Sale el sol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sale el sol
Álbum de estúdio de Shakira
Lançamento 19 de outubro de 2010 (2010-10-19)
Gravação 2008—10
Gênero(s)
Duração 46:04
Idioma(s)
Formato(s)
Gravadora(s)
Produção
  • Shakira
  • Josh Abraham
  • Lukas Burton
  • El Cata
  • John Hill
  • Lester Mendez
  • Luis Fernando Ochoa
  • Residente
Cronologia de Shakira
She Wolf
(2009)
Live from Paris
(2011)
Singles de Sale el sol
  1. "Loca"
    Lançamento: 10 de setembro de 2010 (2010-09-10)
  2. "Sale el Sol"
    Lançamento: 4 de janeiro de 2011 (2011-01-04)
  3. "Rabiosa"
    Lançamento: 8 de abril de 2011 (2011-04-08)
  4. "Antes de las Seis"
    Lançamento: 21 de outubro de 2011 (2011-10-21)
  5. "Addicted to You"
    Lançamento: 13 de março de 2012 (2012-03-13)

Sale el sol é o nono álbum de estúdio da cantora e compositora colombiana Shakira, lançado em 19 de Outubro de 2010 pela Epic Records.[4] O álbum foi produzido por Lester Mendez, que trabalhou com a cantora em canções como "La Tortura" e "Underneath Your Clothes"; e por Jim Jonsin, que já trabalhou com nomes como Eminem, Soulja Boy e The Neptunes.

O conteúdo do álbum está programado para ser principalmente em espanhol, com algumas músicas em inglês, sendo 3 delas versões de músicas em espanhol, além de "Islands", um cover da banda inglesa The XX, que Shakira cantou no Festival de Glastonbury de 2010.[5] Define-se o álbum a partir de três correntes: canções latinas, rock e baladas românticas. Shakira afirmou que este álbum lembra muito de seus álbum anteriores, Fijación oral vol. 1 e Oral Fixation Vol. 2, e que poderia ser chamado de uma síntese de todo o seu trabalho.[6]

Nos Estados Unidos, Sale El Sol debutou no Top 10 da Billboard 200, principal parada de álbuns do país, estreando na 7a posição. Porém, o seu melhor desempenho deu-se, como sempre, na tabela da Billboard Top Latin Albums, onde o álbum estreou diretamente na 1a posição, ocupando-a por 12 semanas consecutivas. Mundialmente o álbum já vendeu mais de 5,000,000 milhões de cópias.[7]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2009, Shakira lançou seu oitavo álbum de estúdio, She Wolf. A composição do disco mudou um pouco dos estilos mais trabalhados pela cantora como pop e pop rock e foi principalmente focado no electropop, com elementos de música do mundo e dancehall.[8][9][10] O álbum foi recebido positivamente pela maioria dos críticos de música e foi elogiado pela sua distinta natureza e pela experimentação de Shakira com o electropop. Comercialmente, She Wolf foi um sucesso e liderou as paradas e obteve certificações de ouro e platina em vários territórios sul-americanos e europeus. No entanto, ele se apresentou mal desempenho nos Estados Unidos e se tornou o primeiro álbum de estúdio de Shakira desde Where Are The Thieves? (1998) a perder o pico dentro do top 10 depois que de ter estreado no número 15 na parada da Billboard Hot 200.[11] Em maio de 2010, ela escreveu e gravou "Waka Waka (This Time for Africa)", a música oficial da Copa do Mundo FIFA de 2010, que se tornou um grande sucesso mundial.

Produção[editar | editar código-fonte]

Os primeiros rumores sobre a criação do novo álbum surgiram em meados de 2010,[12] e o nome do disco passou a se chamar extraoficialmente "Sale El Sol" a partir de uma entrevista feita com Shakira em 15 de julho de 2010, veiculada no site da Univisión,[13] na qual ela não só confirma a existência do álbum, como também: a quase finalização deste, bem como suas características musicais e as intenções ao criá-lo. Ainda no mesmo mês, sugeria-se que o nome do álbum em inglês seria "Sunrise",[14] mas logo uma breve notícia no Twitter da filial brasileira da Sony Music, distribuidora oficial da gravadora Epic neste país (e em vários outros), no dia 25 de agosto,[15] deu conta de que o nome inglês é de fato "The Sun Comes Out". Quanto ao título "Sale El Sol", esse é o nome de uma música inédita que foi tocada ao vivo pela primeira vez na edição de 2010 do festival Rock in Rio, em Madri,[16] e dedicada ao amigo argentino Gustavo Cerati,[17] que em maio de 2010 sofreu um derrame e entrou em estado em coma, após um show que fez na Venezuela.[18]

Além de "Sale El Sol", mais uma parceria da colombiana con Luis Fernando Ochoa (co-responsável por faixas de Shakira como Si te vas, Inevitable, Que me quedes tú, La Tortura, Las de la intuición e "Animal City", esta última do disco Oral Fixation Vol. 2), Shakira previamente apresentou outra música inédita que vem a ser outra faixa do disco, intitulada "Gordita", criada e cantada em parceira com René, da dupla de reggaeton portorriquenha Calle 13, sendo tocada em eventos como as edições de 2010 dos festivais Rock In Rio de Lisboa e Madri e do Festival de Glastonbury.

No dia 14 de outubro, cinco dias antes da data anunciada, foi divulgada no site oficial da cantora[19] uma notícia em que se poderia fazer uma audição de todas as músicas do álbum na conta do Facebook oficial de Shakira,[20] além de permitir uma pré-venda do álbum, à maneira de sites como Amazon.com,[21] sendo que a filial online alemã deste site inclusive foi uma das primeiras a exibir amostras das faixas,[22] as quais estavam disponíveis na íntegra para descarga desde o dia 15 de outubro. O álbum estreou nos Estados Unidos na 7ª posição na Billboard 200. Esse é considerado um dos melhores álbuns de shakira , pois mostra ela em um estilo mais clean , e mostra a sua grande mudança e amuderecimento pessoal e na carreira.

Música e letras[editar | editar código-fonte]

Sale el Sol é considerado o retorno de Shakira às suas raízes e é uma fusão entre pop e fortes influencias de música latina e colombiana. Shakira disse que existem três "direções" em Sale el Sol: uma romântica, uma "muito rock and roll" e uma "latina, tropical".[23] Explicando a "direção" romântica do álbum, ela disse que era algo "no qual eu não tinha aproveitado nos últimos três anos, mas de repente veio até mim e não consegui conter isso. tem canções que são muito intensas, muito românticas [sic]".[1] Exemplos incluem baladas como "Before Six O'Clock" e "The Most",[2] na primeira Shakira entrega "uma voz triste, emocional e sincera"[1] enquanto no último ela canta sobre um piano e uma melodia complementada por cordas.[24] Sobre a "direção" rock and roll do álbum, Shakira disse: "Eu comecei minha carreira como artista de rock e acabei me transferindo para o pop, então foi divertido voltar a encontrar esse lado da minha personalidade artística".[1]

"É como se eu me encontrasse novamente. Você fica influenciada por tudo o que você ouve no rádio, ou talvez pelo que você sente que as expectativas de outras pessoas são. Mas, então, de repente percebe-se que tudo o que você precisa para escrever sobre o que está dentro de você - não para olhar para fora, mas para dentro."

