Chá Rouge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Chá Rouge
Poster da turnê em São Paulo.
Turnê regional de Rouge
Locais  Brasil
 Rio de Janeiro
 São Paulo
Álbum associado Rouge
C'est La Vie
Blá Blá Blá
Mil e Uma Noites
5 (último show)
Data de início 13 de outubro de 2017 (2017-10-13)
Data de fim 11 de outubro de 2018
Partes 2
N.º de apresentações 8
Cronologia de turnês de Rouge
Turnê Mil e Uma Noites
(2005)
Rouge 15 Anos
(2018)

Chá Rouge (ou Chá do Rouge) é uma turnê de retorno do girl group brasileiro Rouge, formado no reality televisivo Popstars, exibido no canal brasileiro SBT. Em parceria com o Chá da Alice, uma festa que traz aos palcos os maiores nomes do cenário pop nacional, a festa ainda celebra os 8 anos da festa Chá da Alice e os 15 anos do grupo, que não se apresentava junto com a formação original há 13 anos.

O Anúncio[editar | editar código-fonte]

No dia 07 de setembro de 2017, a página do Chá da Alice no Facebook postou uma foto com fundo rosa e com a frase "Preparados para o tiro do ano? #chadaalice8anos"[1] e no dia 08 outra imagem de fundo rosa com a frase "Se juntas já causam, imagina juntas",[2] foi o bastante para despertar a curiosidade de alguns fãs que começaram a arriscar o palpite do retorno das meninas do Rouge. No dia 11 de setembro, a página voltou a postar uma imagem apenas de fundo rosa com Glitter, fazendo alusão ao primeiro álbum do grupo, Rouge de 2002.[3] A confirmação oficial da festa veio no da 12 com a imagem promocional oficial do show. A postagem dizia: "Chega de Blá, Blá Blá! Um anjo veio me falar que Não deu pra resistir ao seu amor Aliceado! Dia 13 de outubro assim que brilhar la luna a gente vai ficar possuido pelo ritmo ragatanga! #rouge15anos #chadaalice8anos".[4] O anuncio ainda confirma a formação original do grupo, incluindo Lu Andrade, que deixou o grupo no final da divulgação do segundo álbum delas, o C'est La Vie.[5]

Vendas e Novas Datas[editar | editar código-fonte]

O anuncio do dia 12 confirmava apenas um show pro dia 13 de outubro, no Vivo Rio, Rio de Janeiro. No dia 14 de setembro, os ingressos do show foram colocados a venda e o primeiro lote se esgotou em um minuto. Após 3 horas, os organizadoras confirmaram o esgotamento dos ingressos. Um show extra foi marcado pro sábado, dia 14 de outubro, também houve esgotamento de ingressos. No dia 05 de outubro foi confirmado mais uma data, agora em São Paulo, no dia 25 de novembro de 2017.[6]

Bloco do Chá Rouge[editar | editar código-fonte]

O empresário do grupo, Pablo Falcão, responsável pela reunião da girlband, anunciou, em 2 de janeiro de 2018, que a girlband faria o "Ensaio do Bloco do Chá Rouge". O grupo mantém sua parceria com a festa Chá da Alice, idealizada e mantida por Pablo. Um ensaio do bloco está marcado para 20 de janeiro, às 14h, no Memorial da América Latina, em São Paulo. "O ano começou. O carnaval está chegando. A gente vai começar a causar sim. Porque a gente existe para realizar sonhos. O impossível não existe. Acreditem. Vamos ser felizes?", escreveu na conta oficial da festa "Chá da Alice", no Instagram.[7][8] O Bloco Chá Rouge" sairá no dia 11 de fevereiro de 2018.[9]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O show inicia-se com áudios originais do anúncio da escolha da banda no programa Popstars, além de cada integrante recitando trechos da letra de "Tudo é Rouge", enquanto as cinco componentes estão diante de elevadores; abaixo delas, um nome ROUGE cristalizado e rosa. Após os áudios, "Popstar" abre o repertório. Durante o primeiro refrão, as cinco descem as escadas, e já embaixo, fazem a coreografia original da canção, com elementos inéditos coreografados pelo coreógrafo Rômulo Morada, enquanto cantam e interagem com o público. Em seguida, a canção "C'est La Vie" é cantada, com direito a coreografia repaginada. Em seguida, o single "Beijo Molhado" é cantado. "Quero Estar Com Você" vem em seguida, e em alguns dos shows, a bandeira do orgulho LGBT foi erguida por Fantine.[10]

