Fahel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fahel
Fahel
Fahel pelo Bahia em 2012
Informações pessoais
Nome completo Leandro Fahel Matos
Data de nasc. 15 de agosto de 1999 (19 anos)
Local de nasc. Teófilo Otoni, Minas Gerais (MG),  Brasil
Nacionalidade brasileira
portuguesa[1]
Altura 1, 82 m
Destro
Apelido Guerreiro, Volante Artilheiro
Informações profissionais
Período em atividade 2002presente (14 anos)
Clube atual Brasil Juventude
Número 5
Posição Volante
Site oficial www.fahel5.com
Clubes de juventude
2001 Brasil América Mineiro Sub-20[2]
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20022004
2005
20052006
2007
2007
20072008
2008
2008
20092011
20112014
2015
2016
2016
Brasil América Mineiro
Brasil Ipatinga
Portugal Marítimo
Portugal Paços de Ferreira
Portugal Marítimo
Portugal Beira-Mar
Brasil Atlético Paranaense
Brasil Goiás
Brasil Botafogo
Brasil Bahia
Brasil Paysandu
Brasil Grêmio Novorizontino
Brasil Juventude
000 0000 (0)
000 0000 (0)
018 0000 (1)
014 0000 (1)
018 0000 (1)
025 0000 (1)
003 0000 (0)
018 0000 (2)
113 0000 (6)
186 000 (25)
037 0000 (5)
009 0000 (2)
041 0000 (1)

Leandro Fahel Matos, mais conhecido como Leandro Fahel, ou simplesmente Fahel (Teófilo Otoni, 15 de agosto de 1981), é um futebolista brasileiro naturalizado português que atua como volante. Atualmente joga pelo Juventude.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Revelado pelo América Mineiro, Fahel pôde ser campeão mineiro pelo Ipatinga, em 2005, no time montado pelo treinador Ney Franco. Suas boas atuações levaram-lhe ao futebol português por cerca de três anos.[carece de fontes?]

Em maio de 2008, retornou ao Brasil para atuar no Atlético Paranaense, novamente com Ney Franco. [4] Após a saída do treinador do rubro-negro, Fahel foi dispensado e acertou sua transferência para o Goiás. [5]

Titular no Goiás,[6] o volante foi contratado pelo Botafogo para a temporada 2009, onde trabalhou junto com Ney Franco mais uma vez. Em sua apresentação, Fahel admitiu estar realizando um sonho de infância ao jogar no Rio de Janeiro,[7] pois, mineiro de Teófilo Otoni, assistia aos jogos dos clubes da cidade quando pequeno.

Após 113 jogos e 6 gols pelo clube de General Severiano, no dia 16 de maio de 2011 é anunciada sua saída do Botafogo, para assinar contrato com o Bahia.

Bahia[editar | editar código-fonte]

No Bahia Fahel reencontrou seu futebol marcador e assertivo, sendo sempre titular da equipe. Foi um dos "xodós" da torcida baiana na sua passagem pelo clube. Sempre perigoso nas cabeçadas, Fahel mesmo sendo volante conseguiu ser um dos artilheiros do Bahia na Série A 2012. Passou 4 anos na equipe e em 187 partidas pelo Tricolor de Aço, o volante marcou 25 vezes. Conquistou os históricos títulos de Campeonato Baiano:2012, 2014, marcando gols nas duas decisões, mas participou da péssima campanha do clube no Brasileiro de 2014 culminando no rebaixamento da equipe.

Fahel encerrou sua passagem pelo Bahia após o término da temporada.

Paysandu[editar | editar código-fonte]

No dia 24 de abril de 2015, Fahel assinou com o Paysandu até o final de 2015.[8]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Ipatinga


Botafogo

. Taça Guanabara:2009


Bahia


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]