Get Smart (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde fevereiro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Get Smart
Get Smart - Olho Vivo (PT)
Agente 86 (BR)
Pôster de Divulgação
 Estados Unidos
2008 •  cor •  110 min 
Direção Peter Segal
Produção Alex Gartner
Charles Roven
Andrew Lazar
Michael Ewing
Roteiro Tom J. Astle
Matt Ember
baseado em Get Smart de Mel Brooks
Buck Henry
Elenco Steve Carell
Anne Hathaway
Dwayne Johnson
Alan Arkin
Terrence Stamp
Terry Crews
David Koechner
James Caan
Gênero comédia de ação
espionagem
Música Trevor Rabin
Cinematografia Dean Semler
Edição Richard Pearson
Companhia(s) produtora(s) Village Roadshow Pictures
Mosaic Media Group
Mad Cahnce
Callahan Filmworks
Distribuição Warner Bros. Pictures
Lançamento BrasilEstados Unidos 20 de junho de 2008
Portugal 7 de agosto de 2008
Idioma inglês
Orçamento US$ 80 milhões
Receita US$ 230,685,453
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Get Smart (br: Agente 86 / pt: Get Smart - Olho Vivo) é um filme americano de 2008 inspirado no seriado de televisão de mesmo nome, no qual o ator Don Adams se consagrou no papel principal de um agente secreto atrapalhado.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O filme conta a história do agente da organização secreta C.O.N.T.R.O.L.E.. Maxwell Smart, que recebe sua mais perigosa e importante missão: impedir que a organização criminosa secreta conhecida como K.A.O.S. coloque em prática seu mais novo plano para dominar o mundo.

O detalhe é que, além de ser a mais importante, também será a primeira missão do agente. A sede da agência de espionagem americana C.O.N.T.R.O.L.E. é atacada e a identidade de seus agentes fica comprometida. O Chefe, então, não tem outra saída a não ser promover Maxwell Smart, que sempre sonhou trabalhar em campo ao lado do famoso e musculoso Agente 23.

Smart, no entanto, é colocado para trabalhar com a única agente cuja identidade não foi descoberta: a bela, porém implacável, veterana Agente 99 (Anne Hathaway). À medida que Smart e 99 vão desvendando o plano maligno da K.A.O.S. - e um ao outro - eles descobrem que um dos principais artífices da K.A.O.S., Siegfried, e seu ajudante Shtarker planejam lucrar com ameaças de colocar em ação sua rede de terror.

Apesar da pouca experiência e do reduzido tempo de que dispõe, Smart - armado apenas com uns poucos apetrechos tecnológicos típicos de espionagem e de seu entusiasmo inabalável - terá de derrotar a K.A.O.S. se quiser salvar o mundo.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Papel
Steve Carell Maxwell "Max" Smart (Agente 86)
Anne Hathaway Agente 99
Dwayne "The Rock" Johnson Agente 23
Alan Arkin Chefe
Terence Stamp Siegfried
Masi Oka Bruce
Nate Torrence Lloyd
Ken Davitian Starker
Terry Crews Agente 91
David Koechner Larabee
James Caan Presidente dos Estados Unidos
Dalip Singh Dalip
Bill Murray Agente 13

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

A comédia de ação Agente 86, com distribuição pela Warner Bros., tem direção de Peter Segal (Golpe Baixo) e Tommy Boy a partir do roteiro de Tom J. Astle & Matt Ember (Armações do Amor). Andrew Lazar (Caubóis do Espaço), Charles Roven (Batman Begins) e Alex Gartner (A Outra Face da Raiva) são os produtores e Michael Ewing (Como Se Fosse a Primeira Vez), Dana Goldberg (Happy Feet — o Pingüim), Peter Segal, Jimmy Miller (Talladega Nights: The Ballad of Ricky Bobby), Steve Carell, Brent O’Connor (Somos Marshall) e Bruce Berman (Happy Feet: O Pinguim) são produtores executivos.

Entre os realizadores estão também o diretor de fotografia vencedor do Oscar Dean Semler (Dança com Lobos), o desenhista de produção Wynn Thomas (Uma Mente Brilhante), o editor indicado ao Oscar Richard Pearson (Vôo United 93), a figurinista ganhadora do Oscar Deborah Scott (Titanic) e o supervisor de efeitos especiais vencedor do Oscar Michael Lantieri (Jurassic Park).

O filme é co-estrelado por Masi Oka (série de TV Heroes) e Nate Torrence (série Studio 60 on the Sunset Strip) como os agentes Bruce e Lloyd; David Koechner (O Âncora — A Lenda de Ron Burgundy) como o Agente Larabee; e Terry Crews (série de TV Everybody Hates Chris) como Agente 91.

Comparação com o seriado[editar | editar código-fonte]

O diretor Peter Segal deu à história do Agente 86 uma abordagem profissional e também de um fã: Era um seriado ícone na década de 1960, um clássico de verdade e um dos meus preferidos. Eu adorava. Era inteligente, irreverente e hilariante.”

O produtor Charles Roven comenta: “Não queríamos recriar o seriado e sim dar a ele uma roupagem contemporânea, fazê-lo funcionar na nossa época com uma perspectiva moderna e seqüências de ação que não estivessem lá só para pontuar as risadas, mas que fossem dignas de um thriller mesmo. Queríamos levar este mundo de superespiões a uma nova era, com a dimensão e o alcance que ele merecia de verdade na tela grande”.

Steve Carell, que interpreta Maxwell Smart e é também um dos produtores executivos, resume tudo da seguinte forma: “Eu diria que 80 por cento é comédia, 20 por cento é ação, 15 por cento é coração, 35 por cento é romance, 10 por cento é aventura e, provavelmente, menos de um por cento é horror. Juntando tudo, dá mais do que 100 por cento, que é mais, na verdade, do que podemos esperar de qualquer filme”.

Para fazer uma versão do século XXI apropriada, Segal e os produtores decidiram, primeiramente, levar Agente 86 a um momento anterior. Citando outra recente aventura de Roven na produção, o sucesso de 2005, Batman Begins, Segal explica: “Eu gostei da maneira como o filme reinventou a franquia Batman ao contar uma história original de modo ainda não explorado. Com isto em mente, mostramos desde o início como Maxwell Smart se tornou um agente, como ele conheceu 99, e seu primeiro encontro com o vilão da KAOS, Siegfried”.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]