Li Martins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Li Martins
Li Martins em 2009.
Informação geral
Nome completo Patrícia Lissa Kashiwaba Martins
Também conhecido(a) como
  • Lissah Martins
  • Patrícia Lissah
Nascimento 29 de março de 1984 (33 anos)
Origem Rolândia,  Paraná
Nacionalidade Brasileira
Ocupação(ões)
Cônjuge Matheus Herriez (c. 2009–14)
Instrumento(s)
Extensão vocal Soprano
Período em atividade 2002–presente
Afiliação(ões) Rouge

Patricia Lissa Kashiwaba Martins (Rolândia, 29 de março de 1984), mais conhecida profissionalmente como Li Martins, é uma atriz, cantora e compositora brasileira. Em 2002 venceu o talent show Popstars e passou a integrar o girl group brasileiro Rouge até 2005, com o qual lançou quatro álbuns de estúdio, Rouge (2002), C'est La Vie (2003), Blá Blá Blá (2004) e Mil e uma Noites (2005), vendendo ao todo 6 milhões de cópias e se tornando o grupo feminino mais bem sucedido do Brasil e um dos vinte que mais venderam no mundo.[1]

Em 2007 decidiu dedicar-se à carreira de atriz em musicais, estreando como protagonista em Miss Saigon, como Kim, uma mulher asiática abandonada por seu amante americano. Em 2009 protagonizou a versão da Broadway A Bela e a Fera, baseado na animação Walt Disney. Em 2010, Lissah atuou também em Jekyll & Hyde - O Médico e o Monstro e, em 2011, protagonizou sua primeira comédia, O Fantasma da Máscara, inspirado no clássico O Fantasma da Ópera. Em 2012 dá vida ao papel da filipina Cynthia na produção brasileira de Priscilla – Rainha do Deserto, baseado no filme de mesmo título. Em 2014 viaja o Brasil com a turnê Disney in Concert: As Músicas dos seus Filmes Favoritos, que mistura musical e show, interpretando as canções famosas de filmes clássicos da Walt Disney.[2] Em 2015 integra os participantes da oitava temporada do reality show A Fazenda. Em 2016 lança seu primeiro single "Vai Chegar", que faz parte do tema de abertura da telenovela Sila da Rede Bandeirantes.[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Patricia Lissah Kashiwaba Martins nasceu filha de médico e pedagoga em Rolândia, uma pequena cidade no interior do Paraná. Aos 4 anos, começou a frequentar aulas de língua japonesa e a cantar em concursos de música da comunidade nipônica, incentivada pela avó materna, que era japonesa. E como vivia dentro da colônia, usava a parte japonesa de seu nome "Lissah Kashiwaba". Além de suas constantes participações nos festivais, até o início da adolescência, Lissah fazia parte do coral da escola, que foi para ela uma vitrine, pois com o coral se apresentava em festas de datas comemorativas na cidade. Até então cantar era apenas um hobby, pois seu sonho era ser médica como o pai. Mas aos 14 anos, começou a cantar profissionalmente. Era constantemente contratada para cantar em shows como, casamentos, formaturas, feiras e outros eventos de sua cidade e região. Para isso, teve que deixar os concursos de canções japonesas, que exigem muita dedicação, para dedicar mais tempo ao seu sonho de tornar-se uma cantora renomada.

Carreira[editar | editar código-fonte]

2002–05: Carreira com Rouge[editar | editar código-fonte]

