Whenever, Wherever

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde junho de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
"Whenever, Wherever"
Single de Shakira
do álbum Laundry Service
Lançamento 27 de agosto de 2001 (2001-08-27)
Formato(s)
Gravação
Gênero(s)
Duração 3:16
Gravadora(s) Epic
Composição
Produção
  • Shakira
  • Tim Mitchell
Cronologia de singles de Shakira
"Moscas en la casa"
(2000)
"Underneath Your Clothes"
(2002)

"Whenever, Wherever" é uma canção da cantora colombiana Shakira, para o seu quinto álbum de estúdio e primeiro no idioma inglês, Laundry Service. Foi lançado em 27 de agosto de 2001, pela Epic Records como single principal do álbum. A música foi escrita e produzida por Shakira e Tim Mitchell, com composições adicionais de Gloria Estefan. "Whenever, Wherever", é uma mistura de andina e worldbeat, que possui forte influencia da música latina. Uma versão em espanhol da canção, intitulada "Suerte" ("Sorte"), discute de forma lúdica qual a chance de Shakira ter encontrado seu parceiro amoroso.

Após o seu lançamento, "Whenever, Wherever" recebeu críticas em sua maioria favoráveis ​​dos críticos de música, que elogiou sua produção. A música tornou-se seu hit inovador nos Estados Unidos, atingindo o número seis no Billboard Hot 100. Ao fazê-lo, tornou-se seu single mais bem sucedido no país, embora tenha sido superado depois que "Hips Don't Lie" atingiu o pico de número um na parada em 2006. A faixa entrou nas paradas de vinte e nove países, inclusive em sua terra natal a Colômbia e na maior parte da América Latina, Espanha, Europa e Oceania. É reconhecido como uma das canções de assinatura de Shakira.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento de seu quarto álbum, Dónde Están los Ladrones? em 1998, que conseguiu um grande sucesso, Shakira lançou seu primeiro álbum ao vivo MTV Unplugged, em 2000. No entanto, Shakira queria entrar nos Estados Unidos e no mundo com músicas em inglês.[1] Shakira disse: "Antes de assumir este grande desafio de escrever pela primeira vez em inglês e fazer meu primeiro álbum em inglês e apresentá-lo ao mundo ... claro que estava me sentindo pronta para isso, um pouco assustada ... realmente muito assustada. Eu sabia que poderia fazê-lo e meus instintos sempre me disseram para seguir em frente e se jogar na água."[2] Então, "Whenever, Wherever" foi lançado como seu single de estreia, em 27 de setembro de 2001.[3] Ao mesmo tempo, ela também lançou a versão em espanhol da faixa, intitulada "Suerte", que significa "Sorte", para os mercados espanhóis.[3]

Composição[editar | editar código-fonte]

"A música é fortemente influenciada pela música latina e é uma das primeiras músicas a combinar música andina e worldbeat."

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

"Whenever, Wherever" foi escrito e produzido por Shakira e Tim Mitchell, com créditos adicionais de co-escrita da cantora cubana Gloria Estefan.[4] Sonicamente, a música é uma mistura de música andina e worldbeat[5] com instrumentos latinos distintivos como a charanga e quena[2] "Whenever Wherever" é composto na nota de Dó sustenido menor.[6] A música é fortemente influenciada pela música latina e inclui o charango e flauta de pã em sua instrumentação.[7]

Liricamente, "Whenever, Wherever" fala sobre o destino e como ele tem desempenhado um papel importante no namoro de Shakira.[8] Começa com um violão, semelhante ao riff de quatro notas de "Shine On, You Crazy Diamond" de Pink Floyd,[9] levando à melodia explosiva. Então, Shakira fala que ela seguiria seu namorado para o topo da montanha mais alta, arriscando a vida e os órgãos para ficar com ele.[8] No pré-refrão, ela canta, "le ro lo le lo le, Le ro lo lo lo le's". No refrão, ela canta: "Sempre que quer que seja / Nós devemos estar juntos / Eu estarei lá e você estará perto / E esse é o negócio meu querido."[8]

Recepção da critica[editar | editar código-fonte]

