Confissão de Fé de Dordrecht

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A confissão de fé de Dordrecht é uma declaração de crenças adotadas pelos líderes holandeses menonitas em 21 de abril de 1632. Seus 18 artigos enfatizam dentre outros pontos, a crença na salvação através de Jesus Cristo o batismo, não-violência, lava-pés, e evitar fazer juramentos. Foi parte influente da Reforma Radical e continua sendo um importante documento para muitos grupos anabatistas modernos como os Amish.[1][2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Walter Andrade Campelo. «Confissão de Fé Menonita de Dordrecht (1632)». Consultado em 12 de agosto de 2018 
  2. Anabaptist Mennonite Encyclopedia. «Dordrecht Confession of Faith (Mennonite, 1632)». Consultado em 12 de agosto de 2018