Grande Prêmio da Alemanha de 2014

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grande Prêmio da Alemanha
de Fórmula 1 de 2014
Circuit Hokenheimring.png
Mapa do circuito.
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 20 de julho de 2014
Nome oficial Formula 1 Grosser Preiss Santander von Deutschland 2014
Local Hockenheim, Baden-Württemberg, Alemanha
Percurso 4,574 km
Total 67 voltas / 306.458 km
Pole
Piloto
Alemanha Nico Rosberg Mercedes
Tempo 1:16.540
Volta mais rápida
Piloto
Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes
Tempo 1:19.908 (na volta 53)
Pódio
Primeiro
Alemanha Nico Rosberg Mercedes
Segundo
Finlândia Valtteri Bottas Williams
Terceiro
Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes

O Grande Prêmio da Alemanha de 2014 (conhecido formalmente como Formula 1 Grosser Preiss Santander von Deutschland 2014)[1] foi uma corrida realizada no Circuito de Hockenheimring em 20 de julho de 2014. Foi a 10ª corrida da Temporada de Fórmula 1 de 2014. A pole position foi feita por Nico Rosberg da Mercedes com o tempo de 1:16.540. O vencedor da corrida também foi Nico Rosberg da Mercedes, seguido por Valtteri Bottas da Williams e Lewis Hamilton da Mercedes. A melhor volta da prova foi de Lewis Hamilton com o tempo de 1:19:908.

Pneus[editar | editar código-fonte]

Os compostos de pneus fornecidos pela Pirelli para este Grande Prêmio
Nome do composto Cor Banda de rolamento Condições de condução Dry Type* Aderência Longevidade
Super Macio Vermelho Neumático F1 Súper blando.png Slick Seco Option Mais aderência Menos durável
Macio Amarelo Neumático F1 Blando.png Slick Seco Prime/Option Médio Médio
Intermediário Verde Neumático F1 Intermedios.png Sulcos Molhado (água não estagnante) x x x
Chuva Azul Neumático F1 Lluvia.png Sulcos Molhado (água estagnante) x x x

Resultados[editar | editar código-fonte]

Treino Classificatório[editar | editar código-fonte]

Pos. Nu. Piloto Construtor Q1 Q2 Q3 Grid
1 6 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 1:17.631 1:17.109 1:16.540 1
2 77 Finlândia Valtteri Bottas Williams-Mercedes 1:18.215 1:17.353 1:16.759 2
3 19 Brasil Felipe Massa Williams-Mercedes 1:18.381 1:17.370 1:17.078 3
4 20 Dinamarca Kevin Magnussen McLaren-Mercedes 1:18.260 1:17.788 1:17.214 4
5 3 Austrália Daniel Ricciardo Red Bull-Renault 1:18.117 1:17.855 1:17.273 5
6 1 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault 1:18.194 1:17.646 1:17.577 6
7 14 Espanha Fernando Alonso Scuderia Ferrari 1:18.389 1:17.866 1:17.649 7
8 26 Rússia Daniil Kvyat Toro Rosso-Renault 1:18.530 1:18.103 1:17.965 8
9 27 Alemanha Nico Hülkenberg Force India-Mercedes 1:18.927 1:18.017 1:18.014 9
10 11 México Sergio Pérez Force India-Mercedes 1:18.916 1:18.161 1:18.035 10
11 22 Reino Unido Jenson Button McLaren-Mercedes 1:18.425 1:18.193 11
12 7 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 1:18.534 1:18.273 12
13 25 França Jean-Éric Vergne Toro Rosso-Renault 1:18.496 1:18.285 13
14 21 México Esteban Gutiérrez Sauber-Ferrari 1:18.739 1:18.787 171
15 8 França Romain Grosjean Lotus-Renault 1:18.894 1:18.983 14
16 44 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes 1:18.683 No Time 202
17 99 Alemanha Adrian Sutil Sauber-Ferrari 1:19.142 15
18 17 França Jules Bianchi Marussia-Ferrari 1:19.676 16
19 13 Venezuela Pastor Maldonado Lotus-Renault 1:20.195 18
20 10 Japão Kamui Kobayashi Caterham-Renault 1:20.408 19
21 4 Reino Unido Max Chilton Marussia-Ferrari 1:20.489 21
Tempo dos 107%: 1:23.065
NQ 9 Suécia Marcus Ericsson Caterham-Renault No Time BX3
Fonte:[2]
Notas
  • ↑2Lewis Hamilton da Mercedes perdeu 5 posições no grid por troca da caixa de câmbio.
  • ↑3Marcus Ericsson não obteve tempo de volta no Q1. Foi, ainda, penalizado posteriormente a largar dos boxes e, após largar, parar por 10 segundos até as primeiras três voltas, por infrações ao regulamento do parque fechado.[3]

