Vem Habib (Wala Wala)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Vem Habib (Wala Wala)"
Single de Rouge
do álbum Mil e Uma Noites
Lançamento 23 de maio de 2005 (2005-05-23)
Formato(s)
Gravação 2005
Gênero(s) Arabic pop
Duração 3:35
Gravadora(s) Sony BMG
Composição Rick Bonadio
Produção Bonadio
Cronologia de singles de Rouge
"Pá Pá Lá Lá"
(2004)
"O Amor é Ilusão"
(2005)
Lista de faixas de Mil e Uma Noites
Me Leva Contigo
Mais Uma da Lista
(3)

"Vem Habib (Wala Wala)" (ou apenas Vem Habib) é uma canção do girl group brasileiro Rouge, lançada como primeiro single do quarto e último álbum de estúdio das meninas, Mil e Uma Noites (2005). A canção, composta e produzida por Rick Bonadio, deriva-se de "música pop árabe", tendo um ritmo totalmente diferente das canções anteriores do grupo. O clipe do single se passa no deserto, onde elas são prisioneiras de um sultão. O grupo promoveu a canção no Domingo Legal, Programa Raul Gil, Boa Noite Brasil, entre outros programas. O grupo também cantou a canção na Mil e Uma Noites Tour (2005).

Antecedentes e composição[editar | editar código-fonte]

Gwen Stefani
Shakira
Segundo Patrícia, a canção é inspirada em "Rich Girl" de Gwen Stefani (esquerda), e "Whenever, Wherever", de Shakira (direita).

"Vem Habib (Wala Wala)" foi escrita e produzida por Rick Bonadio.[2] A canção foi lançada no dia 23 de maio de 2005, e explora a "música pop árabe", o que foi totalmente uma surpresa para todos acostumados com as canções anteriores do grupo.[3] A música traz toda a riqueza do universo árabe, e as meninas tiveram que ter aulas de dança do ventre para adentrar mais na cultura.[1]

Segundo Patrícia, as referências para a música foram Rich Girl, lançada pela vocalista do No Doubt, Gwen Stefani, em seu disco solo "Love. Angel. Music. Baby.", e "Whenever, Wherever", hit de Shakira.[4]

Letra[editar | editar código-fonte]

A canção inicia com as meninas cantando, "Wala wala wala wa, wala wala wala wa, na na na na, na na na na, na na na na na." Karin canta a primeira parte da canção inteira, falando sobre como ela procurou o amor por mil e uma noites. A segunda parte traz Karin mais uma vez cantando, fazendo referência a vários personagens árabes, "Um principe encantado, um sheik, um sheik e um sultão, Ali Babá como um ladrão veio roubar meu coração," canta Karin.[3] Apenas no bridge, Fantine canta, "Wala, wala é uma dança do deserto No wala wala a gente dança bem de perto..." Antes do grito dado por Karin, Aline canta, "Eu te quero tanto, eu posso te provar, mil e uma noites de amor eu vou te dar."[3]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Para Bruno Nogueira do Folhapé, "a variação de 'Mil e Uma Noites' é bem agradável, exceto provavelmente pela própria música de trabalho que investe demais nos sons do Oriente Médio apropriados pela Rede Globo na novela 'O Clone'."[5] Já para Marcos Paulo Bin do Universo Musical, a canção "mantêm a proposta do grupo – melodia dançante, letra descontraída e apelo infantil", comparando a canção à "Ralando o Tchan (Dança do Ventre)", do grupo É o Tchan, pela temática árabe.[4]

Faixas[editar | editar código-fonte]

CD Single
  1. "Vem Habib (Wala Wala)" - 3:34

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O videoclipe foi gravado na cidade de Itaquaquecetuba,[6] no dia 3 de junho, foi dirigido por Karina Ades e estreou no dia 16 de junho na MTV Brasil.[7] O clipe leva as meninas numa viagem ao deserto, através de uma fábula repleta de magia e sensualidade, valorizada pela riqueza e colorido dos tecidos e objetos orientais. No clipe, as meninas também são prisioneiras de um sultão.[7]

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Para promover a canção, o grupo se apresentou em diversos lugares, como no Domingo Legal, Boa Noite Brasil, Programa Raul Gil, Show do Tom, Charme, Tudo é Possível, Hebe, Sabadaço, entre outros. O grupo também fez uma participação especial na novela Floribella, da Band, cantando o single "Vem Habib" e o sucesso "Um Anjo Veio Me Falar".[8] "Vem Habib" também fez parte da setlist da turnê Mil e Uma Noites (2005).

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Posições[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2005) Melhor
posição
 Brasil (Crowley Broadcast Analysis)[9] 9

Referências

  1. a b «Blá Blá Blá Blog». 16 de junho de 2005. Consultado em 12 de outubro de 2013 
  2. «Mil e Uma Noites : Rouge». Universo Musical. 26 de junho de 2005. Consultado em 12 de outubro de 2013 
  3. a b c «VEM HABIB NAS RÁDIOS!!!». Sempre Rouge. 31 de maio de 2005. Consultado em 12 de outubro de 2013 
  4. a b «Entre o novo e o antigo : Rouge». Universo Musical. 26 de junho de 2005. Consultado em 12 de outubro de 2013 
  5. «As Mil e uma Noites...». Sempre Rouge. 30 de junho de 2005. Consultado em 12 de outubro de 2013 
  6. Programa Disk MTV, 15 de junho de 2005
  7. a b «Rouge Agenda». 16 de junho de 2005. Consultado em 12 de outubro de 2013 
  8. «Algo a mais». Paraná Online. 23 de junho de 2005. Consultado em 12 de outubro de 2013 
  9. Elvis Dieni Bardini. «A INFLUÊNCIA DA INDÚSTRIA FONOGRÁFICA NA FORMAÇÃO DO MERCADO DE CONSUMO MUSICAL BRASILEIRO E O RAP COMO AGENTE DA INDÚSTRIA E ALTERNATIVA DE PRODUÇÃO INDEPENDENTE» (PDF). leffa.pro.br 
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.