Shakira falando sobre a concepção, do álbum.[25]

A faixa-título é um rock alternativo acústico e com influência de pop latino,[26][24] enquanto "Devoción" é uma faixa de rock alternativo tecno-influenciada em que Shakira "supera todas as inspirações U2, em seu próprio jogo", de acordo com Stephen Thomas Erlewine, crítico do AllMusic.[3][26][27] O "sensual, energético, baixo-carregado" "Tu Boca" possui influências de new wave.[3][26] "Islands" é uma regravação da música original de mesmo nome da banda inglesa de indie pop The xx.[28] Shakira adiciona alguns elementos de house music e art pop, da música original.[3][28]

Uma amostra de 17 segundos da versão inglesa de "Loca", que é uma das faixas influenciadas pelo merengue, em Sale el Sol.[2]

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

O lado "latino" e tropical do álbum é proeminentemente influenciado pelo merengue.[2] O gênero é caracterizado pelo uso do acordeão e do instrumento de percussão tambor.[29] "Loca", é a interpretação de Shakira da música "Loca Con Su Tiguere" de El Cata, e é composta por golpes de merengue com trompas de dança e batidas techno.[30] Da mesma forma, "Rabiosa" é a interpretação de Shakira da canção de El Cata "La Rabiosa", e é uma faixa dance e merengue de ritmo acelerado.[31] Além de merengue, músicas como "Addicted to You", que apresenta "letras bilíngües, um refrão dos anos 70 e sons de Copacabana",[27] são influenciados pela música reggaeton.[2] "Gordita", o dueto entre Resident Calle 13 e Shakira, é uma cumbia e um híbrido de rap latino.[25]

Falando sobre o conteúdo lírico do álbum, Shakira disse que existem algumas músicas "que são apenas para dançar em uma balada, que não tem uma grande transcendência".[25] Em "Rabiosa", Shakira canta sobre o sex appeal de seu parceiro.[31] "Loca" expressa o comportamento errático e obsessivo de Shakira em relação ao seu namorado, mais do que a sua outra líder. No entanto, Shakira também disse que existem algumas músicas que "permanecerão no coração das pessoas e na consciência delas, às vezes para sempre".[25] Ela descreveu essas faixas como "músicas que têm o poder de alimentar os relacionamentos das pessoas e estados de espírito e estados espirituais".[25] De acordo com a Billboard, a faixa-título é composta de letras "evocativas e esperançosas" dedicadas ao cantor e compositor argentino e amigo de Shakira, Gustavo Cerati, que estava em coma no tempo do lançamento do álbum.[24] "Antes de las Seis" lida com problemas de saudade, arrependimentos e solidão.[25] Shakira disse que essas músicas são escritas "de maneira tão pessoal e íntima que naquele momento. Não estou realmente pensando muito. Estou deixando tudo fora."[25]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Shakira durante um performance, na série de shows da The Sun Comes Out World Tour.

O Sol foi lançado mundialmente em 19 de outubro de 2010.[32] O álbum foi disponibilizado para download digital no iTunes Store, no mesmo dia.[33] Uma versão em inglês do álbum, The Sun Comes Out, também foi lançada e contém exatamente a mesma lista de faixas; A única diferença é a ordem de execução, pois as versões espanholas de "Loca" e "Rabiosa", com El Cata, estão incluídas como faixas extras, enquanto as versões em inglês, apresenta Dizzee Rascal e Pitbull, respectivamente, estão incluídas na lista de faixas principais.[34]

Singles[editar | editar código-fonte]

"Loca" foi escolhido como single principal do álbum; A versão em espanhol, com El Cata, foi lançada em 10 de setembro de 2010,[35] enquanto a versão inglesa, com Dizzee Rascal, foi lançada em 13 de setembro de 2010.[36] Tornou-se um sucesso internacional. Ele atingiu o topo das paradas de países como França,[37] Itália,[38] Espanha[39] e Suíça.[40] Nos Estados Unidos, a música alcançou o número 32 no Billboard Hot 100,[41] e também liderou a Hot Latin Songs,[42] Latin Pop Airplay,[43] e Tropical Songs charts.[44] "Loca" foi certificado de dupla platina no México[45] e na Espanha, pela Mexican Association of Phonograph Producers e pela Producers of Spanish Music, respectivamente.[46] No país nativo da cantora a Colômbia, foi certificado de diamante pela Colombian Association of Phonograph Producers.[47] Também obteve certificações de platina na Itália[48] e na Suíça.[40] O videoclipe de acompanhamento de "Loca", foi dirigido por Jaume de Laiguana e filmado em Barcelona, Espanha, apresentando Shakira interagindo com uma multidão na praia e dançando em frente ao mar, usando um biquíni dourado.

"Sale el Sol", o título do álbum, foi lançado como o segundo single em 4 de janeiro de 2011.[49] A música foi traçada de forma muito limitada, mas conseguiu funcionar bem no México e na Espanha, atingindo os números um e oito no Monitor Latino e Spanish Singles Chart, respectivamente.[50][51] Foi certificado de ouro em ambos os países.[46][52] "Sale el Sol" alcançou os números 10 e 2 no Billboard Hot Latin Songs dos EUA.[42] Latin Pop Airplay,[43] e Latin Pop Airplay,[53] O videoclipe de acompanhamento, foi dirigido por Jaume de Laiguana,[53] e mostra a cantora saindo para estar em um jardim ensolarado.[54]

Uma mulher com longos cabelos loiros está cantando na frente do suporte de microfone enquanto se veste com um vestido azul de pena.
Shakira cantando "Antes de las Seis" durante a The Sun Comes Out World Tour, vestida com um "vestido azul plumoso".[55]

"Rabiosa" foi escolhido para ser o terceiro single do álbum; As versões em espanhol e inglês da música, com El Cata e Pitbull, respectivamente, foram lançadas em 8 de abril de 2011.[56][57] Um sucesso comercial, encabeçou a parada da Espanha[58] e atingiu as primeiras posições em países como Áustria,[59] Bélgica[60][61] e Itália.[62] Um sucesso nas paradas de singles latinos nos Estados Unidos, atingindo o número oito na parada da Billboard Hot Latin Songs chart[42] e Latin Pop Airplay[43] e também atingiu o pico no 13 no gráfico da Tropical Songs.[44] A música foi certificada de dupla platina no México,[63] platina na Espanha[46] e na Itália.[48] O videoclipe de acompanhamento para o single, dirigido por Jaume De Laiguana,[53] apresenta Shakira se divertindo em uma festa, enquanto se exibe com uma peruca morena; Também contém cenas da cantora com os cabelos loiros normais, dançando pole dance, de forma bem sensual.[64]

"Antes de las Seis" foi lançado como o quarto single em 21 de outubro de 2011.[65] Não foi bem sucedido na tabelas de singles, mas esteve moderadamente bem, nas paradas de airplay, liderando a parada de airplay na Espanha[66] e atingiu o pico de número quatro na parada da Billboard Latin Pop Airplay[43] dos EUA. É a única música do álbum a não entrar no top 10 da Billboard Hot Latin Songs dos EUA.[42] Em 2013, "Antes de las Seis" foi certificado de ouro no México.[67] A gravação ao vivo da performance da música de Shakira, durante o concerto Palais Omnisports de Paris-Bercy da The Sun Comes Out World Tour, tirada do álbum ao vivo Live from Paris, serviu como o videoclipe de acompanhamento para o single.[68][69]

