Elias Fausto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o político brasileiro, veja Elias Fausto Pacheco Jordão.
Elias Fausto
  Município do Brasil  
Vista parcial da cidade
Vista parcial da cidade
Símbolos
Bandeira de Elias Fausto
Bandeira
Brasão de armas de Elias Fausto
Brasão de armas
Hino
Lema Deo Juvante
"Com a ajuda de Deus"
Gentílico elias-faustense
Localização
Localização de Elias Fausto em São Paulo
Localização de Elias Fausto em São Paulo
Elias Fausto está localizado em: Brasil
Elias Fausto
Localização de Elias Fausto no Brasil
Mapa de Elias Fausto
Coordenadas 23° 02' 34" S 47° 22' 26" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Região intermediária[1] Campinas
Região imediata[1] Campinas
Região metropolitana Piracicaba
Municípios limítrofes Indaiatuba, Capivari, Monte Mor, Salto, Itu e Porto Feliz.[2]
Distância até a capital 131 km[1]
História
Fundação 30 de novembro de 1944 (75 anos)
Administração
Prefeito(a) Maurício Baroni Bernardinetti (PMDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [3] 201,471 km²
População total (Censo IBGE/2010[4]) 15 796 hab.
Densidade 78,4 hab./km²
Clima Não disponível
Altitude 605 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [5]) 0,768 alto
PIB (IBGE/2008[6]) R$ 422 318,237 mil
PIB per capita (IBGE/2008[6]) R$ 27 798,73
www.eliasfausto.sp.gov.br (Prefeitura)

Elias Fausto é um município brasileiro do estado de São Paulo. O município é formado pela sede e pelo distrito de Cardeal[7][8]. Fundada em 30 de novembro de 1944, a cidade faz parte do aglomerado de Piracicaba.

História[editar | editar código-fonte]

Padroeiro: São José

Praças: 1. Tancredo Neves 2. Monsenhor José Machado Couto 3. Monsenhor Jonas Abib 4. Monsenhor Ladera

Fundadores dos bairros:

Parque Balneário Carimã/Casimiro da Silva Carimã Jordão (mais conhecido por Netinho de Elias fausto por ser neto de Elias Fausto Pacheco Jordão) Foi o 1° morador do Carimã e uns dos primeiros médicos.

Tornatore/Gerardo Mario Tornatore (antes o bairro Tornatore era um espaço de sitio ate que seu filho resolveu construir um bairro)

A EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE ELIAS FAUSTO

Em 1943, os moradores de Elias Fausto já pensavam na emancipação do distrito. Com o desenvolvimento e a chegada de algumas indústrias, aliados à fecundidade de suas terras, os elias-faustenses passaram a sonhar com a emancipação para seguir o seu próprio caminho.

Formou-se uma comissão para tratar deste assunto e reuniões aconteceram, como também comícios, viagens para a Capital e contatos com autoridades, e nesse trabalho um nome destacou-se. Foi o de Osvaldo Maluf, comerciante, capitalista, que cedeu horas do seu trabalho por essa causa. Pela sua luta podemos chamá-lo de “Pai do Município”.

A vitória final veio em 30 de novembro de 1944, através do Decreto nº 14.334, assinado pelo interventor do Estado, Dr. Fernando Costa.

Eis como estava formada essa comissão: padre Luiz de Campos – presidente de honra;

'João Guedes Pinto – presidente; Artur Augusto de Morais – vice-presidente; Otávio Pacheco de Lima – primeiro secretário; João Manoel de Almeida – segundo secretário; Henrique Pires de Toledo – primeiro tesoureiro; Francisco de Campos Bicudo – segundo tesoureiro; e Conselho Fiscal: Paulo Pinheiro, Osvaldo Maluf, Henrique Thoni Filho, Pedro Pires de Toledo, Américo Lisoni e Osvaldo Pimentel de Camargo.'No antigo Cine São José, depois Auto Peças Tisiani, e hoje Autopeças Brisque, sessão solene da instalação do município, no instante da fala do padre Luiz de Campos. À mesa, o primeiro prefeito de Elias Fausto, Antônio de Campos Bicudo, monsenhor Luiz Gonzaga de Moura e outras autoridades`.

Fontes :

  1. Elias Fausto, terra de luz e bondade. Baruck ,Messias . 1a edição , 2000.

2. http://eliasfaustonoticias.blogspot.com/2012/04/historia-da-emancipacao-politica-do.html 26/08/2019 ( 16h20)

PREFEITOS DO MUNICÍPIO DE 1944 ATE 2019

Segundo fontes consultadas , Elias Fausto teve como Prefeito Interino , desde a Ata de Emancipação (01 de Janeiro de 1945), até a primeira eleição o Tenente da Força Pública de São Paulo, João Rodrigues Gonçalvez (1944 a 1947).

