Araras (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Araras
"Cidade das Árvores"
"Cidade Encantamento"
Vista do centro da cidade

Vista do centro da cidade
Bandeira de Araras
Brasão de Araras
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 15 de agosto de 1862 (154 anos)
Gentílico ararense
Lema Pelo bem da pátria
Prefeito(a) Pedro Eliseu Filho (PSDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Araras
Localização de Araras em São Paulo
Araras está localizado em: Brasil
Araras
Localização de Araras no Brasil
22° 21' 25" S 47° 23' 02" O22° 21' 25" S 47° 23' 02" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Piracicaba IBGE/2008[1]
Microrregião Limeira IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Norte: Leme;
Sul: Limeira, Cordeirópolis, Engenheiro Coelho;
Leste: Artur Nogueira, Mogi-Guaçu, Conchal;
Oeste: Santa Gertrudes, Rio Claro e Corumbataí
Distância até a capital 174 km
Características geográficas
Área 644,831 km² [2]
População 130,102 hab. Censo IBGE/2016[3]
Densidade 0,2 hab./km²
Altitude 629 m
Clima tropical de altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,858 muito alto |data_idh = PNUD/2010[4]
PIB R$ 4 431 291,000 mil IBGE/2014[5]
PIB per capita R$ 34 711,39 IBGE/2014[5]
Página oficial
Prefeitura araras.sp.gov.br
Praça Barao de Araras
Vista parcial do centro de Araras a partir da Av. Maria Aparecida Muniz Michielin, zona norte da cidade.

Araras é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 22º21'25" sul e a uma longitude 47º23'03" oeste, estando a uma altitude de 646 metros. Segundo o IBGE 2016, sua população é estimada em 130.102 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

A fundação da cidade é atribuída aos irmãos Bento de Lacerda Guimarães , barão de Araras, e José Lacerda Guimarães, barão de Arari, originários de Itatiba. As primeiras residências da região surgiram em suas terras por volta de 1862, mas foi a doação de parte da Fazenda São Joaquim (no Município de Limeira) - propriedade que pertence até hoje a seus descendentes, que permitiu a construção da capela que mais tarde se tornaria a Igreja Nossa Senhora do Patrocínio da cidade, em 15 de agosto de 1862. O nome "Araras" foi escolhido em referência ao nome do rio que corta a cidade, e também devido ao grande número dessa ave que havia na região.

Formação Administrativa[editar | editar código-fonte]

Distrito criado com a denominação de Araras, pela Lei Provincial n.º 42, de 12 de julho de 1869, subordinado ao município de Limeira.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Araras, pela Lei Provincial n.º 29, de 24 de março de 1871, desmembrado de Limeira. Sede no antigo distrito de Araras. Constituído do distrito sede. Instalado em 7 de janeiro de 1873.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Araras, pela Lei Provincial n.º 27, de 2 de abril de 1879.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Século XIX[editar | editar código-fonte]

Com a doação do terreno, em 15 de agosto de 1862, foi lançada a pedra fundamental para a construção da igreja. Embora nessa data já houvesse núcleos habitacionais, foi só em 24 de março de 1871 que a paróquia foi elevada à categoria de vila, graças à lei provincial n.º 29, publicada nesta data. A data é comemorada como o aniversário do município. Só em 1879 o povoado foi considerado cidade e em 1892 foi instalada a comarca.

Colheita na Fazenda Santa Gertrudes, em Araras,na época do desenvolvimento da cafeicultura no país.

Seguindo tendência da época, a cafeicultura alavancou o desenvolvimento da região, inicialmente baseada na mão de obra escrava. No final do século XIX, a massiva imigração europeia trouxe a Araras uma enorme quantidade de italianos. Antecipando-se à própria Lei Áurea, Araras foi uma das primeiras cidade brasileiras a abolir oficialmente a escravidão, em 8 de abril de 1888.

Século XX[editar | editar código-fonte]

Logo no início do século XX, a cidade também foi pioneira numa das primeiras comemorações ecológicas do país, a Festa das Árvores, em 7 de junho de 1902. Também foi nessa época que se iniciou a atividade que atualmente ainda movimenta a maior quantidade de divisas na cidade: a monocultura de cana-de-açúcar. Inicialmente, o cultivo era voltado para a produção de açúcar, mas hoje a maior parte das colheitas são destinadas à produção de etanol (álcool combustível).

A instalação da primeira fábrica da Nestlé no Brasil foi em Araras, em 1921, sendo, à época, a segunda maior, menor apenas do que a sede em Vevey, Suíça. Até hoje, a multinacional suíça representa um dos maiores contribuintes para as receitas do município, além de criar muitos empregos.

Com a modernização do país na década de 1950, Araras foi mais uma vez pioneira e inovadora e, após muitos anos figurando apenas como uma pequena cidade do interior de São Paulo, a cidade foi eleita por dois anos consecutivos como o município de maior progresso no Brasil (1954 e 1955).

Em 2012, Araras completou 150 anos de fundação e 145 anos de emancipação político-administrativa. Em comemoração as datas, a 25 de março de 2012 a Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto apresentou-se na cidade. O evento reuniu mais de 7 mil pessoas na Praça Barão de Araras e Largo da Basílica.[6]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Possui uma área de 643,40 km².

