Dumb Witness

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dumb Witness
Poirot Perde uma Cliente; Testemunha Muda (PT)
Poirot Perde uma Cliente (BR)
Autor(es) Agatha Christie
Idioma inglês
País  Reino Unido
Gênero Romance policial
Editora Collins Crime Club
Lançamento 5 de julho de 1937
Páginas 320 (1ª edição, capa dura)
Edição portuguesa
Tradução Fernanda Pinto Rodrigues; Isabel Alves
Editora Livros do Brasil, Edições Asa
Lançamento 1937; 2006
Edição brasileira
Tradução Archibaldo Figueira
Editora Nova Fronteira
Lançamento 1986
Cronologia
Murder in the Mews
Death on the Nile

Dumb Witness (Poirot Perde uma Cliente, no Brasil[1] e Poirot Perde uma Cliente (1937) ou Testemunha Muda (2006) em Portugal [2]) é um romance policial de Agatha Christie, publicado em 1937. É um caso do detetive belga Hercule Poirot, acompanhado de seu amigo, o Capitão Hastings.

Enredo[editar | editar código-fonte]

A senhorita Emily Arundell sofre um estranho acidente na escada de sua casa, que por pouco não custa a sua vida. Desconfiada de que possa ter sido uma armação de algum de seus parentes, tentando matá-la para ficar com a herança, ela escreve uma carta para o detetive Hercule Poirot narrando seus temores.

Quando Poirot recebe a carta, convidando-o a ir até Littlegreen House para elucidar o acontecimento, já é tarde demais: ela está morta. Poirot e Hastings vão até lá de qualquer forma, para tentar descobrir se ela foi mesmo assassinada e quem pode ter sido. Entretanto, o único indivíduo que parece ter visto algo é Bob, o cãozinho de estimação da morta.

Referências

  1. «Editora Nova Fronteira». Consultado em 15 de dezembro de 2009. Arquivado do original em 25 de maio de 2006 
  2. «Edições Asa». Consultado em 18 de novembro de 2010. Arquivado do original em 15 de agosto de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.