Após a canção, as cantoras interagem com o público e em seguida "Não Dá Pra Resistir" é cantada; enquanto as cantoras estão no palco principal no solo, os dançarinos estão no palco de cima fazendo a coreografia da canção. A performance não conta com o break que era cantado em todos os shows do grupo. Na canção seguinte, "Me Faz Feliz", o Rouge canta em microfones com pedestais. Em seguida, "Um Anjo Veio Me Falar" é cantada; a performance conta as integrantes sentadas em tronos. "Te Deixo Tocar" segue o show, com uma performance sensual, onde as meninas dançam e sensualizam para os dançarinos. Para finalizar o primeiro bloco do show, "Fantasma" traz o balé vestido de fantasma, enquanto a coreografia original é feita.[10]

O segundo bloco do show começa com "Vem Habib (Wala Wala)", onde as quatro meninas aparecem num camelo cenográfico, enquanto Fantine surge em cima do camelo. "Blá Blá Blá" segue o show, e em seguida, "Vem Dançar", com uma nova coreografia, onde há uma grande interação entre as cantoras e os dançarinos. No bloco seguinte, após uma troca de figurino, Rouge retorna ao palco do show cantando "Sem Você", e em seguida "Cidade Triste". Em seguida, "Tudo Outra Vez" é exibida como interlúdio enquanto as cantoras se trocam, mostrando vídeos das cantoras no programa "Popstars" no backdrop. No bloco acústico, as canções "Nunca Deixe de Sonhar", "Hoje Eu Sei", "Olha Só" e "O Que O Amor Me Faz" são cantadas.[10]

Em preparação para o último bloco, um interlúdio com a canção "Wannabe" das Spice Girls é exibido nos shows do Rio de Janeiro, sendo substituído nos dois shows de São Paulo por um interlúdio com a versão remix de "Depois Que Tudo Mudou", enquanto os dançarinos exibem suas habilidades. No último bloco, vestidas com roupas temáticas que remetem ao filme "Alice no País das Maravilhas", as cantoras fazem as performances das canções "Quando Chega a Noite", "Vem Cair Na Zueira", "Brilha La Luna", "Ragatanga" e "Tudo é Rouge", que encerra o show (neste momento, as meninas estão no andar de cima, enquanto os bailarinos fazem uma rotina coreográfica embaixo).[10]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Michelle Felippelli do site Zimel teceu elogios ao show, afirmando que "o reencontro tão esperado aconteceu de uma forma bem criativa, nostálgica, emocionante e especial, com direito a muitos gritos, lágrimas e animação." Segundo Felippelli, "Visivelmente mais maduras, felizes e realizadas, o #ChaRouge contou com a melhor versão de cada uma das 5 integrantes; 15 anos depois do primeiro show, encontramos um Rouge totalmente reformulado, com mulheres seguras de si, bem resolvidas, que aprenderam a deixar as diferenças do passado para trás e optaram por fazerem juntas um novo começo, escrevendo assim um novo capítulo na história da música pop no Brasil: o reencontro. Com uma setlist pra ninguém botar defeito, uma estrutura de palco simples mas super trabalhada no brilho, o Rouge renasceu para mostrar que não estão de brincadeira. Figurinos combinados, muito brilho e muita coreografia, características típicas da banda, ajudaram a tornar a noite muito mais especial e inesquecível."[11] Marvin Medeiros, publicou em seu site homônimo, uma análise do show, comentando que o show era "digno de produção internacional", classificando-o como "incrível". Medeiros também elogiou as "novas coreografias bem elaboradas em união harmônica com as antigas danças, trazendo um balé de boys que em nenhum momento desfocou a apresentação do Rouge. E as integrantes fazendo bonito e merecendo o devido aplauso e euforia após uma maratona de ensaios semanas antes do show de estreia do retorno do Rouge."[10]

Repertório[editar | editar código-fonte]

Chá Rouge 2017[editar | editar código-fonte]

  1. "Introdução"/"Popstar"
  2. "C'est La Vie"
  3. "Beijo Molhado"
  4. "Quero Estar com Você"
  5. "Não Dá Pra Resistir"
  6. "Me Faz Feliz"
  7. "Um Anjo Veio Me Falar"
  8. "Te Deixo Tocar"
  9. "Fantasma"
  10. "Vem Habib (Wala Wala)"
  11. "Blá Blá Blá"
  12. "Vem Dançar"
  13. "Sem Você"
  14. "Cidade Triste"
  15. "Tudo Outra Vez" (interlúdio)
  16. "Nunca Deixe de Sonhar"
  17. "Hoje Eu Sei"
  18. "Olha Só"
  19. "O Que O Amor Me Faz"
  20. "Wannabe"(RJ) / "Depois Que Tudo Mudou (remix)" (SP) (interlúdio)
  21. "Quando Chega A Noite"
  22. "Brilha La Luna"
  23. "Ragatanga"
  24. "Tudo É Rouge"

Bloco[editar | editar código-fonte]

O repertório abaixo é constituído do show feito no dia 20 de janeiro de 2018 no Memorial da América Latina, São Paulo, não sendo representativo de todos os concertos.