Em 2002 Li se inscreve para o reality show Popstars, junto com outras 30 mil candidatas. Após seis eliminatórias, Li foi escolhida como uma das integrantes da girl band Rouge, junto com Luciana Andrade, Aline Wirley, Karin Hils e Fantine Thó. O primeiro álbum de estúdio do grupo, Rouge (2002), vendeu mais de 2 milhões de cópias no Brasil. O sucesso do álbum foi impulsionado pelas canções "Não Dá pra Resistir", "Beijo Molhado" e, principalmente, "Ragatanga", este que ajudou a estabelecer o grupo como um fenômeno nacional, sendo denominado de "as Spice Girls brasileiras". Com o sucesso do álbum de estreia do grupo, ainda no mesmo ano foi lançado um álbum de remixes intitulado Rouge Remixes, visando o público da música eletrônica. O segundo álbum de estúdio, C'est La Vie (2003), vendeu aproximadamente 250 mil cópias, e produziu os hits "Brilha la Luna" e "Um Anjo Veio me Falar", porém marcou também o último trabalho com Luciana Andrade, que deixou o grupo no início de 2004. Após a saída de Luciana, as quatro integrantes remanescentes prosseguiram e lançaram os álbuns Blá Blá Blá (2004) e Mil e uma Noites (2005). O grupo se separou definitivamente em 20 de dezembro de 2005, quando o contrato com a Sony Music expirou e não foi renovado. Ao longo de quatro anos, o grupo vendeu cerca de 6 milhões de discos[4], tornando-se o grupo feminino mais bem sucedido do Brasil e um dos vinte que mais venderam no mundo, e recebeu ao todo, dois discos de ouro, dois discos de platina, um disco de platina duplo e um disco de diamante pela ABPD.[1] ção musical|dois discos de ouro, dois discos de platina, um disco de platina duplo e um disco de diamante]] pela ABPD.[1]

2006–presente: Carreira como atriz[editar | editar código-fonte]

Li no banner de Miss Saigon, em 2007.

Em 2007 Li foi convidada para gravar a versão brasileira de "Gotta Go My Own Way", da trilha sonora de High school musical 2, originalmente interpretada por Vanessa Hudgens. A faixa, intitulada "Vou Ser do Jeito que Eu Sou", foi lançada como single naquele ano, marcando a nova fase de sua carreira.[5] Em 2008 voltou a usar seu primeiro nome artístico, Lissah Martins, em homenagem ao avô materno Takuichi Kashiwaba, e estreou no teatro musical, em cartaz como protagonista em Miss Saigon numa produção de Cameron Mackintosh, de Boublil & Schönberg que foi encenado pela primeira vez em Londres e dois anos depois estreou na Broadway. O musical foi para 25 países, traduzido para 12 idiomas diferentes e assistido por mais de 30 milhões de espectadores. Miss Saigon conquistou muitos prêmios pelo mundo, dentre eles 10 Tony Awards, principal premiação do teatro norte-americano. Em 2009, mais uma vez protagonizando um grande sucesso da Broadway, Lissah interpreta a personagem Bela, de A Bela e a Fera. Baseado no desenho de Walt Disney, vencedor de dois Oscars e a primeira animação a concorrer ao prêmio principal (Melhor Filme), a montagem teatral da Broadway ultrapassou a marca de 13 mil apresentações pelo mundo, aplaudida por 16 milhões de espectadores em mais de 13 países, entre eles, Canadá, Japão, México e Argentina. O musical A Bela e a Fera da Disney é também vencedor do Prêmio Tony, o principal na categoria em âmbito mundial.

Li no musical A Bela e a Fera, em 2009.

Em 2010, Lissah atuou também em Jekyll & Hyde - O Médico e o Monstro. Mais um grande musical da Broadway, baseado na obra clássica de Robert Louis Stevenson. Com versão de Cláudio Botelho e direção de Fred Hanson, o espetáculo já foi montado em 17 países, com mais de 1.500 exibições no Plymouth Theater, em Nova York, que esteve em cartaz no Teatro Bradesco na cidade de São Paulo. Em 2011, Lissah ficou em cartaz com o musical infantil O Fantasma da Máscara no teatro Raul Cortez, em São Paulo e no Teatro Clara Nunes, no Rio de Janeiro. O espetáculo é uma adaptação livre que o autor mineiro Victor Louis Stutz fez do clássico O Fantasma da Ópera, de Gaston Louis Alfred Leroux. A direção é de Rosi Campos, conhecida por ter interpretado a Bruxa Morgana do Castelo Rá-Tim-Bum. Em 2012, parte para mais um grande desafio no teatro musical, o papel da filipina Cynthia, casada com o mecânico Bob, personagem de Saulo Vasconcelos, na produção brasileira de Priscilla, a Rainha do Deserto, que iniciou temporada dia 17 de março no Teatro Bradesco em São Paulo. Desde sua estreia nos musicais, Lissah sempre interpretou a mocinha da história e agora terá que viver o oposto. A peça conta a história de três drag queens que vão de Sydney até uma cidade turística no remoto deserto australiano para realizar seu espetáculo. Em 2014 , Li participa do reality show Esse Artista Sou Eu. No mesmo ano viaja o Brasil com a turnê Disney in Concert: As Músicas dos seus Filmes Favoritos, que mistura musical e show, interpretando as canções famosas de filmes clássicos da Walt Disney.[2] Em 2015 integrou a lista de participantes da oitava temporada do reality show A Fazenda. Em 2016 foi lançado seu primeiro single "Vai Chegar", que faz parte do tema de abertura da telenovela 'Sila' da Rede Bandeirantes[6].

