Final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2007

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA 2007
Evento Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2007
Data 16 de dezembro
Local Internacional de Yokohama, Yokohama
Melhor em campo Brasil Kaká
Árbitro MéxicoMEX Marco Rodríguez
Público 68.263

A final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2007 foi disputada em 16 de dezembro de 2007, entre Boca Juniors, campeão da Copa Libertadores da América, e Milan, campeão da UEFA Champions League.

O Milan venceu a partida por 4-2, e conquistou seu primeiro título mundial com chancela da FIFA. O mexicano Marco Rodríguez foi o árbitro da partida.

Partida[editar | editar código-fonte]

O Jogo[editar | editar código-fonte]

Desde a consolidação da FIFA como organizadora do Mundial de Clubes, em 2005, nenhum europeu havia vencido a competição. São Paulo, em 2005, e Internacional, em 2006, fizeram a festa nas duas primeiras edições, deixando Liverpool e Barcelona pelo caminho, respectivamente. Mas o Milan tratou de iniciar a hegemonia europeia no torneio naquele ano de 2007. A final daquele mundial teve Milan de Dida, Gattuso, Pirlo, Kaká e Seedorf contra o Boca Juniors de Palermo, Palacio, Ibarra e Neri Cardozo. Os italianos não haviam digerido a derrota na Copa Intercontinental de 2003, nos pênaltis, por 3 a 1, que tirou do Milan a chance do tetra. Mas o time tinha a chance de ser campeão mundial com chancela da FIFA, contra as equipes de todos os continentes. Era um jogo histórico. E foi.

O Milan começou melhor e abriu o placar com Inzaghi, aos 21´. Apenas um minuto depois, Palacio empatou para o Boca. Se a primeira etapa foi de equilíbrio, a segunda foi de show rossonero, ou melhor, de Kaká. O zagueiro Nesta deixou o Milan na frente, aos 5´, Kaká fez um golaço aos 16´e deu um passe magistral para Inzaghi transformar a vitória em goleada: 4 a 1. O Boca ainda diminuiu com um gol contra de Ambrosini, mas nem assustou: Milan 4×2 Boca Juniors.

O time de Milão se consagrava campeão do Mundial de Clubes de 2007. Foi a coroação definitiva de Kaká, que venceu naquele ano o prêmio de Melhor jogador do mundo pela FIFA, além de levar o prêmio de Melhor Jogador do Mundial. O Milan fazia história.[1]

Detalhes da partida[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Boca Juniors
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Milan
16 de dezembro de 2007
19:30 - Internacional de Yokohama (Yokohama, Japão) - Público: 68.263
Árbitro(s):
Principal: México Marco Rodríguez
Assistente 1: México José Luís Camargo
Assistente 2: México Pedro Rebollar
Boca Juniors Boca Juniors 2 – 4
(1 – 1)
Milan Milan
Palacio Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22'
Ambrosini Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85' (GC)
[{{{url_relatório}}} (Relatório)] Inzaghi Gol marcado aos 21 minutos de jogo 21', Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71'
Nesta Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50'
Kaká Gol marcado aos 61 minutos de jogo 61'
Camisa azul02.png Boca Juniors
12 - Argentina Mauricio Caranta
4 - Argentina Hugo Ibarra
20 - Argentina Jonathan Maidana
29 - Argentina Gabriel Paletta Advertência 77'
3 - Paraguai Claudio Morel Rodríguez Advertência 40'
5 - Argentina Sebastián Battaglia Advertência 55'
15 - Uruguai Álvaro González
19 - Argentina Neri Cardozo
24 - Argentina Éver Banega
14 - Argentina Rodrigo Palacio
9 - Argentina Martín Palermo
Substituição

Fairytale left red.png Argentina Álvaro González
Fairytale right.png 8 Argentina Pablo Ledesma Expulsão 88'


Fairytale left red.png Argentina Neri Cardozo

Fairytale right.png 11 Argentina Leandro Gracián


Treinador
Argentina Miguel Russo
[[Imagem:{{{alinhamento}}}|thumb|right|275px|Esquema táctico inicial das equipas]]
Camisa branca.png Milan
1 - Brasil Dida
25 - Itália Daniele Bonera
13 - Itália Alessandro Nesta
4 - Geórgia Kakhaber Kaladze Expulsão 77'
3 - Itália Paolo Maldini
8 - Itália Gennaro Gattuso
21 - Itália Andrea Pirlo
23 - Itália Massimo Ambrosini Advertência 23'
22 - Brasil Kaká Advertência 62'
10 - Países Baixos Clarence Seedorf
9 - Itália Filippo Inzaghi
Substituição

Fairytale left red.png Itália Gennaro Gattuso
Fairytale right.png 5 Brasil Emerson


Fairytale left red.png Itália Filippo Inzaghi

Fairytale right.png 2 Brasil Cafu


Fairytale left red.png Países Baixos Clarence Seedorf

Fairytale right.png 32 Itália Cristian Brocchi


Treinador
Itália Carlo Ancelotti
Com grande atuação e um gol marcado, Kaká foi eleito o "Homem do jogo".
Homem do jogo

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Boca Juniors Milan
Gols marcados 2 4
Chutes 16 14
Chutes a gol 8 7
Posse de bola 50% 50%
Escanteios 5 2
Faltas cometidas 22 14
Impedimentos 4 3
Cartões amarelos 3 2
Cartões vermelhos 1 1

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Kaká brilha, Milan goleia o Boca Juniors e é tetracampeão mundial». Consultado em 06 de janeiro de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]