Anderson Talisca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Anderson Talisca
Informações pessoais
Nome completo Anderson Souza Conceição
Data de nasc. 1 de fevereiro de 1994 (22 anos)
Local de nasc. Feira de Santana (BA),  Brasil
Nacionalidade  brasileira
Altura 1,91 m
Canhoto
Apelido Talisca[1]
Informações profissionais
Período em atividade 2013presente (4 anos)
Clube atual Turquia Beşiktaş
Número 94
Posição Meia-atacante
Site oficial Anderson Talisca Facebook
Clubes de juventude

2007–2008
2009–2013
Brasil Astro
Brasil Vasco da Gama
Brasil Bahia
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2013–2014
2014–
2016–
Brasil Bahia
Portugal Benfica
Turquia Beşiktaş (emp.)
0068 000(11)
0078 000(20)
0002 0000(1)
Seleção nacional3
2013–2014
2014
2014
2015
Brasil Brasil Sub-20
Brasil Brasil Sub-21
Brasil Brasil
Brasil Brasil Sub-23
0002 0000(0)
0002 0000(0)
0000 0000(0)
0004 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 13 de setembro de 2016.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 13 de setembro de 2016.

Anderson Souza Conceição, mais conhecido como Anderson Talisca (Feira de Santana, 1 de fevereiro de 1994), é um futebolista brasileiro que joga como meia-atacante.[1] Atualmente defende o Besiktas, emprestado pelo Benfica.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Bahia[editar | editar código-fonte]

2013[editar | editar código-fonte]

Formado nas categorias de base do Bahia, onde chegou em 2009 (nessa época que ganhou o apelido "talisca"). Fez sua estreia como profissional com apenas 18 anos, pelo Campeonato do Nordeste no dia 19 de janeiro de 2013 contra o Itabaiana, partida que terminou 3 a 2 para o Tricolor baiano. Marcou seu primeiro gol na partida contra o Juazeiro em jogo válido pelas semifinais do Campeonato Baiano no mesmo ano. Estreou pelo Campeonato Brasileiro contra Corinthians em 7 de julho de 2013, partida vencida pelo time do Parque São Jorge por 2 a 0, e marcou seu primeiro gol no Brasileirão na partida contra o São Paulo no Estádio do Morumbi, o jogo terminaria 2 a 1 pra o tricolor de aço. Em 1 de dezembro Talisca marca diante do Cruzeiro, em pleno Mineirão, pelo penúltima rodada do Brasileirão aos 44 minutos do segundo tempo o segundo gol na vitória do Bahia por 2 a 1, gol esse que garantiu o time na primeira divisão e foi a primeira vez que o tricolor venceu a raposa no Mineirão pelo Campeonato Brasileiro em 21 partidas disputadas, e ainda carimbou a faixa do time de Minas que tinha recebido a taça de campeão brasileiro de 2013.

2014[editar | editar código-fonte]

Em 2014, Talisca desempenhou um futebol acima da média, sendo destaque não só na mídia baiana, como também na mídia nacional. Talisca se tornou referência para cobranças de falta, e chutes de fora da área. Foi eleito craque do Campeonato Baiano de 2014, torneio que o Bahia sagrou-se campeão pela 45ª vez. Nele, Talisca se firmou como craque do time ao ser decisivo em jogos como o triunfo de virada contra o Vitória da Conquista, na cidade homônima, com 2 belos gols de falta, e também os dois jogos finais do torneio, onde ele fez um dos gols do triunfo na Arena Fonte Nova, e fez grande exibição no segundo jogo, garantindo o título ao Bahia.

No Campeonato Brasileiro de 2014, Anderson Talisca começou bem: até a pausa para a Copa do Mundo, ele foi o jogador que mais finalizou a gol no torneio, e marcou gols importantes, como o de um empate, de falta, contra o Flamengo, nos acréscimos, fora de casa. Com esse grande futebol, e o Bahia cada vez mais evidente na mídia nacional e internacional, Talisca despertou o interesse de clubes europeus, como a Udinese, da Itália, Standard Liège, da Bélgica, e Arsenal, da Inglaterra. Não ia demorar muito: Talisca definitivamente ia deixar o Bahia.

Todos os gols de Anderson Talisca pelo Bahia:

Benfica[editar | editar código-fonte]

2014-15[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2014, Anderson foi vendido para ao Benfica, de Portugal, o vencedor da disputa pelo atleta, desembolsando o valor de 4 milhões, cerca de R$ 12,04 milhões.[3]. Em 18 de julho, Talisca marcou seu primeiro gol pelo Benfica em sua estreia, jogo valido pela semifinal da Taça de Honra (1 a 0) contra Estoril. Na final, contra o Sporting, a equipe de Talisca perdeu por 1 a 0. O jogador recebeu o prêmio de melhor jogador do torneio. Sendo destaque na pré-temporada, Anderson Talisca virou titular do time de Jorge Jesus formando o meio-campo com os argentinos Nicolás Gaitán, Enzo Pérez e Eduardo Salvio. Em 12 de setembro, Talisca fez um hat-trick (três gols em um jogo) contra o Vitória de Setúbal. O jogo terminou 5 a 0 para o Benfica. Em 27 de setembro, Talisca fez 2 gols contra o Estoril, o jogo terminou 3-2 para o Benfica. Nesse jogo, Talisca mostrou sua habilidade ao pegar a bola no meio-campo e se livrar de quatro adversários e tocar na saída do goleiro. Em 5 de outubro, dia do 114º aniversário da implantação da Republica em Portugal, Talisca voltou a faturar gols importantes, marcando o 1º gol de 4 com que o Benfica ganhou do Arouca por 4 a 0, na 7ª rodada do Campeonato Português. Atuando bem, Talisca recebeu propostas de grandes clubes europeus, como o Chelsea, Arsenal, Manchester City e Manchester United.[4] Tão grande a ascensão meteórica de Talisca, que provocou um desentendimento de José Mourinho, atualmente no Chelsea, e Jorge Jesus, em que Mourinho afirmou: «o Talisca só não está na Inglaterra porque não tem o work permit [licença de trabalho], se não estaria lá. Há muitas equipes grandes e importantes que queriam o Anderson Talisca, e muitos tentaram contratá-lo mesmo sabendo que ele não poderia jogar na Inglaterra». Em reposta o treinador do Benfica respondeu: «Conheciam tanto o Talisca como eu o D'Artagnan», de forma irônica.[5][6][7]