"Whenever Wherever" recebeu críticas em sua maioria favoráveis ​​dos críticos de música. Alex Henderson, da AllMusic, escolheu a canção como um destaque, escrevendo que ela é "infectante" e "é para Shakira o que Livin' la Vida Loca foi para Ricky Martin: o seu maior sucesso que a levou ao público de língua inglesa de uma maneira grande."[10] Lisa Oliver do Yahoo! Music chamou-a de "a melhor faixa do álbum por milhas", escrevendo isso: "Apesar de letras parecidas com o bom-humor como " sorte que meus seios são pequenos e humildes, então você não confunde com as montanhas", ela ainda consegue fazer você se sentir e gosta das calças de fibras sintéticas que a cantora no videoclipe."[11] A frase foi elogiada por Alexis Petridis, do The Guardian, que a chamou de "a letra mais inspiradora dos últimos tempos".[9] O site Bland Is Out There Também apreciou a faixa, escrevendo: "é o casal mais inteligente e autoconfiante que bateu no rádio durante muito tempo".[8] A revisão também escreveu que a versão espanhola, "Suerte", era muito superior, explicando, "Em inglês, os vocais de Shakira são respiratórios e nasais. Mas em sua língua nativa, ela está comandando e mais solta".[8] Para David Browne do Entertainment Weekly, a música tem um "gancho de pop latino sem vergonha".[12]

Performance comercial[editar | editar código-fonte]

"Whenever, Wherever" foi o single mais bem-sucedido de Shakira, até "Hips Don't Lie", foi lançado em 2006. Nos Estados Unidos, "Whenever, Wherever" estreou no número 76 no Billboard Hot 100,[13] alcançou o número seis.[14] Ao fazê-lo, tornou-se seu primeiro single top-dez na parada.[14] Além disso, a faixa alcançou os números um, três e quatro no ranking da Billboard Hot Latin Tracks, Latin Pop Airplay, Hot Dance Club Play e Top 40 Tracks. No Canadá, a música alcançou o número 4.[14] Na Austrália, a música estreou no número um, em 10 de fevereiro de 2002, permanecendo no topo por seis semanas.[15] Na Nova Zelândia, a música estreou no número 39 no gráfico RIANZ, em 20 de janeiro de 2002, enquanto atingiu o número um em sua quarta semana. Ela passou 8 semanas não consecutivas no topo, tornando-se seu single mais famoso.[16]

Na Europa, "Whenever, Wherever" se tornou um grande sucesso, liderando as paradas de mais de quinze países, estabelecendo rapidamente a presença de Shakira no mainstream europeu. No Reino Unido, a música tornou-se o primeiro hit de Shakira no UK Singles Chart, atingindo o número dois por duas semanas consecutivas e finalmente, passou dez semanas nos dez melhores do gráfico, além de dezenove semanas no top 75.[17] A música atualmente é a sétima canção de best-seller de uma artista feminina no século XXI no Reino Unido.[18] É também o vigésimo oitavo single mais vendido da década de 2000 no Reino Unido.[19] Na Áustria, a música permaneceu no topo por sete semanas,[20] enquanto na França, permaneceu por quatro semanas.[21] Na Itália, a música estreou no número um, ficando no topo por mais uma semana. Mais tarde, caiu para o número 4, subiu para o número 2 e chegou ao topo novamente. Mais tarde, caiu para o número 2 e alcançou o topo mais uma vez. Mais tarde, a música caiu para o número 2 e subiu ao número um, onde permaneceu por mais duas semanas, passando sete semanas não consecutivas no topo e se tornando o single mais vendido de 2002.[22] Na Suíça, a música estreou no número nove no quadro de singles, e na semana seguinte, atingiu a posição número um, onde permaneceu durante um total de dezessete semanas consecutivas, tornando-se a canção mais bem sucedida do segundo grau da década em aquele país. Abrindo os gráficos por 17 semanas, ele também estabeleceu um recorde, por ter o maior tempo no primeiro lugar do país.[23] Em fevereiro de 2014, "Whenever, Wherever", entrou no UK Singles Chart, novamente no número 99.[24]

A versão em espanhol da música, "Suerte" ou "Luck", também escrita por Shakira e Mitchell, foi lançada como single na Espanha, no México, bem como em alguns países da América do Sul. Na Billboard's Hot Latin Tracks, se tornou um grande sucesso, atingindo o número um na parada, durante sete semanas não consecutivas e permaneceu dentro dos dez melhores da parada, por mais de quatro meses. Ele também liderou as paradas, em quase todos os países de língua espanhola onde foi lançado.

