Dialeto transmontano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dialetos de Portugal.

O dialecto transmontano é um dialecto setentrional do português europeu conforme falado em Trás-os-Montes.[1]

Registos sonoros[editar | editar código-fonte]

Regionalismos[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo ou secção, expandindo-o(a). Mais informações podem ser encontradas na página de discussão. Considere também a possibilidade de traduzir o texto das interwikis.

Substituição das terminações "agem" por "aije". Exemplos:viagem-viaije, garagem-garaije.

Transformação do grupo vocálico ou em oi. Exemplo: outro-oitro, Mouro-Moiro.

Fortificação do som 'ch' com um 't' prévio: Exemplos: Chão-Tchão, Chouriço-"Tchoiriço" Substituição do som 'z' por 'j'. exemplos: Jesus-Jejus, Azar-Ajar Substituição do som 'v' por 'b'. exemplos: Vila-Bila, Votar-Botar, Dívida-Díbida.

Existencia de nomes ou expressões puramente Transmontanas, Grão de bico-"Ervanço" ;, feijão frade-"Tchitcharros;"Abobora-"Cabaça",etc

Nesse dialeto, existe a preferência pelos pronomes portugueses retos tradicionais; nomeadamente, usasse nós em vez de a gente, tu em vez de você e vós em vez de vocês.

Referências

  1. Ciberdúvidas. «Os dialectos em Portugal». Consultado em 22 de Novembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.