"Addicted to You" foi lançado como o quinto e último single do Sale el Sol, em 13 de março de 2012.[70] Tornou-se um sucesso no México, onde recebeu uma certificação de platina[71] e Polônia, onde encabeçou a parada de airplay.[72] Nos Estados Unidos, ele atingiu o número nove na parada da Billboard Hot Latin Songs dos EUA[42] e número três no Latin Pop Airplay[43] e Tropical Songs.[44] O videoclipe de acompanhamento de "Addicted to You" foi dirigido por Anthony Mandler,[73] e apresenta Shakira dançando em vários locais, como uma cidade de "estilo antigo espanhola", uma catedral e uma banheira, enquanto se diverte em diferentes lugares da "alta moda".[74]

The Sun Comes Out World Tour[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Sun Comes Out World Tour

Para promover o álbum, assim como She Wolf, Shakira embarcou na The Sun Comes Out World Tour no final de 2010. O site oficial de Shakira anunciou pela primeira vez os três locais iniciais da parte norte-americana da turnê, em 3 de maio de 2010<[75][76] e posteriormente, 22 locais a mais foram adicionados.[77][78][79][80] Depois de um show de pré-lançamento especial realizado em Montreal, Canadá, em 15 de setembro de 2010,[81] a parte norte-americana da turnê começou em Uncasville, Connecticut, em 17 de setembro, e encerrou-se em Rosemont, Illinois, em 29 de outubro de 2010.[77] As datas iniciais para a etapa européia da turnê foram anunciadas em 28 de junho de 2010[82] e, posteriormente, 22 outros shows foram listados. A etapa européia da turnê foi planejada para começar em Lyon, França, em 16 de novembro, e terminar em Londres, Inglaterra, em 20 de dezembro de 2010.[83][84] Os bilhetes para as datas iniciais da parte européia foram logo esgotados, e Shakira estendeu a turnê em 2011, começando por anunciar o show em Paris, França; novos locais como Croácia, Rússia, Espanha e Suíça foram adicionados em breve.[85][86] A etapa latino-americana da turnê, teve como parte o Pop Festival, que foi anunciada como uma iniciativa para trazer estrelas da música internacional, para a América Latina. As primeiras datas de turnê para a perna foram anunciadas em 3 de dezembro de 2010[87] e logo os locais em países como Argentina, Brasil, Colômbia e México foram adicionados às datas da turnê.

Shakira performando "Gordita" durante a The Sun Comes Out World Tour.

O set-list da turnê foi composto principalmente de músicas do Sale el Sol: "Antes de las Seis", "Gordita", "Loca", "Sale el Sol" and "Waka Waka (This Time for Africa)".[88] O palco foi moldado como a letra "T" para permitir que uma quantidade máxima de telespectadores vejam Shakira, de forma melhor.[89] Uma grande tela estava projetada atrás do palco, em que foram projetadas várias imagens, projetadas pela agência de entretenimento Loyalkaspar.[90] Para o desempenho, Shakira usava principalmente um top de malha de cor de ouro combinado com calças de couro bem apertadas.[91] Outros presentes que Shakira usou durante os shows, incluíram um vestido rosa com capuz,[92] uma saia de flamenco[89] e um vestido azul plumoso.[55]

Os shows foram bem recebidos pelos críticos, muitos dos quais elogiaram o carisma Shakira, durante as apresentações. Comercialmente, a turnê foi um sucesso. Ela ficou no número 40, na lista de "Top 50 North American Tours" da Pollstar em 2010, que arrecadou um total de US $ 16,9 milhões no continente, totalizando 524,723. Na América do Norte, a turnê vendeu uma média de 9.335 ingressos e um total de 205.271 ingressos.[93] A turnê foi um sucesso maior em todo o mundo, classificando-se no número 20 no "Top 25 Worldwide Tours" da Pollstar 2011.[94] Seu total bruto durante suas datas mundiais foi de US $53,2 milhões e as vendas de ingressos totalizaram 692,064.[94] Um álbum ao vivo do show gravado no Palais Omnisports de Paris-Bercy em Paris, na França, foi lançado como Shakira: Live from Paris, em 5 de dezembro de 2011.[95]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 89/100[96]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AllMusic 4.5 de 5 estrelas.[3]
Billboard 91/100[24]
Entertainment Weekly A[97]
Rolling Stone 3.5 de 5 estrelas.[98]
Seattle Post-Intelligencer (favorável)[99]
Stanford Daily (favorável)[100]
Terra USA (misto)[27]
The Washington Post (favorável)[101]

No Metacritic, atribuiu uma classificação normalizada de 100 às críticas dos críticos mainstream, Sale el Sol recebeu uma pontuação média de 89, com base em 5 críticas, indicando "aclamação universal".[96] Carlos Quintana do About.com, elogiou a experimentação de Shakira com sons como merengue e rock no álbum, observando que seu "estilo inovador sem fim, que nos dá uma indicação de sua evolução artística e interesses musicais atuais", e que Sale el Sol "mostra novamente por que Shakira é uma das melhores artistas do pop latino do mundo".[102] Stephen Thomas Erlewine, da AllMusic, deu uma revisão muito positiva, complementando a versatilidade de Shakira em sua "abordagem pan-global" e elogiando a natureza simples e "jovial" do álbum, dizendo que "não soa sem sentido ou um trabalho excessivo - é ensolarado e fácil, sua flutuabilidade natural disfarçando o alcance e a habilidade de Shakira - mas ouça atentamente e torna-se evidente que ninguém faz melhores discos pops no novo milênio, do que ela ".[3] A revisão da Billboard, do álbum também foi extremamente positiva, observando que sua composição é "infinitamente mais memorável e única do que o famoso trabalho de 2009 da cantora, She Wolf", e que "consegue superar a divisão entre a antiga e nova Shakira com uma faísca que o mantém ouvindo até fim."[24]

Michelle Morgante, do Boston.com, escolheu as músicas influenciadas pelo merengue em Sale el Sol, como "alguns dos momentos mais fortes" e observou que o álbum é uma representação mais verdadeira da Shakira que excitou a América Latina e a impulsionou para o cenário mundial."[103] James Reed, do The Boston Globe, sentiu que, enquanto o Sale el Sol está subindo, "não é tão oneroso como She Wolf", prova ser "mais um passo adiante para um artista que raramente olha para trás".[104] Mikael Good, da Entertainment Weekly, vendeu Sale el Sol, como uma demonstração da "mentalidade corajosamente global" de Shakira e atribuiu-lhe uma nota perfeita de "A".[97] Jesus Yanez-Kings, da Northern Arizona News, preferiu as faixas mais influenciadas pelo rock, do álbum e concluiu que o Sale el Sol é um dos melhores lançamentos da Shakira, com músicas que se tornaram clássicas nos próximo anos.[26] Mikel Toombs, do Seattle Post-Intelligencer, disse que o álbum apresenta Shakira "de forma mais animada".[99] Jennifer Schaffer, da Stanford Daily, chamou o trabalho de um "álbum fantásticamente diverso, com algumas colaborações impressionantes e uma gama de emoções verdadeiramente impressionantes" e elogiou a entrega vocal da cantora, dizendo que "o poder absoluto dos acordes vocais de Shakira é claramente o foco do álbum".[100] Allison Stewart sentiu que o álbum era uma vitrine de voz "notável" de Shakira e concluiu que, embora Sale el Sol, não seja "necessariamente aventureiro", ele "oferece uma melhor vitrine para os incontáveis ​​encantos de Shakira do que os antecessores já fizeram".[101] Carlos Macias do Terra USA, no entanto, deu ao álbum uma revisão mista e disse que o álbum "entrega metade dos bens".[27]