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2007 começa um relacionamento com o cantor Matheus Herriez, antigo integrante do grupo Br'oz, com quem viria a noivar um ano depois.[7][8] Em 20 de maio de 2009 Lissah se casa com Matheus na Igreja Nossa Senhora do Brasil, em São Paulo, trazendo entre os padrinhos Aline Wirley, Karin Hils, Jhean Marcel, Oscar Tinel, Filipe Duarte e André Marinho, que trabalharam com ambos nos grupos Rouge e Br'oz.[9] Em dezembro de 2014 o casamento chega ao fim.[10] O fato foi mantido em segredo da mídia até outubro de 2015, quando Lissah anunciou o acontecido durante sua participação em A Fazenda.[11][12] Em dezembro de 2015 começou a namorar o modelo João Paulo Mantovani (JP), de quem anunciou estar esperando o primeiro filho em fevereiro de 2017.[13]No dia 14 de junho de 2017 deu à luz a uma menina, que recebeu o nome de Antonella. Na ocasião, Li já não namorava mais o modelo.[14]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2007–08 Miss Saigon[15] Kim
2009 A Bela e a Fera[16] Bela
2010 Jekyll & Hyde - O Médico e o Monstro[17] Emma
2011–12 O Fantasma da Máscara[18] Belinha
2012–13 Priscilla: a Rainha do Deserto[19] Cyntia
2014 Disney in Concert[2] Bela / Mulan / Ariel / Elsa
2015 Histórias do Brasil[20] Beatriz

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão
Ano Título Personagem Nota
2002 Popstars Participante Temporada 1
2002 Rouge: A História Apresentadora
2003 Romeu e Julieta Amiga de Julieta Especial de final de ano
2005 Floribella Ela mesma Episódio: "14 de julho de 2005"
2013 Fábrica de Estrelas Ela mesma Episódio: "A Volta do Rouge"
Episódio: "Tudo É Rouge"
Episódio: "Faria Tudo Outra Vez"
2014 Esse Artista Sou Eu Participante Temporada 1
2015 A Fazenda Participante Temporada 8
2016 Band Folia Apresentadora[21]
2016 Dance se Puder Jurada Temporada 2
Filmes
Ano Título Personagem Nota
2003 Xuxa Abracadabra Ela mesma
2005 Eliana em O Segredo dos Golfinhos Ela mesma
2007 Bratz - O Filme Yasmin (voz) Dublando apenas das músicas

Discografia[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Como artista principal
Título Ano Álbum
"Vou Ser do Jeito Que eu Sou"[22]
(part. Zac Efron)
2007 High School Musical 2
"Vai Chegar"[23] 2016 Não adicionado à nenhum álbum
Como artista convidada
Título Ano Álbum
"Promise (Til The End Of Time)"[24]
(E.Motion part. Lissah Martins e Tonanni)
2011 Não adicionado à nenhum álbum

Outras aparições[editar | editar código-fonte]

Canção Ano Outro(s) artista(s) Álbum
"Abra os Olhos" 2007 Bratz: O Filme
"Bratitude" Aline Wirley
"Mentiras, Poesias e Flores" 2009 Matheus Herriez Ser o Que Sou[25]
"Vejo Enfim a Luz Brilhar" 2013 Izaias Xavier Enrolados
"Lying" 2014 Shameless Game On[26]
"Run Away" Tommy Love Tommy Love[27]
"Um Dia de Domingo" Daniel Daniel 30 Anos: O Musical[28]