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Shakira depois que ela sobe do oceano no videoclipe de "Whenever, Wherever".

O videoclipe foi dirigido por Francis Lawrence em frente a uma tela verde, e apresenta Shakira cercada pelas belezas naturais da terra. Começa com a cantora submersa no oceano, antes de saltar sobre as rochas circundantes e observar uma paisagem de montanhas; Ela então prossegue caminhando descalça no deserto, onde logo ela é vista dançando em meio a uma rota de cavalos. Shakira se ajoelha em uma lama rasa e começa a atravessá-la. À medida que o vídeo aproxima de sua conclusão, ela está no topo de uma montanha nevada antes de pular, caindo na água e submergindo-se mais uma vez, à medida que o vídeo entra em círculo.

O clipe tornou-se um sucesso instantâneo em vários programas de videoclipes. Tornou-se o primeiro vídeo de Shakira a entrar no Total Request Live da MTV e alcançou o número um por uma única semana no programa CountModic da MuchMusic. Ganhou o Grammy Latino de 2002 por "Melhor Vídeo de Música de Forma Curta". Existem 2 vídeos remixados como Tracy Young Spin Cycle Mix e Tracy Young Tribal Mix.

Outras versões e apresentações ao vivo[editar | editar código-fonte]

Uma mulher vestida com uma ensemblagem vermelha exposta ao midriff é uma pose impressionante com um candelabro montado em sua cabeça
Shakira performando o single "Whenever, Wherever" durante a Tour of the Mongoose.

Shakira gravou uma versão ao vivo de "Whenever, Wherever", que foi usada para apresentações de televisão, tanto para as versões inglesa e espanhola da música. Foi chamado de "Edição de TV". Ela cantou a versão original do CD apenas uma vez, no Radio Music Awards de 2001, onde tocou a música pela primeira vez. Um remix da música foi incluído no re-lançamento do Laundry Service, Laundry Service: Washed & Dried. Este foi intitulado "Sahara Mix" e foi completamente mudado da versão original, em vez de ter uma forte sensação do sons do Oriente Médio. Para sua turnê mundial, a Tour of the Mongoose, Shakira levou os tambores que começaram a "Sahara Mix" e os incorporou em uma introdução para a versão original de "Whenever, Wherever / Suerte", que estendia a quantidade de tempo que Shakira precisava interagir com o público. Ela também incluiu a mesma introdução para "Whenever, Wherever / Suerte" para sua segunda turnê mundial, a Oral Fixation Tour. No entanto, para esta turnê, ela dançou na bateria com uma corda, ao contrário de dançar com um candelabro na cabeça, como fez durante a Tour do Mongoose. Para promover o DVD Live & off the Record, Shakira usou a música como um segundo single, editando a versão original ao vivo para uma versão de edição de rádio e versão de edição de vídeo, que foi incluída na promoção "Poem to a Horse". Durante a The Sun Comes Out World Tour, Shakira deu a música um som mais rock-oriental, misturou-o com uma regravação de "Unbelievable" da banda inglesa da EMF e trouxe um público feminino selecionado da plateia no palco, para uma curta aula de dança.

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Precessão e sucessão[editar | editar código-fonte]