  1. "Ragatanga"
  2. “Popstar”
  3. "Brilha La Luna"
  4. "Não Dá pra Resistir"
  5. "Quero Estar com Você"
  6. "Um Anjo Veio Me Falar"
  7. "Blá Blá Blá"
  8. "10%" (cover de Maiara & Maraísa)
  9. "Meu Violão e o Nosso Cachorro" (cover de Simone & Simaria)
  10. "Beijo Molhado"
  11. "Vem Habib (Wala Wala)" (com trechos de "Baby Boy" de Beyoncé)
  12. "Vem Dançar"
  13. "Regime Fechado"/ "Loka" (Simone & Simaria cover)
  14. "K.O." (Pabllo Vittar cover) / "Sua Cara" (Major Lazer feat. Anitta & Pabllo Vittar cover)
  15. "They Don't Care About Us" (Michael Jackson cover)
  16. "O Pinto" (Raça Pura cover) / "Ralando o Tchan" (É o Tchan cover)
  17. "Não Quero Dinheiro" (Tim Maia cover)/ "País Tropical" (Jorge Ben Jor cover)
  18. "Arerê"/ "Na Base do Beijo"/ "Eva"/ "Pra Frente" (Banda Eva e Ivete Sangalo covers)
  19. "Ilariê" / "Tindolelê" (Xuxa cover)
  20. "Dandalunda" (Margareth Menezes cover)
  21. "Céu da Boca" (Ivete Sangalo cover)
  22. "Vem Cair na Zueira"
  23. "Swing da Cor" (Daniela Mercury cover)
  24. "O Que o Amor Me Faz"
  25. "Hoje Eu Sei"
  26. "Tudo É Rouge"
  27. "Ragatanga" (bis)

Datas[editar | editar código-fonte]

Data Cidade Estado Local Temática
13 de outubro de 2017 (2017-10-13) Rio de Janeiro  Rio de Janeiro Vivo Rio Alice no País das Maravilhas
14 de outubro de 2017 (2017-10-14)
25 de novembro de 2017 (2017-11-25) São Paulo  São Paulo Expo Barra Funda
2 de dezembro de 2017 (2017-12-02)
20 de janeiro de 2018 (2018-01-20) Memorial da América Latina Bloco Carnavalesco
11 de fevereiro de 2018 (2018-02-11) Av. 23 de Maio
5 de maio de 2018 (2018-05-05) Rio de Janeiro  Rio de Janeiro Marina da Glória Alice no País das Maravilhas
11 de outubro de 2018 (2018-10-11) Vivo Rio

Referências

  1. «Chá da Alice». www.facebook.com. Consultado em 16 de outubro de 2017 
  2. «Chá da Alice». www.facebook.com. Consultado em 16 de outubro de 2017 
  3. «Chá da Alice». www.facebook.com. Consultado em 16 de outubro de 2017 
  4. «Chá da Alice». www.facebook.com. Consultado em 16 de outubro de 2017 
  5. Toledo, Walace (12 de setembro de 2017). «Nosso Rouge está vivo e com show marcado no Chá da Alice». Acesso Cultural. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  6. Entretenimento, Portal Uai (5 de outubro de 2017). «Rouge marca apresentação em São Paulo». Portal Uai Entretenimento 
  7. Leonardo Torres (2 de janeiro de 2018). «Carnaval 2018: empresário anuncia "Bloco do Chá Rouge"». POPLine. Consultado em 3 de janeiro de 2018 
  8. «Empresário, Pablo Falcão, anuncia "Bloco do Chá Rouge" na Av Faria Lima, em São Paulo». Folha. 20 de janeiro de 2018. Consultado em 21 de janeiro de 2018 
  9. Fialho, Beatriz (19 de janeiro de 2018). «Rouge faz 'aquecimento' para o Carnaval com bloco em São Paulo». Folha. Consultado em 21 de janeiro de 2018 
  10. a b c d e Marvin Medeiros (14 de outubro de 2017). «Chá Rouge, o show de retorno do Rouge». Marvin Medeiros. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  11. Michelle Felippelli (14 de outubro de 2017). «Chá Rouge no Vivo Rio». Zimel. Consultado em 29 de dezembro de 2017