metros composto por um camarote temático, arquibancadas e camarotes particulares.

Arena Carnatal[editar | editar código-fonte]

Em 2014 uma novidade chamou atenção dos foliões, era a Arena Carnatal, Projetada no centro do circuito dos trios e com acesso também a uma parte do Palco SKOL, a Arena Carnatal Fun Fest ficou localizado o coração da festa. O espaço contou com segurança, estrutura de banheiros, bares e alimentação, além das ativações dos patrocinadores e visão para o circuito dos trios fora do Corredor da Folia. Em 2015, a estrutura permanece no evento.

Palco Skol[editar | editar código-fonte]

Em 2014, um produto inédito esquentou ainda mais a folia e tomou conta do Carnatal: foi o Palco SKOL! Com vista para a Arena Carnatal e frontstage exclusivo do Camarote SKOL, o Palco foi um show à parte que jogou lá em cima a energia na avenida.

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

Em 2002 foi imposto um limite nos horários ao Carnatal, fazendo com que o evento começasse e terminasse mais cedo, de forma a evitar o desenrolar do mesmo até a madrugada. Em 2004, a Promotoria de Meio Ambiente solicitou a redução dos horários do Carnatal, alegando a problemática da poluição sonora e interdição das ruas, danosas aos moradores e comerciantes da região.[13] O pedido, entretanto, foi negado pelo juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, e os horários permaneceram os normais.

O Carnatal também sempre foi rondado por críticas quanto a violência: são frequentes os relatos com relação a agressões cometidas principalmente por indivíduos alcoolizados e fazendo uso de drogas, atos desrespeitosos como urinar nas calçadas e o grande número de assaltos — estes motivados pelo grande fluxo de turistas que vêm a Natal para o evento.

Com todos esses fatos, em 2007 a empresa organizadora requisitou ao governo um aumento do efetivo de policiais nas ruas durante o evento; como resultado foi criada a Delegacia do Carnatal e foram disponibilizadas ambulâncias do SAMU para atendimento aos foliões. A empresa organizadora também fez um acordo com a prefeitura para a proteção dos canteiros das avenidas e cercou alguns deles com grades — entretanto, os canteiros não-protegidos foram completamente destruídos,[14] e reeconstruídos pela empresa após o evento.

Sobre o Carnatal, Jansen Sanders do site Carnasite (site especializado em micaretas) citou: "É uma das mais bem organizadas".[15]

Carnatal e a Copa[editar | editar código-fonte]

Desde 1994 que o Carnatal é realizado no entorno do estádio Machadão. Em 2009, Natal foi escolhida como uma das sedes da Copa do Mundo FIFA de 2014. O projeto consiste na demolição do atual Machadão e a construção da nova Arena das Dunas. Especulava-se que o Carnatal teria que ser transferido para outra área da cidade.[16] Especulava-se transferi-lo para a Via Costeira, ou pro Prolongamento da Avenida Prudente de Morais, ou ainda para o bairro de Cidade Verde (no município vizinho, em Parnamirim).[17] Existia uma vertente que já falava em um Carnatal fechado no estilo Indoor[18] e muitos já criticam a opção, pois consideram que a festa deve ser na rua.[17]

Mas, no dia 6 de junho de 2010 foi anunciado que o Carnatal 2010 iria continuar no entorno do Machadão, o que se confirmou, pois o mesmo só será interditado definitivamente para demolição em 2011.[19] [20] . Assim, a Destaque Promoções e Eventos confirmou que o Carnatal seia realizado nos próximos anos na área, mas com as devidas adaptações seguindo o andamento das obras. Então, Carnatal 2011 ocorreu no mesmo local com algumas modificações, o início do percurso continuou sendo na Av. Prudente de Moraes, mas o ponto de largada dos blocos foi ao lado do autódromo, no sentido zona sul-centro, em vez da antiga rotatória, sem a presença do antigo corredor da folia.[21]

Referências

  1. [1] Carnasite.com.br.
  2. a b GloboEsporte, 24.08.2007: Carnatal, arma potiguar para sediar a Copa Globoesporte.globo.com.
  3. [2] Carnatal.com.br.
  4. [3] Carnatal.com.br.
  5. [4] Tvpontanegra.com.br.
  6. [5] Pingado.terra.com.br.
  7. [6] Intravel.com.br.
  8. Fernanda Zauli (08/12/2014). Ivete Sangalo comanda a festa na última noite do Carnatal G1.globo.com.
  9. Nadjara Martins (07/12/2014). Carnatal é encerrado com três blocos e volta "extra" no corredor TribunaDoNorte.com.br/.
  10. [7] Revistaturismo.com.br.
  11. [8] Noitebacana.com.
  12. {citar web | url=http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2013/10/destaque-lanca-oficialmente-novo-percurso-do-carnatal-2013.html | autor= |obra= | título= |data= |acessodata= |língua= }}
  13. [9] Mp.rn.gov.br.
  14. [10] Tribunadonorte.com.br.
  15. [11] 45graus.com.br.
  16. [12] Tribunadonorte.com.br.
  17. a b [13] Noticiasdorn.com.br.
  18. [14] Carnasite.com.br.
  19. [15] Nominuto.com.
  20. [16] Blog.tribunadonorte.com.br.
  21. [17] Noitebacana.com.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]