Precedido por
"O Me Voy O Te Vas" de Marco Antonio Solís
"Héroe" de Enrique Iglesias
"Cómo Duele" de Luis Miguel
Primeira posição na Hot Latin Songs
6 de Outubro - 3 de Novembro de 2001 (primeira vez)
17 de Novembro de 2001 (segunda vez)
16 de Fevereiro de 2002 (terceira vez)
Sucedido por
"Héroe" de Enrique Iglesias
"Dejame Entrar" de Carlos Vives
"Flor Sin Retorno" de Charlie Zaa
Precedido por
"Salvami" de Jovanotti
"Questa è la Mia Vita" de Ligabue
"Questa è la Mia Vita" de Ligabue
"Freeek!" de George Michael
Primeira posição na Itália FIMI
25 de Janeiro - 1 de Fevereiro de 2002 (primeira vez)
22 de Fevereiro de 2002 (segunda vez)
8 de Março de 2002 (terceira vez)
22 de Março - 5 de Abril de 2002 (quarta vez)
Sucedido por
"Questa è la Mia Vita" de Ligabue
"Questa è la Mia Vita" de Ligabue
"Freeek!" de George Michael
"The Hindu Times" de Oasis
Precedido por
"May It Be" de Enya
Primeira posição na Alemanha
1 de Fevereiro - 13 de Abril de 2002
Sucedido por
"Nessaja" de Scooter
Precedido por
"In Your Eyes" de Kylie Minogue
Primeira posição na Austrália ARIA
3 de Fevereiro - 10 de Março de 2002
Sucedido por
"Not Pretty Enough" de Kasey Chambers
Precedido por
"How You Remind Me" de Nickelback
Primeira posição na Austrian Top 40
15 de Fevereiro de 2002 (primeira vez)
1 de Março - 5 de Abril de 2002 (segunda vez)
Sucedido por
"How You Remind Me" de Nickelback
"Engel" de Ben com Gim
Precedido por:
"Lopen Op Het Water" de Marco Borsato e Sita
Primeira posição na Holanda Top 40
9 de Fevereiro - 6 de Abril de 2002
Sucedido por:
"Like a Prayer" de Mad'House
Primeira posição na Bélgica (Flanders)
2 de Março - 13 de Abril de 2002
Sucedido por:
"Désenchantée" de Kate Ryan


Precedido por
"Get the Party Started" de Pink
"Amazing" de Alex Lloyd
Primeira posição na Nova Zelândia RIANZ
10 de Fevereiro - 3 de Março de 2002 (primeira vez)
17 de Março - 7 de Abril de 2002 (segunda vez)
Sucedido por
"Amazing" de Alex Lloyd
"Hands Clean" de Alanis Morissette
Precedido por
"Get the Party Started" de Pink
Primeira posição na Eurochart Hot 100
28 de Fevereiro - 23 de Maio de 2002
Sucedido por
"Without Me" de Eminem
Precedido por
"There's A Whole Lot Of Loving Going On" de Six
Primeira posição na Irlanda IRMA
16 de Maio de 2002
Sucedido por
"Unchained Melody" de Gareth Gates
Precedido por
"Qui est l'exemple ?" de Rohff
Primeira posição na França SNEP
30 de Março - 20 de Abril de 2002
Sucedido por
"Tous ensemble" de Johnny Hallyday
Precedido por
"On se ressemble" de Mario Barravecchia
Primeira posição na Bélgica (Wallonia)
30 de Março de 2002
Sucedido por
"L'Agitateur" de Jean-Pascal Lacoste

