El Poder de los Sueños

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"El Poder de los Sueños"
Single de Bandana
Lançamento 10 de agosto de 2001
Gravação 2001
Gênero(s) Pop
Duração 03:17
Gravadora(s) Sony BMG
Composição Alejandro Lerner
Cronologia de singles de Bandana
"Guapas"
(2001)

"El Poder de los Sueños" é uma canção gravada pelo girl group argentino Bandana em 2001 e lançada como single promocional no mesmo ano para promover o programa Popstars: tu show está por empezar (2001), programa de televisão originado na Argentina e que teve o grupo como o primeiro vencedor da primeira temporada.[1]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Foi escrita por Alejandro Lerner, que gravou a canção posteriomente para o seu álbum ao vivo Lerner.Vivo (2002).[2] "El Poder de los Sueños" não foi incluída em nenhum álbum do girl group, servindo apenas como single de vitória das integrantes logo na final programa antes de "Guapas", faixa lançada como primeiro single do álbum de estreia. Durante o final da primeira temporada e já com o grupo formado, a canção foi gravada, e uma edição do girl group gravando a canção foi transmitida no programa.

Versão de Rouge[editar | editar código-fonte]

"Nunca Deixe de Sonhar"
Single de Rouge com a participação de KLB
do álbum Rouge
Lançamento 22 de agosto de 2002
Formato(s) Airplay
Gravação 2002
Gênero(s) Pop
Duração 3:49
Gravadora(s) Sony Music
Composição
Produção Rick Bonadio
Cronologia de singles de Rouge com a participação de KLB
"Não Dá pra Resistir"
(2002)
"Ragatanga"
(2002)

"Nunca Deixe de Sonhar" é uma adaptação da canção "El Poder de los Sueños" feita pelo compositor Piska e gravada primeiramente pelo girl group brasileiro Rouge com participação do trio pop KLB, para o álbum de estreia do grupo, também intitulado Rouge (2002).

Antecedentes e gravação[editar | editar código-fonte]

Trecho de 27 segundos de "Nunca Deixe de Sonhar".

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

No dia 13 de julho de 2002, foi exibido um episódio do programa Popstars onde as vinte candidatas escutaram a canção "Nunca Deixe de Sonhar" que o trio pop KLB gravou especialmente para elas.[3] Logo após, no episódio do dia 3 de agosto de 2002, o trio visitou as oito participantes remanescentes e avisaram que elas gravariam a canção com eles, destacando que a versão seria incluída no álbum de estreia do grupo.[4]

"Nunca Deixe de Sonhar" foi lançada em 22 de agosto de 2002, uma semana depois de "Não Dá Pra Resistir" e uma antes de "Ragatanga", os dois maiores sucessos do grupo, firmando uma estratégia para popularizar o grupo nas rádios com diversos tipos de canções de uma vez só.[5][6] A versão dueto teve produção de Rick Bonadio. "Nunca Deixe de Sonhar" fala sobre o poder dos sonhos, e como nunca se deve deixar de sonhar e acreditar na realização deles. Para Patrícia, "A canção é especial e o que diz é muito real para nós. Ela vai fazer todo mundo chorar, inclusive a gente."[7]

Promoção[editar | editar código-fonte]

A primeira performance da canção com o grupo e o trio ocorreu no primeiro show oficial do grupo no Via Funchal, em São Paulo, no dia 31 de agosto de 2002.[8] Durante a divulgação do primeiro álbum nos programas de TV, Rouge contou com a participação do KLB para cantar "Nunca Deixe de Sonhar" em várias ocasiões, incluindo o especial do Rouge no programa Disco de Ouro, o especial que ambas bandas tiveram no programa Domingo Legal, além do especial do Rouge no programa Hebe (todos no ano de 2002). A canção foi incluída na primeira turnê do grupo, O Sonho de Ser Uma Popstar (2002-2003). Somente em 2017, o grupo voltou a cantar a canção nos seus shows, fazendo parte da turnê de retorno do grupo, o Chá Rouge. Na primeira performance, a integrante Aline Wirley se emocionou e não conseguiu cantar sua parte.[9] A canção também serviu como parte da setlist da turnê "Rouge 15 Anos (2018).