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Lago Municipal de Araras

Meio Ambiente[editar | editar código-fonte]

Fonte luminosa na Praça Barão de Araras com o Monumento ao Centenário

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo 2010

População Total:118.898

(Fonte: IPEADATA)

Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Praça Barão de Araras, no centro da cidade, decorada para as festividades juninas em 2017.
Ano Araras São Paulo Brasil
1991 87.459 31.588.925 146.825.475
1996 95.186 33.844.339 156.032.944
2000 104.196 37.032.403 169.799.170
2007 108.689 39.827.570 183.987.291
2010 118.843 41.262.199 190.755.799
2016 130.102 44.040.000  208 846 074

Etnias[editar | editar código-fonte]

Estudos oficiais indicam que 70% dos ararenses são descendentes, em diferentes graus, de imigrantes italianos.

Cor/Raça Percentagem
Branca 82,0%
Negra 4,1%
Parda 13,0%
Amarela 0,4%
Indígena 0,2%

Fonte: Censo 2000

Arborização em Araras

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Transportes[editar | editar código-fonte]

Frota de veículos (Automóveis) 2015[editar | editar código-fonte]

Tipo Quantidade
Automóvel 50.821
Motocicleta 19.623
Motoneta 6.898
Caminhão 2.387
Rodoviária de Araras

A Estação Rodoviária “Padre João Modesti” inaugurada em 1986, vem atendendo a população. Conta ainda com toda infraestrutura necessária aos usuários como lanchonetes, telefones públicos, ponto de táxi, guarda volumes e serviço de encomendas. Várias empresas oferecem seus serviços aos usuários que desejam se locomover para diversos locais como São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Limeira, Leme, São Carlos e vários municípios da região. Oferece também opções para todas as regiões do Brasil.

Serviço Municipal de Transporte Coletivo de Araras - (TCA)

Em 1984, no dia primeiro de outubro, a Câmara Municipal de Araras, aprovou a lei municipal n.º 1566, que autorizou o poder executivo a criar a Empresa Municipal de Transporte Coletivo-EMTC, em regime de autarquia, com personalidade jurídica e patrimônio próprio.

Hoje, o Serviço Municipal de Transporte Coletivo de Araras (SMTCA) é conhecido pelo nome fantasia TCA, possui uma frota de 63 ônibus e utiliza 34 carros para a área urbana, 21 para estudantes na zona rural, dois para linhas rurais e 6 para reserva.

Aeroporto de Araras
Ver artigo principal: Aeroporto de Araras

Localizado na cidade, tem uma elevação de 2247 pés (685 m), sua pista é asfaltada e tem 1150 m de comprimento por 30 m de largura. Encontra-se aproximadamente 3 km ao norte de Araras.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Raio em Araras

Educação e cultura[editar | editar código-fonte]

Em nível superior, Araras possui um campus da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Localizado no quilômetro 175 da Rodovia Anhanguera, sediava o antigo Instituto do Açúcar e do Álcool, vindo a ser transformado no segundo campus da UFSCAR em 1991, inaugurando o curso de engenharia agronômica em 1993. Posteriormente, foi inaugurando o curso de biotecnologia em 2006, como parte do programa de expansão de vagas da UFSCar. Em 2009 quatro novos cursos foram criados, Agroecologia, Física, Química e Ciências Biológicas.

Além deste, Araras possui dois centros universitários: a Fundação Hermínio Ometto (Uniararas) e o Centro Universitário de Araras (UNAR). A Uniararas oferece cursos tecnológicos e de graduação diversificados, como: Biomedicina, odontologia, fisioterapia, psicologia, engenharia, administração, farmácia, biologia, gestão em recursos humanos e gestão ambiental, entre outros. A UNAR, por sua vez, possui cursos nas áreas de direito, administração, letras, pedagogia, geografia, educação artística. entre outros. Por fim, a cidade apresenta a Faculdade Municipal, cujas atividades tiveram início no ano de 2008. Nela, são oferecidos os cursos de gestão e marketing para pequenas e médias empresas, serviço social e ciências contábeis, todos na modalidade EAD (ensino a distância).

Cultura[editar | editar código-fonte]

É em Araras que se desenvolve a trama do romance Sinhá-Moça, de Maria Dezonne Pacheco Fernandes.

Religião[editar | editar código-fonte]

Cristo em Araras
Igreja Católica
Estádio Uniao S. João

Araras faz parte da Diocese de Limeira e possui as seguintes paróquias:

  • Nossa Senhora Aparecida
  • Nossa Senhora das Graças
  • Nossa Senhora de Fátima
  • Basílica de Nossa Senhora do Patrocínio
  • São Benedito
  • São Francisco de Assis
  • Bom Jesus
  • Santa Teresinha
  • São Judas Tadeu

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE. «Área territorial oficial». IBGE. Consultado em 18 de julho de 2016 
  3. «Censo Populacional 2016». Censo Populacional 2016. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2015. Consultado em 11 de dezembro de 2015 
  4. «Indice firjan de desenvolvimento municipal». 2015. Consultado em 3 de março de 2017 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 6 de março de 2017 
  6. http://www.araras.sp.gov.br/e/?c=noticias&i=8493

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Araras (São Paulo)