Referências

  1. Kessler, Ted (6 de setembro de 2017). «Interview: Shakira - Colombian gold | The Observer». The Guardian. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  2. a b «PopEntertainment.com > Music > Feature Interviews P to T > Shakira». Pop Entertainment. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  3. a b «iTunes - Music - Shakira - Whenever Wherever». iTunes. Consultado em 6 de setembro de 2017. Arquivado do original em 6 de setembro de 2017 
  4. «Whenever, Wherever - Shakira | Allmusic». Allmusic. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  5. Schwartz, Mark. «Laundry Service - Editorial Review». Barnes & Noble. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  6. Sheet music for "Whenever, Wherever." Hal Leonard Corporation. 2002.
  7. Schwartz, Mark. "Music: Laundry Service, Shakira, CD". Barnes & Noble. Retrieved 25 February 2007.
  8. a b c d e «Music Review: Shakira "Whenever, Wherever"». Bland Is Out There. 6 de setembro de 2017. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  9. a b Petridis, Alexis (6 de setembro de 2017). «Thong songs». The Guardian. Guardian Media Group. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  10. Henderson, Alex. «Laundry Service - Shakira». AllMusic. Rovi Corporation. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  11. Oliver, Lisa (6 de setembro de 2017). «Shakira 'Laundry Service' Album Review». Yahoo! Music. Yahoo!. Consultado em 6 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 6 de setembro de 2017 
  12. Browne, David (6 de setembro de 2017). «Laundry Service (2001)». Entertainment Weekly. Time Inc. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  13. «Ja Rule Finds 'Love' On Top Again». Billboard Magazine. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  14. a b c «Laundry Service - Shakira - Awards - Allmusic». Allmusic. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  15. a b «Australian-charts.com – Shakira – Whenever Wherever» (em inglês). ARIA Top 50 Singles. Hung Medien.
  16. «Shakira - Whenever, Wherever». charts.org.nz. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  17. «Shakira | Artist | Official Charts». The Official Charts Company. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  18. «Título ainda não informado (favor adicionar)» 
  19. Radio 1 Official Chart of the Decade, as broadcast on BBC Radio 1 on Tuesday 29 December 2009, presented by Nihal
  20. «Shakira - Whenever, Wherever». austriancharts.at (em alemão). Consultado em 6 de setembro de 2017 
  21. a b «Lescharts.com – Shakira – Whenever Wherever» (em francês). Les classement single. Hung Medien.
  22. «Shakira - Whenever, Wherever». italiancharts.com. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  23. «Shakira - Whenever, Wherever». swisscharts.com. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  24. «Archived copy». Consultado em 6 de setembro de 2017 [ligação inativa] 
  25. Hung, Steffen. «spanishcharts.com - Shakira - Suerte» 
  26. «Die ganze Musik im Internet: Charts, News, Neuerscheinungen, Tickets, Genres, Genresuche, Genrelexikon, Künstler-Suche, Musik-Suche, Track-Suche, Ticket-Suche – musicline.de» (em alemão). Media Control Charts. PhonoNet GmbH.
  27. «Shakira – Whenever Wherever Austriancharts.at» (em alemão). Ö3 Austria Top 40. Hung Medien.
  28. «Ultratop.be – Shakira – Whenever Wherever» (em neerlandês). Ultratop 50. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch.
  29. «Ultratop.be – Shakira – Whenever Wherever» (em francês). Ultratop 40. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch.
  30. «Shakira Album & Song Chart History» (em inglês). Canadian Hot 100 para Shakira.
  31. «Danishcharts.com – Shakira – Whenever Wherever. (em dinamarquês). Tracklisten. Hung Medien.
  32. «Spanishcharts.com – Shakira – Suerte» (em inglês). Canciones Top 50. Hung Medien.
  33. «Shakira Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Adult Pop Songs para Shakira.
  34. «Shakira Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Hot 100 para Shakira.
  35. «Shakira Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Latin Songs para Shakira. Consultado em 8 de agosto de 2010.
  36. «Shakira Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Hot Dance/Club Play para Shakira.
  37. «Shakira Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Pop Songs para Shakira.
  38. «Shakira Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Rhythmic Songs para Shakira.
  39. «Shakira Album & Song Chart History» (em inglês). European Hot 100 para Shakira.
  40. «Shakira: Whenever Wherever» (em finlandês). Musiikkituottajat Consultado em 2013-08-27.
  41. «Top 50 Singles chart (Week: June 2, 2002)». IFPI Greece. Consultado em 6 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 6 de setembro de 2017 
  42. «Archívum – Slágerlisták – MAHASZ» (em húngaro). Rádiós Top 40 játszási lista. Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége.