Promoção[editar | editar código-fonte]

Shakira cantou a faixa-título do álbum em Junho de 2010 durante o Rock in Rio em Madrid.[105] Em 26 de Junho de 2010, ela também se apresentou na edição de 2010 do Festival de Glastonbury, cantando as músicas "Gordita" (com Calle 13) e "Islands".[106] Durante a etapa americana da turnê mundial de promoção do álbum, Shakira cantou "Loca" no The Late Show with David Letterman no dia 23 de Setembro de 2010,[107] e no Dancing with the Stars, no dia 19 de Outubro,[108] além de promover o álbum sem performar músicas no Today Show, no dia 22 de Setembro de 2010,[109] e no Lopez Tonight, no dia 19 de Outubro.[110]

Após a etapa norte-americana da turnê, Shakira se apresentará no MTV Europe Music Awards 2010, cantando ao lado do rapper Plan B,[111] e na final da temporada atual da edição alemã do programa de matriz inglesa X Factor, fato confirmado pela filial da Sony Music na Alemanha.[112]Shakira por enquanto está em turnê por vários países para promover o álbum Sale el sol.

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Shakira cantando a canção título "Sale el Sol" durante a The Sun Comes Out World Tour.

O álbum foi um sucesso na Europa. Na Áustria, Sale el Sol alcançou o número três na parada de álbuns austríaca, ficando um total de 44 semanas na parada.[113] Nesta região, foi certificado de platina pela International Federation of the Phonographic Industry (IFPI), por vender 20 mil unidades.[114] O álbum estreou no número 15 na parada da Ultratop na região holandesa de Flandres na Bélgica e saltou para a posição máxima de número oito na semana seguinte.[115] deslocando o duo de pop rock francês AaRON com o álbum Birds in the Storm do primeiro lugar.[116] Sale el Sol tornou-se o primeiro álbum de estúdio de Shakira a alcançar o número um na região.[117] Em Flandres e na Valónia, o álbum ficou por 55 e 54 semanas, respectivamente.[115][117] A Belgian Entertainment Association (BEA), certificou o álbum com platina por vender mais de 20 mil unidades.[118]

Depois de entrar nas paradas de álbuns franceses no número dois, Sale el Sol atingiu o número um por duas semanas consecutivas, impulsionado pelo sucesso do single "Loca" no país.[119] Passou 17 semanas consecutivas no top 10 e 113 semanas no top 20, tornando-se o maior álbum de Shakira nas paradas do país.[120] Terminou como o 13º álbum mais vendido de 2010 na França, com vendas de 236,616 unidades.[121] O álbum ainda vendeu 198 mil unidades em 2011, aparecendo no número 10 na tabela de final de ano e trazendo suas vendas para um total de 425 mil unidades.[122][123] Além de ser o primeiro álbum da cantora a ficar no topo da lista de álbuns franceses, Sale el Sol é o álbum mais da cantora mais certificado no país, conforme a Syndicat National de l'Édition Phonographique (SNEP), pelas vendas de mais de 500 mil unidades.[124] É um dos álbuns mais vendidos da França de todos os tempos. Em contrapartida, Sale el Sol tornou-se o álbum de estúdio mais baixo do cantora nas paradas da Alemanha, atingindo o número seis no Media Control Charts.[125] No entanto, alcançou altas vendas no país e foi certificado de platina pela The Federal Association of Music Industry (BVMI), por ter vendido mais de 200 mil unidades na Alemanha.[126] O álbum alcançou o número quatro na tabela de álbuns húngaros e foi certificado de platina pela Association of Hungarian Record Companies, por vender 10 mil unidades.[127]

Na Itália, estreou no terceiro lugar na tabela da FIMI Álbuns e ascendeu ao número um na semana seguinte.[128] Sale el Sol foi o segundo álbum consecutivo de Shakira a atingir a posição máxima da parada de álbuns italianos, depois que She Wolf liderou a parada em 2009.[128] A sua permanência dentro do top 20 durou 19 semanas.[128] A Federazione Industria Musicale Italiana (FIMI), certificou o de platina o álbum por vender mais de 60.000 unidades.[129] Sale el Sol estreou no topo da lista de álbuns portugueses - o primeiro álbum de Shakira a realizar a façanha no país - e passou duas semanas no número um.[130] Ele conseguiu permanecer no top 10 por 23 semanas consecutivas.[130] Foi certificado de platina pela Associação Fonográfica Portuguesa (AFP), por ter vendido mais de 15 mil unidades em Portugal.[131] Sale el Sol é o primeiro álbum de estúdio da cantora desde Fijación Oral, Vol. 1 (2005), a atingir o pico de primeiro lugar na lista de álbuns espanhóis depois que estreou na posição superior.[132] Passando um total de 63 semanas no gráfico[132] e foi certificado de dupla platina pelos Productores de Música de España (PROMUSICAE), pelas vendas de 80 mil unidades.[133] Na Suíça, o álbum foi lançado no momento em que a banda Kings of Leon liderava a parada com Come Around Sundown, que estreou no número um.[134] Sale el Sol ficou na parada por 49 semanas no total.[134] Na Suíça, foi certificado de dupla platina pela IFPI, por vender 40 mil unidades.[135]

O álbum também teve vendas altas na América do Sul. No país nativo de Shakira a Colômbia, vendeu mais de 200 mil unidades e foi certificado diamante pela Colombian Association of Phonograph Producers (ASINCOL).[136] No México, Sale el Sol estreou no número um da Lista de álbuns mexicanos, tornando-se o segundo álbum de estúdio consecutivo da cantora para entrar no gráfico na posição superior.[137] Também se tornou seu maior álbum no país, gastando um total de 50 semanas.[137] Nesta região, foi certificado de platina e ouro pela Mexican Association of Phonograph Producers (AMPROFON), para embarques de 90 mil unidades.[138] No Canadá, o álbum alcançou o número 11 no parada de álbuns canadense, passando um total de duas semanas no gráfico.[139] Nos Estados Unidos, Sale el Sol caiu e alcançou o número sete na parada da Billboard 200, nos EUA até data na parada de 6 de novembro de 2010.[140] Na parada Latin Albums, Sale el Sol estreou no número um, com vendas de primeira semana no valor de 52.000 unidades, compiladas pela Nielsen SoundScan.[141][142] Ele marcou o maior estréia para um álbum latino no ano[143] e o quinto álbum de Shakira a conquistar o pico no número um.[142] De acordo com a Billboard, 35% das vendas da primeira semana foram creditadas pelas fortes vendas digitais.[142] No total, o Sol passou 118 semanas na parada de álbuns latinos.[141] No gráfico Latin Pop Albums, voltou a atingir o número um e passou 118 semanas na parada no total.[144]

Faixas[editar | editar código-fonte]

  • Shakira escreveu ou co-escreveu todas as músicas do álbum exceto "Islands" que é uma versão cover da banda The XX. As pessoas que trabalharam nas canções estão sendo citadas abaixo.[145]

