Deuteropentecostalismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pentecostalismo
Pentecostalismo

Deuteropentecostalismo ou Segunda Onda do Pentecostalismo são os termos que designam a segunda onda do movimento Pentecostal que surgiu na década de 1950 no Brasil, quando chegaram a São Paulo dois missionários o estadunidense Harold Williams, da International Church of The Foursquare Gospel (grupo que nos Estados Unidos é considerado como Pentecostal de primeira onda), e o pastor peruano Jesús Hermirio Vásquez Ramos, sendo alguns anos depois auxiliados em grandes cruzadas evangelísticas pelo pastor estadunidense Raymond Boatright.

Na capital paulista eles criaram a Cruzada Nacional de Evangelização e, centrados na cura divina, iniciaram a evangelização das massas, principalmente pelo rádio, contribuindo bastante para a expansão do pentecostalismo no Brasil. Fundaram depois a Igreja do Evangelho Quadrangular.

No seguimento, surgem grupos semelhantes, tais como O Brasil para Cristo, Igreja Pentecostal Deus é Amor, Igreja Unida, Casa da Bênção, entre outras.

O Deuteropentecostalismo enfatiza a cura divina e as profecias. Embora valorize o falar em línguas, distingue-se do Pentecostalismo Clássico pelo seu menor foco nesse carisma. Quanto à ética e costumes, há uma polarização, e tornou-se mais rígido (caso da Igreja Pentecostal Deus é Amor) ou mais liberal (como na Igreja do Evangelho Quadrangular).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Mariano, Ricardo. Neopentecostalismo: Sociologia do Novo pentecostalismo no Brasil – São Paulo: Loyola, 1999.
Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.