Cristóvão de Barros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cristóvão de Barros
Cidadania História colonial do Brasil
Progenitores
Cônjuge Isabel de Lima
Filho(s) António de Barros Cardoso
Ocupação administrador colonial

Cristóvão de Barros foi um personagem histórico português, que fez parte da colonização brasileira.[1] Foi empreendedor funcionário da coroa portuguesa. Advertiu o rei, em 1578, sobre a ausência de uma fortaleza para a defesa do porto do Recife.[2]

Filho de Antônio Cardoso de Barros, que foi devorado pelos índios caetés juntamente com o bispo D. Pero Fernandes Sardinha, na costa do rio Coruripe, em Alagoas.

Cristóvão de Barros, foi considerado herói na luta e expulsão dos piratas ingleses de Salvador e de índios.

Fundador da São Cristóvão, em Sergipe [3]. Mais tarde, recebendo instruções do reino, resolveu criar a Capitania de Sergipe Del Rei.

Auxiliou a expulsão dos tamoios e franceses da Baía de Guanabara e de seus arredores.[4] Possuidor de extensas sesmarias em Magé[5] e construtor do 1º engenho do município, nas proximidades do Rio Magepe e próximo ao Morro da Piedade, surgindo ai o desenvolvimento de uma nova civilização, vindo a ser o fundador e mantenedor da integridade do núcleo populacional da futura Magé, com a expulsão, escravidão e o extermínio da população indígena local.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. MultiRio. «A União Ibérica e a Expansão Oficial». Consultado em 6 de outubro de 2010. Arquivado do original em 13 de julho de 2012 
  2. França & Hue, Jean & Sheila (2014). Piratas no Brasil. São Paulo: Globo. p. 62 
  3. José Maria da Silva Paranhos Júnior,Barão do Rio Branco,Efemérides brasileiras ,publicado de 1891 até 1016 e republicado pelo Sénado brasileiro em 1999
  4. José Maria da Silva Paranhos Júnior,Barão do Rio Branco,Efemérides brasileiras ,publicado de 1891 até 1016 e republicado pelo Sénado brasileiro em 1999
  5. Francisco Adolfo de Varnhagen, Visconde de Porto Seguro, História Geral do Brasil ed. Melhoramentos


Precedido por
Salvador Correia de Sá
Governador do Rio de Janeiro
15721574
Sucedido por
Antônio Salema