Sale el Sol – Edição Padrão

N.º Título Letra Música Produção Duração
1. "Sale el Sol"  
  • Shakira
  • Ochoa
  • Shakira
  • Ochoa
3:21
2. "Loca" (featuring El Cata)
  • Shakira
  • El Cata
  • Pitbull
  • Shakira
  • Ochoa[a]
  • Josh Abraham[a]
  • Oligee[a]
  • El Cata[a]
  • Gucci Vump[b]
  • Jonathan Shakhovskoy[b]
3:05
3. "Antes de las Seis"  
  • Shakira
  • Lester Méndez
  • Shakira
  • Méndez
  • Shakira
  • Méndez
2:56
4. "Gordita" (featuring Residente Calle 13)
  • Shakira
  • Calle 13
3:26
5. "Addicted to You"  
  • Shakira
  • El Cata
  • Ochoa
  • Hill
  • Shakira
  • El Cata
  • Ochoa
  • Hill
2:28
6. "Lo Que Más"  
  • Shakira
  • Albert Menéndez
  • Shakira
  • Menéndez
  • Shakira
  • Méndez[a]
2:29
7. "Mariposas"  
  • Shakira
  • Menéndez
  • Shakira
  • Menéndez
  • Shakira
  • Menéndez[a]
3:47
8. "Rabiosa" (featuring El Cata)
  • Shakira
  • Pitbull
  • El Cata
  • Shakira
  • Pitbull
  • El Cata
2:52
9. "Devoción"  
  • Shakira
  • Hill
3:31
10. "Islands"  
  • Baria Qureshi
  • Oliver Sim
  • Jamie Smith
  • Romy Madly Croft
  • Qureshi
  • Sim
  • Smith
  • Croft
  • Shakira
  • Lukas Burton
2:45
11. "Tu Boca"  
  • Shakira
  • Drexler
  • Shakira
  • Cerati
  • Menéndez
  • Tim Mitchell
3:27
12. "Waka Waka (Esto es África)" (K-Mix) Shakira
  • Shakira
  • Hill
  • Emile Kojidie
  • Dooh Belly Eugene Victor
  • Ze Bell Jean Paul
  • Drexler
  • Shakira
  • Hill
3:07
13. "Loca" (featuring Dizzee Rascal)
  • Shakira
  • El Cata
  • Dizzee Rascal
  • Pitbull
  • Shakira
  • El Cata
  • Dizzee Rascal
  • Pitbull
3:13
14. "Rabiosa" (featuring Pitbull)
  • Shakira
  • Pitbull
  • El Cata
  • Shakira
  • Pitbull
  • El Cata
2:52
15. "Waka Waka (This Time for Africa)" (K-Mix) Shakira
  • Shakira
  • Hill
  • Kojidie
  • Victor
  • Paul
  • Shakira
  • Hill
3:07
Duração total:
46:04
Notes

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Precessão e sucessão[editar | editar código-fonte]

Precedido por
O Coliseus de João Pedro Pais
Primeira posição na Portuguese Albums Chart
26 de Outubro de 2010 -
Sucedido por
Indefinido
Precedido por
Guerra Fría de Malú
Primeira posição na Spanish Albums Chart
24 de Outubro de 2010 -
Sucedido por
Indefinido
Precedido por
Come Back de Eddy Mitchell
Primeira posição na French Albums Chart
31 de Outubro de 2010 -
Sucedido por
Indefinido
Precedido por
En Total Plenitud de Marco Antonio Solís
Primeira posição na Top Latin Albums
6 de Novembro de 2010 -
Sucedido por
Indefinido
Precedido por
En Total Plenitud de Marco Antonio Solís
Primeira posição na Latin Pop Albums
6 de Novembro de 2010 -
Sucedido por
Indefinido