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

Título Ano Álbum
"Vou Ser do Jeito Que eu Sou" 2007 Kenny Ortega[29]
"Vai Chegar" 2016 Daniel Behrendt[30]

Referências

  1. a b c «Rouge». ABPD. Consultado em 30 de junho de 2010 
  2. a b c «"DISNEY IN CONCERT" CHEGA AO BRASIL COM SETE APRESENTAÇÕES EM SÃO PAULO». A Brodway É Aqui. Consultado em 28 de maio de 2011 
  3. «Li Martins, do grupo Rouge, cantará tema de abertura de novela». 11 de fevereiro de 2016. Consultado em 19 de agosto de 2016 
  4. Grupo Rouge retorna com turnê e novos singles
  5. «Versão nacional da trilha de 'High school' tem faixas em português». G1. 25 de Agosto de 2007. Consultado em 19 de Junho de 2010 
  6. «Li Martins, do grupo Rouge, cantará tema de abertura de novela». 11 de fevereiro de 2016. Consultado em 19 de agosto de 2016 
  7. «Matheus Herriez encara nova vida profissional e amorosa». Globo. Consultado em 28 de maio de 2011 
  8. «EGO descobre quem é namorado da ex-Rouge Lissah Martins». Globo. Consultado em 28 de maio de 2011 
  9. «LISSAH MARTINS E MATHEUS HERRIEZ: Beleza e emoção na boda da jovem star dos musicais e do cantor». Revista Caras. Consultado em 28 de maio de 2011 
  10. «Em comunicado, Li Martins confirma que está solteira e alfineta ex-marido». UOL. 17 de outubro de 2015 
  11. «"Eu estou solteira desde dezembro", diz Li Martins em "A Fazenda 8"». UOL. Consultado em 28 de maio de 2011 
  12. «Li Martins: "Estou solteira desde dezembro"». r7. 12 de outubro de 2015 
  13. «Li Martins, ex-Rouge, espera o primeiro filho de João Paulo Mantovani». UOL. 7 de fevereiro de 2017 
  14. «Acompanhada do ex-namorado, ex-Rouge Li Martins deixa maternidade com a filha». Quem acontece. 16 de junho de 2017 
  15. «Ex-Rouge estréia em musical Miss Saigon como atriz principal». Globo. Consultado em 28 de maio de 2011 
  16. «A Bela e a Fera: O Musical da Broadwa». Planeta Disney. Consultado em 28 de maio de 2011 
  17. «ekyll & Hyde – O Médico e o Monstro». Unesp. Consultado em 28 de maio de 2011 
  18. «O Fantasma da Máscara». Produção 4 Us. Consultado em 28 de maio de 2011 
  19. «Pop Muzik - Priscilla A Rainha Do Deserto». Melodia Cristiana. Consultado em 28 de maio de 2011 
  20. «Prêmio Master Imobiliário 2015 faz viagem pelo Brasil». Secovi. Consultado em 28 de maio de 2011 
  21. «Li Martins grava faixa tema de abertura de novela da Band». Portal Ponto Pop. Consultado em 28 de maio de 2011 
  22. «Lissah Martins featuring Zac Efron – Vou Ser do Jeito Que Eu Sou». Discogs. Consultado em 28 de maio de 2011 
  23. «Li Martins, do Rouge, estreia clipe solo: "Vai Chegar"». Popline. Consultado em 28 de maio de 2011 
  24. «E-Motion featuring Tonanni and Lissah Martins – Promise (Til The End Of Time)». Discogs. Consultado em 28 de maio de 2011 
  25. «Matheus Herriez - Ser O Que Sou». iTunes. Consultado em 6 de julho de 2017 
  26. «Game On - Shameless». iTunes. Consultado em 6 de julho de 2017 
  27. «Tommy Love - Tommy Love - EP». iTunes. Consultado em 6 de julho de 2017 
  28. «Sertanejo Daniel grava DVD com nomes do teatro musical». A Broadway É Aqui. Consultado em 6 de julho de 2017 
  29. «Lissah Martins faz versão da música tema de 'HSM 2». Terra. Consultado em 17 de novembro de 2016 
  30. «Li Martins lança clipe de "Vai Chegar", gravado na Turquia». My Lolleepop. Consultado em 17 de novembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]