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos. Nu. Piloto Construtor Voltas Tempo/Retirado Grid Pontos
1 6 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 67 1:33:42.914 1 25
2 77 Finlândia Valtteri Bottas Williams-Mercedes 67 +20.789 2 18
3 44 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes 67 +22.530 20 15
4 1 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault 67 +44.014 6 12
5 14 Espanha Fernando Alonso Ferrari 67 +52.467 7 10
6 3 Austrália Daniel Ricciardo Red Bull-Renault 67 +52.549 5 8
7 27 Alemanha Nico Hülkenberg Force India-Mercedes 67 +1:04.178 9 6
8 22 Reino Unido Jenson Button McLaren-Mercedes 67 +1:24.711 11 4
9 20 Dinamarca Kevin Magnussen McLaren-Mercedes 66 +1 volta 4 2
10 11 México Sergio Pérez Force India-Mercedes 66 +1 volta 10 1
11 7 Finlândia Kimi Raikkonen Ferrari 66 +1 volta 12
12 13 Venezuela Pastor Maldonado Lotus-Renault 66 +1 volta 18
13 25 França Jean-Éric Vergne Toro Rosso-Renault 66 +1 volta 13
14 21 México Esteban Gutiérrez Sauber-Ferrari 66 +1 volta 16
15 17 França Jules Bianchi Marussia-Ferrari 66 +1 volta 17
16 10 Japão Kamui Kobayashi Caterham-Renault 65 +2 voltas 19
17 4 Reino Unido Max Chilton Marussia-Ferrari 65 +2 voltas 21
18 9 Suécia Marcus Ericsson Caterham-Renault 65 +2 voltas 22
Ret 99 Alemanha Adrian Sutil Sauber-Ferrari 47 Rodou 15
Ret 26 Rússia Daniil Kvyat Toro Rosso-Renault 43 Motor 8
Ret 8 França Romain Grosjean Lotus-Renault 26 Motor 14
Ret 19 Brasil Felipe Massa Williams-Mercedes 0 Batida 3
Fonte:[4]

Volta de Liderança[editar | editar código-fonte]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

Observe que somente as doze primeiras posições estão incluídas na tabela.

Referências

  1. «The final 2013 meeting of the FIA World Motor Sport Council (WMSC) took place today (4 December) in Paris, France» (em inglês). FIA.com. 4 de dezembro de 2013 
  2. «Formula 1 Grosser Preis Santander von Deutschland 2014» (em inglês). Formula One World Championship Limited. 19 de julho de 2014 
  3. The FIA Stewards of the Meeting
  4. «GP da Alemanha 2014». Corrida F1. R7. 21 de julho de 2014. Consultado em 7 de julho de 2014 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Grande Prêmio da Grã-Bretanha de 2014
Mundial de Fórmula 1 da FIA
Temporada de 2014
Sucedido por
Grande Prêmio da Hungria de 2014
Precedido por
Grande Prêmio da Alemanha de 2013
Grande Prêmio da Grã-Bretanha
LXXIV edição
Sucedido por
Grande Prêmio da Alemanha de 2015