Karin Hils

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Karin Hils
Informação geral
Nome completo Karin Pereira de Souza
Nascimento 7 de fevereiro de 1979 (37 anos)
Local de nascimento Paracambi, RJ
 Brasil
Ocupação(ões)
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 2002–atualmente
Afiliação(ões)

Karin Pereira de Souza (Paracambi, 7 de fevereiro de 1979), mais conhecida pelo nome artístico de Karin Hils, é uma atriz, cantora e compositora brasileira.[1] Em 2002 venceu o talent show Popstars e passou a integrar o girl group brasileiro Rouge até 2005, com o qual lançou quatro álbuns de estúdio, Rouge (2002), C'est La Vie (2003), Blá Blá Blá (2004) e Mil e uma Noites (2005), vendendo ao todo 6 milhões de cópias e se tornando o grupo feminino mais bem sucedido do Brasil e um dos vinte que mais venderam no mundo.[2]

Ganhou destaque como atriz ao estrelar diversos musicais no teatro, como Em 2009 Hairspray, Emoções Baratas, Alô, Dolly!, Xanadu e Mudança de Hábito, além de estrelar nos seriados Pé na Cova e Sexo e as Negas.[3] Em 2016, assina contrato com o SBT para integrar a telenovela Carinha de Anjo, interpretando divertida e atrapalhada noviça, Irmã Fabiana.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2002–05: Carreira com Rouge[editar | editar código-fonte]

Em 2002 Karin se inscreve para o reality show Popstars, junto com outras 30 mil candidatas. Após seis eliminatórias, Karin foi escolhida como uma das integrantes da girl band Rouge, junto com Luciana Andrade, Aline Wirley, Lissah Martins e Fantine Thó. O primeiro álbum de estúdio do grupo, Rouge (2002), vendeu mais de 2 milhões de cópias no Brasil. O sucesso do álbum foi impulsionado pelas canções "Não Dá pra Resistir", "Beijo Molhado" e, principalmente, "Ragatanga", este que ajudou a estabelecer o grupo como um fenômeno nacional, sendo denominado de "as Spice Girls brasileiras". Com o sucesso do álbum de estreia do grupo, ainda no mesmo ano foi lançado um álbum de remixes intitulado Rouge Remixes, visando o público da música eletrônica. O segundo álbum de estúdio, C'est La Vie (2003), vendeu aproximadamente 250 mil cópias, e produziu os hits "Brilha la Luna" e "Um Anjo Veio me Falar", porém marcou também o último trabalho com Luciana Andrade, que deixou o grupo no início de 2004.

Após a saída de Luciana, as quatro integrantes remanescentes prosseguiram e lançaram os álbuns Blá Blá Blá (2004) e Mil e uma Noites (2005). O grupo se separou definitivamente em 20 de dezembro de 2005, quando o contrato com a Sony Music expirou e não foi renovado. Ao longo de quatro anos, o grupo vendeu cerca de 6 milhões de discos[5], tornando-se o grupo feminino mais bem sucedido do Brasil e um dos vinte que mais venderam no mundo, e recebeu ao todo, dois discos de ouro, dois discos de platina, um disco de platina duplo e um disco de diamante pela ABPD.[2]

2006–presente: Carreira como atriz[editar | editar código-fonte]

Entre 2006 e 2008 Karin tentou apresentar para algumas gravadoras um projeto para um disco, não obtendo sucesso em conseguir um contrato.[6] Em 2008 se tornou backing vocal do rapper Tulio Dek, gravando também os vocais de apoio em seu álbum O Que Se Leva da Vida É a Vida Que Se Leva.[7] Em 2009 o produtor Rick Bonadio começou a trabalhar com ela em seu primeiro álbum, o qual seria lançado pela Midas Music e focado no R&B, trazendo ainda a participação de alguns rappers.[7] O álbum acabou nunca sendo lançado e nenhuma faixa liberada, não dando motivos para o acontecido.[7] No mesmo ano, focando na carreira de atriz, fez sua estreia no teatro no musical Hairspray, passando também em 2010 pela remontagem de Emoções Baratas.[3] No mesmo ano ganhou destaque como a personagem Dionne em Hair.[8] Após conhecer Miguel Falabella nos bastidores dos espetáculos, foi convidada por ele para integrar a telenovela Aquele Beijo, em 2011, fazendo sua estreia na televisão.[9] Em 2012 foi a vez de dar vida à Ensemble, do musical Alô, Dolly! e, logo após, à Thalia do clássico Xanadu.[3] Em 2013 passou a integrar o elenco do seriado Pé na Cova, da Rede Globo, interpretando Soninja nas três primeiras temporadas.[10]