Referências

  1. a b c d «Shakira's Biography». Shakira.com (Archive). Consultado em 30 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2017 
  2. a b c d e «Shakira Releases Sale El Sol / The Sun Comes Out Today, October 19th». PR Newswire. UBM plc. 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  3. a b c d e f Erlewine, Stephen Thomas. «Sale el Sol- Shakira». AllMusic. Rovi Corporation. Consultado em 22 de maio de 2017. Cópia arquivada em 23 de outubro de 2010 
  4. «Anunciamos nuevo sencillo y nuevo álbum». Shakira.com - Noticias. Consultado em 1 de Setembro de 2010 
  5. «Shakira brilha no Glastonbury Festival». Portal Shakira. Consultado em 1 de Setembro de 2010 
  6. «Ouça um trecho da nova música de Shakira, "Loca"». Cifra Club News. Consultado em 2 de Setembro de 2010 
  7. «Shakira:Sun Mes Out World Tour En DVD». NRJ. Consultado em 14 de Dezembro de 2011 
  8. D, Esper (30 de agosto de 2017). «Shakira's She Wolf Album». Yahoo! Voices. Yahoo!. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  9. Yehuda, Ayala Ben (30 de agosto de 2017). «Shakira: The 'She Wolf' Billboard Cover Story». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  10. «She Wolf». Shakira.com. Consultado em 30 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2017 
  11. «Shakira- Chart History». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  12. «Shakira's new Album! ¡Nuevo Álbum!». Mac Foruns. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  13. «Shakira responde perguntas dos fãs para o site Univision». Portal Shakira. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  14. «"Sale El Sol" e "The Sun Rises": Novo álbum da Shakira vai ter canções em espanhol e inglês». Popline MTV. Consultado em 2 de Setembro de 2010 
  15. «Sale El Sol é The Sun Comes Out». Shakira Portugal. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  16. «Shakira agita 85 Mil Pessoas no Rock in Rio Madrid». Portal Shakira. Consultado em 1 de Setembro de 2010 
  17. «Shakira - Sale El Sol». Last.fm. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  18. «Gustavo Cerati sufrió derrame en Venezuela - MAY.18, 2010». Gente - Entretenimento - El Universo. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  19. «Eschuchen el nuevo álbum, Sale El Sol». Shakira.com. Consultado em 16 de Outubro de 2010 
  20. «Facebook/Shakira». Facebook. Consultado em 16 de Outubro de 2010 
  21. «Amazon.com: Sale El Sol: Shakira: Music: Reviews, Prices & more». Amazon.com. Consultado em 16 de Outubro de 2010 
  22. «Amazon.de: shakira sale el sol: MP3-Downloads». Amazon.de. Consultado em 16 de Outubro de 2010 
  23. «Shakira Returns To Her Roots On 'Sale el Sol'». KPIX-TV. CBS Corporation. 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  24. a b c d e «Shakira, "Sale el Sol"». Billboard. Prometheus Global Media. 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  25. a b c d e f g Parales, Jon (30 de agosto de 2017). «Shakira Conquers New Arenas on 'Sale el Sol'». The New York Times. The New York Times Company. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  26. a b c d Yanez-Reyes, Jesus (30 de agosto de 2017). «SoundCheck: Shakira's Sale el Sol». Northern Arizona News. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  27. a b c d Macias, Carlos (30 de agosto de 2017). «Sale El Sol Review: Shakira's New Album Delivers Half The Goods». Terra Networks. Telefónica. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  28. a b «Shakira – "Islands" (The xx Cover)». Pretty Much Amazing. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  29. «Latin » Tropical » Merengue». AllMusic. Rovi Corporation. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  30. Copsey, Robert (30 de agosto de 2017). «Shakira ft. Dizzee Rascal: 'Loca'». Digital Spy. Hearst Corporation. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  31. a b Kaufman, Spencer (30 de agosto de 2017). «Shakira, 'Rabiosa' Feat. Pitbull - Song Review». PopCrush. Townsquare Media. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  32. «Sale El Sol out today!». Shakira.com (Archive). 1 de agosto de 2017. Consultado em 1 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 1 de agosto de 2017 
  33. «Sale el Sol». iTunes. Apple Inc. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  34. O'Brien, Jon. «Sale el Sol - Shakira». Allmusic. Rovi Corporation. Consultado em 1 de setembro de 2017 
  35. «Loca (feat. El Cata) - Single». iTunes Store. Apple Inc. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  36. «Loca (English Version) (feat. Dizzee Rascal) - Single». iTunes Store. Apple Inc. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  37. «Download Single Top 50» (em French). French Charts. Hung Medien. 1 de agosto de 2017. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  38. «Shakira feat. Dizzee Rascal- Loca (Song)». Italian Charts. Hung Medien. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  39. «Shakira feat. El Cata- Loca (Song)». Spanish Charts. Hung Medien. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  40. a b «Shakira feat. El Cata- Loca» (em German). Swiss Charts. Hung Medien. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  41. «Shakira- Chart History». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  42. a b c d e «Shakira- Chart History». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  43. a b c d e «Shakira- Chart History». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  44. a b c «Shakira- Chart History». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  45. «Certificaciones 2012» (em Spanish). Certificados Musicales AMPROFON]]. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  46. a b c «Top 50 Canciones Anual 2011» (PDF). Productores de Música de España. Cópia arquivada (PDF) em 1 de agosto de 2017 
  47. «Shakira obtiene Disco de Platino en México por nuevo disco» (em Spanish). Notimex. 1 de agosto de 2017. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  48. a b «Certificazioni» (em Italian). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 1 de agosto de 2017. Arquivado do original em 1 de agosto de 2017 
  49. «New year, new single, new artwork!». Shakira.com (Archive). 1 de agosto de 2017. Consultado em 1 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 1 de agosto de 2017 
  50. «Shakira en la cima de las listas de México». Esmas.com. Televisa. 1 de agosto de 2017. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  51. «Shakira - Sale el Sol (Song)». Spanish Charts. Hung Medien. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  52. «Certificaciones 2011». AMPROFON. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  53. a b c «Jaume De Laiguana». IMVDb. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  54. Daw, Robbie (1 de agosto de 2017). «Preview Shakira's Sunny "Sale El Sol" Video». Idolator. Buzz Media. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  55. a b Simpson, Dave (1 de setembro de 2017). «Shakira – review». The Guardian. Guardian Media Group. Consultado em 1 de setembro de 2017 
  56. «Rabiosa (feat. El Cata) - Single». iTunes Store. Apple Inc. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  57. «Rabiosa (feat. Pitbull) - Single». iTunes Store. Apple Inc. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  58. «Shakira feat. Pitbull- Rabiosa (Song)». Spanish Charts. Hung Medien. Consultado em 1 de setembro de 2017 
  59. «Shakira feat. Pitbull- Rabiosa (Song)» (em German). Austrian Charts. Hung Medien. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  60. «Shakira feat. Pitbull- Rabiosa» (em Dutch). Ultratop (Flanders). Hung Medien. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  61. «Shakira feat. Pitbull- Rabiosa» (em French). Ultratop (Wallonia). Hung Medien. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  62. «Shakira feat. Pitbull- Rabiosa (Song)». Italian Charts. Hung Medien. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  63. «Certificaciones 2012» (em Spanish). Certificados Musicales AMPROFON. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  64. Bain, Becky (1 de agosto de 2017). «Shakira Goes Wild (And Brunette) in "Rabiosa" Video». Idolator. Buzz Media. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  65. «Antes de las Seis - Single». iTunes Store. Apple Inc. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  66. «Top 20 - Lista de Radio» (PDF) (em Spanish). Productores de Música de España. 2011. Consultado em 1 de agosto de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 1 de agosto de 2017 
  67. «Certificaciones 2013». Certificados Musicales AMPROFON. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  68. «Antes De Las Seis video». Shakira.com (Archive). 1 de agosto de 2017. Consultado em 1 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 1 de agosto de 2017 
  69. «Antes de las Seis to be Shakira's next single». Shakira.com (Archive). 1 de agosto de 2017. Consultado em 1 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 1 de agosto de 2017 