Versão de KLB[editar | editar código-fonte]

"Nunca Deixe de Sonhar"
Single de KLB
do álbum KLB
Lançamento 10 de outubro de 2002
Gravação 2002
Gênero(s) Pop
Duração 3:49
Gravadora(s) Sony Music
Composição Piska (adaptação em português)
Produção Carlos Roberto Piazzoli
Cronologia de singles de KLB
"Só Dessa Vez"
(2002)
"Não Olhe Assim"
(2002)

A versão de "Nunca Deixe de Sonhar" feita pelo trio pop brasileiro KLB foi incluída no terceiro álbum homônimo do trio, lançado em 2002,[10] após a versão do grupo feminino. Durante o processo da primeira temporada do programa Popstars, o trio gravou a canção para o girl group Rouge - grupo vencedor da edição do reality musical - ainda em fase de seleção.[3][10] Após o lançamento em dueto com o Rouge, os integrantes do KLB também enviar às rádios uma versão solo, incluída no terceiro álbum do trio.[11] [nota 1] Em seguida, o trio fez uma versão com o grupo para o álbum e DVD ao vivo do trio, KLB: Ao Vivo (2003), lançando a versão como single.[10]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Todo o processo de elaboração da canção atribui os seguintes créditos pessoais:[12]

  • Alejandro Lerner - composição original;
  • Carlos Roberto Piazzoli – composição, produção, piano;
  • Diana de Lacerda Mincov - violoncelo;
  • Watson Clis - violoncelo;
  • Sandro Cassio Francischetti - violoncelo;
  • Gustavo Pinto Lessa - violoncelo;
  • Glauco Masahiro Imasato - viola;
  • Marcos Fukuda - viola;
  • Roberta Lizandra Marcinkowski - viola;
  • Alexandre de Leon - viola;
  • Ricardo Kubala - viola;
  • Damien Lewis - assistente adicional de engenharia;
  • Liminha - A&R;
  • Ronaldo Viana - A&R.

Notas

  1. Para consultar a informação acima citada, assista ao vídeo da ligação externa do KLB e Rouge no "Domingo Legal", onde o trio ainda não tinha lançado o terceiro álbum de estúdio, a partir do 18:41.

Referências

  1. «El Poder De Los Sueños versão original de Nunca Deixe de Sonhar música do Rouge com KLB». Marvin Medeiros. 24 de abril de 2014. Consultado em 1 de maio de 2018. 
  2. «Lerner Vivo - Alejandro Lerner - AllMusic». AllMusic. Consultado em 1 de maio de 2018. 
  3. a b «Finalistas de Popstars mudam visual e chegam à reta final». Terra. 13 de julho de 2002. Consultado em 20 de abril de 2018. 
  4. «Marília Gabriela dá conselhos e garotas vão gravar com KLB». Terra. 3 de agosto de 2002. Consultado em 26 de abril de 2018. 
  5. «Grupo Rouge é a mais nova febre brasileira». Folha de Londrina. 27 de setembro de 2002. Consultado em 1 de abril de 2018. 
  6. «Rouge, uma banda sob encomenda». Estadão. 20 de agosto de 2002. Consultado em 1 de abril de 2018. 
  7. Folha de São Paulo (30 de agosto de 2002). «Grupo Rouge, formado no "Popstars", faz seu primeiro show». Terra. Consultado em 1 de maio de 2018. 
  8. «KLB participa do show de estréia da banda Rouge». Terra. 31 de agosto de 2002. Consultado em 1 de maio de 2018. 
  9. Marvin Medeiros (14 de outubro de 2017). «Chá Rouge, o show de retorno do Rouge». Marvin Medeiros. Consultado em 29 de dezembro de 2017. 
  10. a b c «Banda KLB - Biografia». KLB.one. Consultado em 20 de abril de 2018. 
  11. «Rouge e KLB no Domingo Legal». YouTube. Consultado em 1 de maio de 2018. 
  12. «KLB 2002 / Tidal». Tidal. Consultado em 20 de abril de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]