Em 2014 Karin deixou o elenco temporariamente para se dedicar à outro trabalho na emissora, sendo explicado no seriado que sua personagem havia entrado em uma clinica estética e desaparecido misteriosamente.[11] O projeto em questão era Sexo e as Negas, inspirado na estadunidense Sex and the City, porém ambienta na periferia e exclusivamente com atrizes negras.[12] Em 2015, após seis anos de carreira no teatro, enfim recebeu a chance de encarnar sua primeira protagonista, a personagem Deloris Van Cartier, de Mudança de Hábito, interpretada nos cinemas por Whoopi Goldberg e nos palcos americanos por Raven-Symoné.[13] Em 2016 retorna para a quinta temporada de Pé na Cova.[14] Logo após assina contrato com o SBT para integrar a telenovela Carinha de Anjo, interpretando a Irmã Fabiana.[4]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2009 Hairspray Dinamite 3[3]
2010 Emoções Baratas Cici[15]
2010–11 Hair Dionne[16]
2012–13 Xanadu Thalia[17]
2013 Alô, Dolly! Ensemble[18]
2015–16 Mudança de Hábito Deloris Van Cartier[13]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão
Ano Título Personagem Nota
2002 Popstars Participante Temporada 1
2002 Rouge: A História Apresentadora
2003 Romeu e Julieta Amiga de Julieta Especial de final de ano
2005 Floribella Ela mesma Episódio: "14 de julho de 2005"
2007 Dance Dance Dance Ela mesma Episódio: "12 de janeiro de 2008"
2011 Aquele Beijo Bernadete do Amaral
2013 Fábrica de Estrelas Ela mesma Episódio: "A Volta do Rouge" (Temporada 1, Episódio 2)
Episódio: "Tudo É Rouge" (Temporada 1, Episódio 3)
Episódio: "Faria Tudo Outra Vez" (Temporada 1, Episódio 4)
2013–16 Pé na Cova Soninja Torres Sampaio
2014 Sexo e as Negas Zulma dos Santos
2016–17 Carinha de Anjo Irmã Fabiana Canto Teixeira[4]
Cinema
Ano Título Personagem
2003 Xuxa Abracadabra Ela mesma
2005 Eliana em O Segredo dos Golfinhos Ela mesma

Discografia[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Como artista convidada
Título Ano Álbum
"Última Missão"[19]
(Edi Rock part. Karin Hils e Nego Jam)
2013 Contra Nós Ninguém Será

Outras aparições[editar | editar código-fonte]

Canção Ano Outro(s) artista(s) Álbum
"Crise de Existência" 2005 CPM 22 Felicidade Instantânea
"Cartas Pra Você" 2009 NX Zero e Aline Wirley Agora

Referências

  1. «A carreira da cantora Karin Hils». Raça. 12 de dezembro de 2011. 
  2. a b «Rouge». ABPD. 30/06/2010. 
  3. a b c d «Ex-Rouge Karin Hils entra para o elenco de "Aquele Beijo"». 12 de dezembro de 2011. 
  4. a b c «Exclusivo: Karin Hils substitui Priscilla Marinho na novela “Carinha de Anjo”». Notícias da TV. O Globo. Consultado em 2 de março de 2015. 
  5. Grupo Rouge retorna com turnê e novos singles
  6. «Após parceria com Akon, Negra Li sonha cantar com Kanye West.». Geledes. 12 de dezembro de 2011. 
  7. a b c «Com rappers americanos, Wanessa e Negra Li buscam R'n'B à brasileira». G1. 12 de dezembro de 2011. 
  8. Elenco de 'Hair' convida o público para subir ao palco
  9. «Ex-Rouge Karin Hils chega causando em ‘Aquele Beijo’». Extra. 12 de dezembro de 2011. 
  10. «Atriz Karin Hils se prepara para nova temporada de Pé na Cova». Divirta-se Mais. 12 de dezembro de 2011. 
  11. «Atriz Karin Hils deixa o elenco do seriado 'Pé Na Cova'». Revista Quem. 12 de dezembro de 2011. 
  12. «Protagonista de 'Sexo e as Negas', Karin Hils fala sobre polêmica: "Achei uma besteira"». Caras. 12 de dezembro de 2011. 
  13. a b Abril (20 de novembro de 2014). «Karin Hils, de “Sexo e as Negas” para “Mudança de Hábito”: “sei cada fala de cor desde a minha adolescência”». Veja. Consultado em 2 de março de 2015. 
  14. «“Pé na Cova” ganha data para estrear quinta temporada, mas tem dia de exibição alterado». TV Foco. 12 de dezembro de 2011. 
  15. Abril (20 de novembro de 2014). «'Emoções Baratas' reestreia depois de 20 anos». EnTeatro. Consultado em 2 de março de 2015. 
  16. Abril (20 de novembro de 2014). «O musical que não mudou o mundo». O Globo. Consultado em 2 de março de 2015. 
  17. Abril (20 de novembro de 2014). «Karin Hils concilia as gravações de Aquele Beijo com musical». O Fuxico. Consultado em 2 de março de 2015. 
  18. «“Alô, Dolly”! Do interior de Nova York para a capital de São Paulo». A Broadway É Aqui. Consultado em 2 de março de 2015. 
  19. «Edi Rock featuring Karin Hils and Nego Jam ?– Última Missão». Discogs. 28 de maio de 2011. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]