  70. «Addicted to You (Radio Version) - Single». iTunes Store. Apple Inc. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  71. «Certificaciones 2013» (em Spanish). Certificados Musicales AMPROFON. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  72. «Top 5 airplay» (em Polish). Związek Producentów Audio Video (ZPAV). Consultado em 1 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de agosto de 2017 
  73. Bustos, Kristina (1 de agosto de 2017). «Shakira unveils music video for new single 'Addicted To You'». Digital Spy. Hearst Corporation. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  74. Villa, Lucas J (1 de agosto de 2017). «Shakira premieres new video for 'Addicted to You' (video)». TheCelebrityCafe.com. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  75. «Global tour announced- kicking off in America!». Shakira.com (Archive). 1 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2017 
  76. España, Valentina (1 de setembro de 2017). «Shakira Announces World Tour Dates». Terra Networks. Telefónica. Consultado em 1 de setembro de 2017 
  77. a b «Four more shows announced!». Shakira.com (Archive). 1 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2017 
  78. «Orlando show announced». Shakira.com (Archive). 1 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2017 
  79. «Second El Paso show announced». Shakira.com (Archive). 1 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2017 
  80. «Santa Barbara show announced». Shakira.com (Archive). 1 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2017 
  81. «Special Monreal preview show announced». Shakira.com (Archive). 1 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2017 
  82. «Shakira announces European tour!». Shakira.com (Archive). 1 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2017 
  83. «Shakira's "Sale El Sol" and New European tour dates». MTV. Viacom Media Networks. 1 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017 
  84. «Shakira announces autumn European tour dates». The Independent. Independent Print Limited. 1 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017 
  85. «Sun Comes Out tour extended into 2011». Shakira.com (Archive). 1 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2017 
  86. «European tour update- Russian shows added». Shakira.com (Archive). 1 de setembro de 2017 
  87. «Latin America tour announced». Shakira.com (Archive). 1 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2017 
  88. «Average setlist for tour: The Sun Comes Out World Tour». Setlist.fm. Consultado em 1 de setembro de 2017 
  89. a b Betancourt, Isabel (1 de setembro de 2017). «Shakira's The "Sun Comes Out" Tour Shinned on Florida Fans Saturday». TheCelebrityCafe.com. Consultado em 1 de setembro de 2017. Arquivado do original em 1 de setembro de 2017 
  90. «Loyalkaspar Creates Visuals For Shakira's Sale El Sol World Tour». CG Today. Cinimatiq Filmserves. 28 de agosto de 2017. Consultado em 28 de agosto de 2017 
  91. Moss, Rebecca (28 de agosto de 2017). «Best looks: Shakira». Elle. Hearst Magazines UK. Consultado em 28 de agosto de 2017 
  92. Mathews, Terry (28 de agosto de 2017). «Shakira lights up American Airlines Center with Sale El Sol tour». The Sulphur Springs News-Telegram. Echo Publishing Company. Consultado em 28 de agosto de 2017 
  93. «Top 50 North American Tours» (PDF). Pollstar. Consultado em 1 de setembro de 2017 
  94. a b «Top 25 Worldwide Tours» (PDF). Pollstar. Consultado em 1 de setembro de 2017. Arquivado do original (PDF) em 1 de setembro de 2017 
  95. Erlewine, Stephen Thomas. «Live from Paris- Shakira». AllMusic. Rovi Corporation. Consultado em 1 de setembro de 2017 
  96. a b «Sale el Sol - Shakira». Metacritic. CBS Interactive. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  97. a b Wood, Mikael (30 de agosto de 2017). «Sale el Sol (2010)». Entertainment Weekly. Time Inc. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  98. Rosen, Jody (30 de agosto de 2017). «Sale el Sol». Rolling Stone. Warren Publishing. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  99. a b Toombs, Mikel (30 de agosto de 2017). «CD Review: Shakira's new album, 'Sale el Sol': 'I'm crazy but you like it'». Seattle Post-Intelligencer. Hearst Corporation. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  100. a b Schaffer, Jennifer (30 de agosto de 2017). «Review: Shakira's 'Sale el Sol'». The Stanford Daily. The Stanford Daily Corporation. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  101. a b Stewart, Allison (30 de agosto de 2017). «Album review: Shakira, "Sale el Sol"». The Washington Post. The Washington Post Company. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  102. Quintana, Carlos. «Shakira - 'Sale El Sol' CD Review». About.com. IAC (company). Consultado em 30 de agosto de 2017 
  103. Morgante, Michelle (30 de agosto de 2017). «Review: Shakira strips it down on 'Sale El Sol'». Boston.com. Boston Globe Electronic Publishing Inc. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  104. Reed, James (30 de agosto de 2017). «Shakira, 'Sale el Sol'». The Boston Globe. The New York Times Company. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  105. «Shakira plans November release for 'Sale El Sol'». Independent. Consultado em 22 de Outubro de 2010 
  106. «Shakira covers The xx at Glastonbury festival». NME. Consultado em 14 de Outubro de 2010 
  107. «Shakira Performs 'Loca' On Letterman». Terra. Consultado em 13 de Outubro de 2010 
  108. «Shakira perfoms 'Loca' on Dancing with the Stars Results Show' (Video)». Examiner.com. Consultado em 23 de Outubro de 2010 
  109. «NBC TODAY Show - Shakira Shakes It up With 'Sale El Sol'». Zimbio.com. Consultado em 23 de Outubro de 2010 
  110. «Shakira Teaches George 'The Loca'». Lopez Tonight Official Blog. Consultado em 23 de Outubro de 2010 
  111. «EMA 2010: MTV confirma apresentações de Shakira e do rapper Plan B». Portal POPLine. Consultado em 23 de Outubro de 2010 
  112. «01.10.10 Auftritt beim "X Factor"-Finale am 9. November». Sonymusic.de. Consultado em 23 de Outubro de 2010 
  113. «Shakira- Sale el Sol (Album)» (em German). Austrian Charts. Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  114. «Gold & Platin» (em German). International Federation of the Phonographic Industry– Austria. Consultado em 30 de agosto de 2017. Arquivado do original em 30 de agosto de 2017 
  115. a b «Shakira- Sale el Sol» (em Dutch). Ultratop. Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  116. «200 Albums» (em French). Ultratop. Hung Medien. 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  117. a b «Shakira- Sale el Sol» (em French). Ultratop. Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  118. «Les Disques d'Or/De Platine- Albums- 2011» (em French). Ultratop. Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  119. «Top Albums: Shakira prend la tête!» [Shakira takes the lead!]. Pure Charts (em French). 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  120. «Shakira- Sale el Sol (Album)» (em French). Les Charts. Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  121. «Bilan du marché du disque en France : ventes, chiffres et évolution». PureMédias (em French). 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  122. «Quels sont les tops musicaux de l'année 2011». PureMedias (em French). 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  123. a b «Classement Albums - année 2011» (em French). Syndicat National de l'Édition Phonographique. 2011. Consultado em 30 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2017 
  124. «Les Certifications - Albums» (em French). SNEP. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  125. «Shakira Sale el Sol» (em German). Musicline. Phononet. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  126. «Gold-/Platin-Datenbank» (em German). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 30 de agosto de 2017. Arquivado do original em 30 de agosto de 2017 
  127. «Archívum " Kereső - előadó/cím szerint» (em Hungarian). MAHASZ. Consultado em 30 de agosto de 2017. Arquivado do original em 30 de agosto de 2017 
  128. a b c «Shakira- Sale el Sol (Album)». Italian Charts. Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  129. «Archivio» (em Italian). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 30 de agosto de 2017. Arquivado do original em 30 de agosto de 2017 
  130. a b «Shakira- Sale el Sol (Album)». Portuguese Charts. Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  131. «Artists Top 30 Week 19 2011». A&E. Consultado em 30 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 18 de maio de 2011 
  132. a b «Shakira- Sale el Sol (Album)». Spanish Charts. Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  133. a b «Top 50 Albums 2011» (PDF) (em Spanish). Productores de Música de España. Cópia arquivada (PDF) em 30 de agosto de 2017 
  134. a b «Albums Top 100». Swiss Charts. Hung Medien. 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  135. «Awards 2011» (em German). Swiss Charts. Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  136. «Sale El Sol Disco De Diamante En Colombia y Disco De Platino En Vzla» (em Spanish). Rumberos.net. 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017. Arquivado do original em 30 de agosto de 2017 