  43. «Chart Track» (em inglês). Irish Singles Chart. GfK. Consultado em 8 de agosto de 2010.
  44. «Italiancharts.com – Shakira – Whenever Wherever» (em inglês). Top Digital Download. Hung Medien.
  45. «Shakira Album & Song Chart History» (em inglês). Japan Hot 100 para Shakira.
  46. «Charts.org.nz – Shakira – Whenever Wherever» (em inglês). Top 40 Singles. Hung Medien.
  47. «Norwegiancharts.com – Shakira – Whenever Wherever» (em inglês). VG-lista. Hung Medien.
  48. «Dutchcharts.nl – Shakira – Whenever Wherever» (em neerlandês). Mega Single Top 100. Hung Medien / hitparade.ch.
  49. «Nielsen Music Control». Cópia arquivada em 25 de junho de 2007 
  50. «Hits of the World». Billboard. 6 de setembro de 2017. ISSN 0006-2510. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  51. «Chart Stats – Shakira – Whenever Wherever» (em inglês). UK Singles Chart.
  52. «Romanian Top 100 - arhiva». 6 de setembro de 2017. Arquivado do original em 14 de maio de 2005 
  53. «Swedishcharts.com – Shakira – Whenever Wherever» (em inglês). Singles Top 60. Hung Medien.
  54. «Shakira – Whenever Wherever swisscharts.com» (em inglês). Swiss Singles Chart. Hung Medien.
  55. «2002 Australian Singles Chart». aria. Consultado em 6 de setembro de 2017. Arquivado do original em 6 de setembro de 2017 
  56. «2002 Austrian Singles Chart» (em alemão). Austriancharts. Consultado em 6 de setembro de 2017. Arquivado do original em 6 de setembro de 2017 
  57. «2002 Belgian (Flanders) Singles Chart» (em holandês). Ultratop. Consultado em 6 de setembro de 2017. Arquivado do original em 6 de setembro de 2017 
  58. «2002 Belgian (Wallonia) Singles Chart» (em francês). Ultratop. Consultado em 6 de setembro de 2017. Arquivado do original em 6 de setembro de 2017 
  59. «Dutch Top 40» (PDF) (em holandês). Dutch Top 40. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  60. «2002 French Singles Chart» (em francês). SNEP. Consultado em 6 de setembro de 2017. Arquivado do original em 6 de setembro de 2017 
  61. «TOP 100 SINGLE-JAHRESCHARTS» (em alemão). Consultado em 6 de setembro de 2017 
  62. «2002 Irish Singles Chart». IRMA. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  63. «2002 Italian Year-end Chart» (em italiano). Hit Parade Italia. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  64. «END OF YEAR CHARTS 2002». Rianz. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  65. «Årslista Singlar - År 2002» (em sueco). Consultado em 6 de setembro de 2017. Arquivado do original em 6 de setembro de 2017 
  66. «2002 Swiss Singles Chart» (em alemão). Swisscharts. Consultado em 6 de setembro de 2017. Arquivado do original em 6 de setembro de 2017 
  67. «2002 UK Singles Chart» (PDF). ChartsPlus. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  68. «2002 Year End Chart for Billboard»  [ligação inativa]
  69. «2013 Latin Digital Songs Year End Chart». Billboard. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  70. «2014 Latin Digital Songs Year End Chart». Billboard. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  71. «2015 Latin Digital Songs Year End Chart». Billboard. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  72. «2016 Latin Digital Songs Year End Chart». Billboard. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  73. «German certifications». Musikindustrie. Consultado em 18 de Janeiro de 2009 
  74. Australian certifications aria.com Arquivado em 6 de setembro de 2017 no Wayback Machine.. Retrieved 18 January 2009
  75. Austrian certifications ifpi.at Arquivado em 6 de setembro de 2017 no WebCite. Retrieved 18 January 2009
  76. Belgian certifications Ultratop.be. Retrieved 18 January 2009
  77. Finnish certifications ifpi.fi. Retrieved 23 August 2009
  78. French certifications Disqueenfrance.com Arquivado em 6 de setembro de 2017 no Wayback Machine.. Retrieved 18 January 2009
  79. «Archived copy». Consultado em 6 de novembro de 2015. Arquivado do original em 6 de setembro de 2017  (Select Shakira from the drop list)
  80. Greek certification ifpi.gr. Retrieved 16 September 2011
  81. Dutch certifications nvpi.nl Arquivado em 6 de setembro de 2017 no Wayback Machine.. Retrieved 18 January 2009
  82. New Zealand certifications (see: chart #1302 – Sunday 31 March 2002) Rianz.org.nz Arquivado em 6 de setembro de 2017 no Wayback Machine.. Retrieved 18 January 2009
  83. Norwegian certifications Ifpi.no Arquivado em 6 de setembro de 2017 no Wayback Machine.. Retrieved 18 January 2009
  84. UK certifications Bpi.co.uk Arquivado em 6 de setembro de 2017 no WebCite. Retrieved 18 January 2009
  85. «Shakira's Official Top 10 biggest singles revealed». Official Charts. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  86. Swedish certifications Ifpi.se[ligação inativa]. Retrieved 18 January 2009
  87. Swiss certifications Swisscharts.com Arquivado em 6 de setembro de 2017 no Wayback Machine.. Retrieved 18 January 2009
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.