Em 4 de novembro, marcou seu primeiro gol pela Liga dos Campeões da UEFA, na quarta rodada do Grupo C, no triunfo do Benfica por 1 a 0 sobre o Monaco.[8]

Todos os gols de Anderson Talisca pelo Benfica:

Beşiktaş[editar | editar código-fonte]

Após entrar numa má fase pelo clube português, Talisca foi emprestado ao Beşiktaş, da Turquia. Ao chegar no clube turco, Talisca não escondeu sua insatisfação de assinar com o clube.[9]

Todos os gols de Anderson Talisca pelo Beşiktaş:

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Anderson Talisca atuou no Torneio Internacional de Toulon de 2013, sendo campeão com a Seleção Brasileira Sub-20.

Estatísticas

Ano
Jogos Gols
2013 2 0
Total 2 0

Sub-21[editar | editar código-fonte]

Em 18 de setembro de 2014 Talisca foi convocado para dois amistoso da Seleção Brasileira Sub-21, um no dia 10 de outubro contra o Seleção Boliviana, na Arena Pantanal em Cuiabá e o outro no dia 13 contra a Seleção dos Estados Unidos na Arena Mané Garrincha em Brasília, preparação visando as Olimpíadas de 2016. No dia 23 de outubro Anderson Talisca foi chamado para Torneio da Wuhan, na China, de 14 a 18 de novembro.

Estatísticas

Ano
Jogos Gols
2014 2 0
Total 2 0

Seleção Olímpica[editar | editar código-fonte]

No dia 6 de março de 2015, foi convocado para Seleção Olímpica (Sub-23) para os amistosos do fim do mês (27 de março e 29 de março) contra as seleções olímpicas do Paraguai e México, no Espírito Santo e no Maranhão, respectivamente.[11]

Estatísticas

Ano
Jogos Gols
2015 1 1
Total 1 1

Seleção principal[editar | editar código-fonte]

Em 10 de novembro de 2014, Talisca foi convocado para dois amistosos da Seleção Brasileira contra a Turquia (12 de novembro) e Áustria (19 de novembro), substituindo Lucas Moura, que foi cortado devido à uma lesão.[4]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clube[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 20 de março de 2016.

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Brasil Bahia 2013 21 2 1 0 3 0 13 1 38 3
2014 9 2 4 0 0 0 17 6 30 8
Total 30 4 5 0 3 0 30 7 68 11
Portugal Benfica 2014–15 32 9 2 0 6 1 4 1 44 11
2015–16 21 3 2 0 5 2 6 4 34 9
Total 53 12 4 0 11 3 10 5 78 20
Turquia Beşiktaş 2016–17 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira Sub-20
Bahia
Benfica

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Márcio Iannacca (13 de novembro de 2014). «Talisca relata passado de fome até chegar à Seleção: "Consegui superar"». GloboEsporte.com. Consultado em 13 de novembro de 2014. 
  2. «Benfica acerta empréstimo de Anderson Talisca ao turco Besiktas». Consultado em 2016-08-21. 
  3. «Anderson Talisca é vendido para o futebol português». EC Bahia. 07/07/2014. 
  4. a b Márcio Iannacca (10 de novembro de 2014). «Talisca é chamado por Dunga para substituir Lucas na seleção brasileira». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de novembro de 2014. 
  5. «Jorge Jesus: «Conheciam tanto o Talisca como eu o D'Artagnan»». Jornal Record. 15 setembro de 2014. Consultado em 11 de novembro de 2014. 
  6. «"Conheciam tanto o Talisca como eu o Dartagnan"». O Jogo. 15 set 2014. Consultado em 11 de novembro de 2014. 
  7. «Mourinho: 'se Talisca tivesse licença de trabalho, já estaria na Inglaterra'». ESPN.com.br. 15 de setembro de 2014. Consultado em 15 de setembro de 2014. 
  8. «Talisca marca no fim, Benfica bate Monaco e segue vivo na Champions». GloboEsporte.com. 4 de novembro de 2014. Consultado em 11 de novembro de 2014. 
  9. «Emprestado pelo Benfica ao Besiktas, Talisca não esconde insatisfação». Consultado em 2016-08-23. 
  10. «Emprestado pelo Benfica ao Besiktas, Talisca não esconde insatisfação». esportes.terra.com.br. Consultado em 22 de agosto de 2016. 
  11. «Seleção Olímpica convocada para amistosos contra Paraguai e México». CBF. 6 de março de 2015. Consultado em 17 de março de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]