Após este período os prefeito eleitos foram:

1°) Lupércio Guedes Pinto (1948 a 1951)

2°) Antônio de Campos Bicudo (1952 a 1955)

3°) Thomé Ruffolo (1956 a 1959)

4°) Thomé Ruffolo (1960 a 1963)

5°) Alfredo Barrera (1964 a 1968)

6°) João Guedes Pinto Júnior (1969 a 1972)

7°) Messias Anibal Haddad (1973 a 1975) e José Milani ( 1976)

8°) Afonso Bérgamo (1977 a 1982)

9°) Carlos Ernesto Magnussom (1983 a 1988)

10°) Salvador Bicudo (1989 a 1992)

11°) Carlos Ernesto Magnussom ( 1993 a 1996)

12³) Laércio Betarelli (Dude) (1997 a 2000)

13°) Rui Thoni (2001 a 2004)

14°) Laércio Betarelli (Dude) (2005 a 2008)

15°) Cyro da Silva Maia (2009 a 2012)

16°) Laércio Betarelli (Dude) (2013 a 2015) e Tato Bicudo (2016)

17°) Maurício Baroni Bernardinetti (2017 a 2020)

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 23º02'34" sul e a uma longitude 47º22'26" oeste, estando a uma altitude de 605 metros. Sua população estimada em 2004 era de 15.045 habitantes.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade foi atendida pela Companhia Telefônica Brasileira (CTB) até 1973[9], quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP), que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[10], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[11] para suas operações de telefonia fixa.

Esportes[editar | editar código-fonte]

O futebol é bem difundido no município. A equipe mais conhecida é o Cardeal Futebol Clube, cuja fundação se deu três anos depois da emancipação, em 1947. Além deste, existe o Elias Fausto. Mais novo, criado em 1992.

No atletismo destaca-se Silvano Lima, velocista maratonista. Essa é a história de Silvano Lima Pinto, que hoje em 2019, conta com 39 anos de idade e reside na cidade de Elias Fausto - SP. Casado, com Maria Lúcia do Nascimento há 17 anos, tendo eles Cael do Nascimento Lima Pinto com 13 anos de idade, e Bianca do Nascimento Pedroso com 19 anos de idade.

Silvano Lima Pinto nasce no dia 20 de Novembro de 1980, na pacata cidade de Piripá- BA (12.782 habitantes, de acordo com Senso do IBGE do ano de2010), a mais de 1450 km de distância da cidade de Elias Fausto, onde hoje habita.

Entre os anos de 1985 a 1987 sua mãe Carmelita Maria Pinto, vem para a cidade de Elias Fausto com a filha mais velha, Maria Madalena Limpa Pinto, deixando o pequeno Silvano com sete anos de idade na Bahia aos cuidados de sua avó materna Maria Anita de Jesus, que após um tempo muda-se para o bairro Periperi na capital Salvador (Bahia) a mais de 630 km de distância de Piripá, logo em seguida muda-se para o bairro Jurema, na cidade de Vitória da conquista Bahia numa distância de 130 km de Piripá.

Já em Elias Fausto sua mãe Carmelita Maria Pinto, trabalha nas lavouras de tomate, pimentão e berinjela, aguardando ter condições de buscar seu filho que se encontra com a avó materna no bairro da Mata do Cedro, na cidade de Cristópolis, a 502 km de distância de sua terra natal Piripá.  Enquanto isso o menino Silvano cresce com a avó Maria Anita de Jesus, ajudando nos trabalhos na lavoura de algodão e feijão, bem como na casa de farinha. Correndo pelas ruas de chão batido, e com vontade de ter uma bicicleta, aos poucos aprende a mexer com concerto sozinho, no desejo de montar uma para si.

Em 1990 sua mãe Carmelita, chega ao Povoado Mata do Cedro na cidade de Cristópolis-BA, onde Silvano e sua avó residiam nesse momento, para trazer o filho à cidade de Elias Fausto. Tendo embarcado numa viagem de seis dias e seis noites no ônibus da viação Cometa.

O menino Silvano chega com 10 anos de idade chega a Elias Fausto, para morar com seus irmãos que aqui já estavam, e têm se início de sua história dentro do município de Elias Fausto, que o levaria ao encontro dos sonhos, que quando criança constantemente tinha de estar correndo, sendo hoje um atleta de alto rendimento dentro do atletismo.

Chegando a Elias Fausto, cidade com (população estimada [2018] 17.604 pessoas – fonte cidades.ibge.gov.br). Silvano começa a trabalhar na lavoura de tomate, pimentão e berinjela ajudando seus familiares.  Todos os dias levantando cedo, por volta das 4 horas da manhã fazia o percurso da casa até a lavoura cerca de  15km de distância.