  137. a b «Shakira – Sale el Sol (Album)». Mexican Charts. Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017. Arquivado do original em 30 de agosto de 2017 
  138. «Certificaciones 2010» (em Spanish). AMPROFON. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  139. «Shakira- Chart History». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  140. «Billboard 200: Nov 06, 2010 - Billboard Chart Archive». Billboard. Prometheus Global Media. 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  141. a b «Shakira- Chart History». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  142. a b c Cobo, Leila (30 de agosto de 2017). Beyond Physical. [S.l.]: Billboard. p. 74. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  143. Aguilar, Justino (30 de agosto de 2017). «Shakira Is Latin Grammy Person of the Year». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  144. «Shakira- Chart History». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  145. «Credits - Sale El Sol». Allmusic. Consultado em 22 de Outubro de 2010 
  146. «Amazon.co.jp: ザ・サン・カムズ・アウト: Shakira: デジタルミュージック». Amazon.com, Inc. Consultado em 12 de novembro de 2014 
  147. «Shakira – Sale El Sol» (JPEG). Sony Music Colombia 
  148. «iTunes - Music - Sale El Sol by Shakira». iTunes Store (US). Apple Inc. Consultado em 12 de novembro de 2014 
  149. «iTunes - Music - Shakira adlı sanatçının Sale el Sol albümü». iTunes Store (TR). Apple Inc. Consultado em 12 de novembro de 2014 
  150. «Sale El Sol: Amazon.de: Musik». Amazon.com, Inc. Consultado em 12 de novembro de 2014 
  151. «Shakira - Sale El Sol (Pre-Order)». iTunes. Consultado em 17 de Outubro de 2010 
  152. «Sale El Sol【CD】-Shakira». HMV. Consultado em 7 de Setembro de 2010 
  153. «Shakira discography in Austriancharts». Austrian Charts. Consultado em 27 de Outubro de 2010 
  154. a b c d e «Shakira — Sale El Sol». Ultratop. Consultado em 22 de Outubro de 2010 
  155. «Canadian Albums». Billboard. Consultado em 28 de Outubro de 2010 
  156. «Czech Albums Chart:- Week 42». IFPI.CZ. Consultado em 27 de Outubro de 2010 
  157. «Danish Albums Chart:- Week 42». IFPI. Consultado em 30 de Outubro de 2010 
  158. «Shakira — The Sun Comes Out». Dutch Chart. Consultado em 22 de Outubro de 2010 
  159. «Kings of Leon, Eminem Rule European Charts». Billboard. Consultado em 29 de outubro de 2010 
  160. «Finnish Albums Chart - Week 43, 2010». IFPI. Consultado em 29 de Outubro de 2010 
  161. «Top Albums : Shakira prend la tête !». Chartsin France. Consultado em 3 de Novembro de 2010 
  162. «Kings of Leon gelingy durchbruch in Deutschland». Media Control. Consultado em 28 de Outubro de 2010 
  163. «Top 50 Ξένων Aλμπουμ - Werk 2010_42». IFPI Greece. Consultado em 26 de Outubro de 2010 
  164. «MAHASZ - Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége». Mahasz. Consultado em 28 de Outubro de 2010 
  165. «Classifica settimanale dal 18/10/2010 al 24/10/2010». FIMI. Consultado em 29 de Outubro de 2010 
  166. «Official List of Charts». FIMI. Consultado em 29 de outubro de 2010 
  167. «Russian charts 41-2010». 2M Online. Consultado em 29 de Outubro de 2010 
  168. «PROMUSICAE - TOP 100 ALBUMES WEEK 42/2010» (PDF). Promusicae. Consultado em 27 de Outubro de 2010 
  169. «Shakira — Sale El Sol». Swedish Charts. Consultado em 22 de Outubro de 2010 
  170. [1]
  171. «Sugarland Tops Kings of Leon on Billboard 200». Billboard. Consultado em 27 de Outubro de 2010 
  172. «Top Latin Albums». Billboard. Consultado em 28 de Outubro de 2010 
  173. «Latin Pop Albums». Billboard. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  174. «Jahreshitparade Alben 2010» (em German). Austrian Charts. Hung Medien. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  175. «Jaaroverzichten 2010» (em Dutch). Ultratop (Flanders). Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  176. «Rapports Annuel 2010» (em French). Ultratop (Wallonia). Hung Medien. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  177. «Classement Albums – année 2010» (em French). Syndicat National de l'Édition Phonographique. 2010. Consultado em 28 de outubro de 2010. Cópia arquivada em 28 de outubro de 2010 
  178. «Összesített album- és válogatáslemez-lista - eladási darabszám alapján - 2010» (em Hungarian). MAHASZ. 2010. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  179. «Top 100 Artisti» (ZIP and PDF) (em Italian). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  180. «Top 100 - annual chart» (em Polish). Związek Producentów Audio Video. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  181. «Top 50 Albums 2010» (PDF) (em Spanish). PROMUSICAE. Consultado em 28 de outubro de 2010. Arquivado do original (PDF) em 28 de outubro de 2010 
  182. «Swiss Year-End Charts 2010» (em German). Swiss Charts. Hung Medien. 2010. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  183. «Latin Albums: Aug 29, 2013- Billboard Chart Archive». Billboard. Prometheus Global Media. 28 de outubro de 2010. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  184. «Latin Pop Albums: Aug 29, 2013- Billboard Chart Archive». Billboard. Prometheus Global Media. 28 de outubro de 2010. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  185. a b «Recording Industry in Numbers (2011)» (PDF). IFPI. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  186. «Jahreshitparade Alben 2011» (em German). Austrian Charts. Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  187. «Jaaroverzichten 2011» (em Dutch). Ultratop (Flanders). Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  188. «Rapports Annuel 2011» (em French). Ultratop (Wallonia). Hung Medien. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  189. «Összesített album- és válogatáslemez-lista - eladási darabszám alapján - 2011» (em Hungarian). MAHASZ. 2011. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  190. «Top 100 Album - Classifica Annuale 2011» (ZIP and PDF) (em Italian). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  191. «Swiss Year-End Charts 2011» (em German). Swiss Charts. Hung Medien. 2011. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  192. «Latin Albums: Aug 30, 2013- Billboard Chart Archive». Billboard. Prometheus Global Media. 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  193. «Latin Pop Albums: Sep 01, 2013- Billboard Chart Archive». Billboard. Prometheus Global Media. 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  194. «Shakira- Chart History». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  195. «Latin Pop Albums: Sep 01, 2013- Billboard Chart Archive». Billboard. Prometheus Global Media. 30 de agosto de 2017. Consultado em 30 de agosto de 2017 
  196. «Gold-/Platin-Datenbank (Shakira; 'Sale El Sol')» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie 
  197. «Mas de cien mil personas disfrutaron en vivo de Shakira en Argentina.». ElComercioOnline.com.ar. Consultado em 23 de abril de 2017 
  198. «Certificações (Áustria) (álbum) – Shakira – Sale El Sol» (em alemão). Federação Internacional da Indústria Fonográfica (Áustria)  Introduza Shakira no campo Interpret. Introduza Sale El Sol no campo Titel. Seleccione álbum no campo Format. Clique Suchen.
  199. «Ultratop − Goud en Platina - 2011» (em inglês). Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch 
  200. «Shakira - El Dorado». Livraria Saraiva. Consultado em 22 de maio de 2017 
  201. Vergara, Claudio (16 de dezembro de 2011). «Reggaeton, baladas y escasa presencia de chilenos marcan los gustos radiales de 2011» (PDF) (em Spanish). Papel Digital. Grupo Copesa. Consultado em 1 de setembro de 2013 
  202. «"Sale el sol" está a la venta en todo el país». Epic. Consultado em 21 de Outubro de 2010 
  203. «Certificações (Espanha) (álbum)» (PDF) (em espanhol). Productores de Música de España 
  204. «Certificações (França) (álbum)» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique 
  205. «SHAKIRA 'The Sun Comes Out». Sony Music Greece. Consultado em 23 de Outubro de 2010 
  206. «Adatbázis – Arany- és platinalemezek – 2011» (em húngaro). Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége 
  207. «Certificações (Itália) (álbum) – Shakira» (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana 
  208. «Shakira consigue Disco de Platino en México en menos de un mes». Terra. Consultado em 17 de Novembro de 2010 
  209. «Certificações (Polónia) (álbum)» (em polaco). Związek Producentów Audio Video 
  210. «Artists Top 30 Week 19 2011». A&E. Consultado em 23 de abril de 2017. Cópia arquivada em 18 de maio de 2011 
  211. «Certificações (Rússia)» (em russo). National Federation of Phonogram Producers (NFPF) 
  212. «Guld- och Platinacertifikat − År 2011» (PDF) (em sueco). Federação Internacional da Indústria Fonográfica (Suécia) 
  213. «The Official Swiss Charts and Music Community: Awards ('Sale El Sol')» (em inglês). Hung Medien 
  214. «"Sale El Sol" de Shakira gana disco de platino en Venezuela». Sinflash. Consultado em 17 de Novembro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Shakira é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.