Assim começa a paixão pelo atletismo e sendo motivado por Romeire e Joaquim Mendes, também apaixonados por esporte, participa de sua primeira corrida no município de ELias Fausto , corrida intitulada Salvador Bicudo, e em seguida participa de sua primeira maratona a CORRRIDA DOS BANDEIRANTES  ano de 2001,  completando a prova como tempo de 2 horas e 47 minutos, sendo o 78º septuagésimo oitavo na classificação geral e o 5º quinto colocado na categoria dos 20 aos  3 anos.  Em sua primeira Maratona a CORRIDA DOS BANDEIRANTAS Silvano tem sua colocação como 78º na classificação geral e é o 5º colocado em sua categoria ( dos 20 à 30 anos ) completando a prova no tempo de 2 horas e 47 minutos. Ficando todo machucado e dolorido, Silvano decide que Faria desse esporte sua força pra superar barreiras e obstáculos, e desde lá vem dia após dia, vencendo metas, batendo marcas e seguindo o caminho o qual Deus sempre o mostrou, sendo hoje um exemplo de vida, e de superação.

Com tempo médio de  

13:43 s nos 5km ,

20:39s nos 7km

29:24:10 nos 10 km

1.03.47 nos 21 km

2.20.37 nos 42 km

Sendo recordista brasileiro nos 30 mil metros em pista com tempo de 1.38.47 , e também recordista em pista nos 25 mil metro com tempo de 1.22.39 (até hoje 28-08-2019) Recordes estes que já faziam 30 anos que não eram superados.

Hoje vive em Elias Fausto, com sua família, cuida de sua bicicletaria e permanece representando o município e sua equipe atual pé de vento, liderada pelo Dr. Henrique Viana.

Trecho da narrativa documentário que conta a história de Silvano Lima Pinto, em produção no ano de  2019 . ( A corrida da vida - produzido por Alef Ambrósio. ) Fonte: Narrativa de Silvano Lima

Brasão e bandeira[editar | editar código-fonte]

Brasão do Município de Elias Fausto "Escudo português, cortado. No chefe, em blau, uma águia estendida de prata, voltada para a destra, e sobreposta também a três faixas respectivamente de goles, prata e sable. Em ponta, partida, à dextra duas palmeiras em cor natural em campo de ouro e a sinistra, em campo de sinople uma locomotiva de sable. Unindo os campos, um monte de sable. Coroa mural lavrada, de ouro, malhada de sable. Um ramo de algodão à destra e um feixe de cana à sinistra, em sua cor natural, e assentêa sobre o listel, servem de suporte ao escudo. No listel, de goles, a divisa DEO JUVENTUDE de ouro".

Simbologia do Brasão[editar | editar código-fonte]

O escudo português, tradicionalmente usado no Brasil lembra a nossa tradição lusa. O verde, amarelo e o azul representam as cores oficiais da Pátria Brasileira, reproduzida de sua Bandeira. O preto, prata e vermelho são as cores oficiais da Bandeira Paulista, e entrosadas nas cores brasileiras significam a sua dependência e o seu entrosamento no seio da Pátria Brasileira.

A águia, estendida e voltada para a direita é o símbolo do Poder e Autoridade, e uma homenagem constante dos eliasfaustenses ao Poder Constituído da Pátria. As palmeiras lembram o nome primitivo do povoado, São José das Palmeiras, e a locomotiva lembra, ao mesmo tempo o progresso que adveio ao povoado com a chegada dos trilhos da Estrada de Ferro e também re...

O monte, ligando os campos onde estão as palmeiras e a locomotiva, lembra o nome transitório que teve o povoado conforme está na história do Município: - Em 1875, no km 173 da Estrada de Ferro Sorocabana, Ramal de Piracicaba, foi instalado no Município de Monte Mor a estação do mesmo nome". Os suportes de algodão e cana lembram as tradicionais lavouras de Elias Fausto. A coroa mural de ouro, envolvendo o Brasão, é o símbolo universal de emancipação política municipal.

A divisa DEO JUVANTE, que quer dizer "COM A AJUDA DE DEUS", lembra os propósitos da população do Município de sempre manterem os seus passos e sua vida voltados para o Criador, ao mesmo tempo simboliza os sentimentos religiosos desta população. [12]

Imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 4 de agosto de 2009. Arquivado do original em 1 de agosto de 2012 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico 
  8. «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 
  9. «Relação do patrimônio da CTB incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  10. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  11. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 
  12. «Cópia arquivada». Consultado em 25 de março de 2015. Arquivado do original em 22 de outubro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Elias Fausto
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.