Hoxhaismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Hoxhaismo é uma variante antirrevisionista do marxismo-leninismo que se desenvolveu no final da década de de 1970 devido a uma cisão no movimento maoísta, surgindo após a ruptura ideológica entre o Partido Comunista da China e o Partido do Trabalho da Albânia em 1978. [1] Foi uma tendência internacional distinta dentro do marxismo-leninismo, e às vezes é comparado com o titoísmo. [2]

Hoxhaismo demarca-se por uma defesa estrita do legado de Josef Stalin, da organização da União Soviética sob Stalin, [3] e pela feroz crítica de praticamente todos os outros grupos comunistas como "revisionistas".

Crítico dos Estados Unidos, da União Soviética, da China e da Iugoslávia, Enver Hoxha rotulava os três últimos como "social imperialistas" e condenou a invasão soviética da Tchecoslováquia em 1968, antes de se retirar do Pacto de Varsóvia como resposta. O Hoxhaismo, assim como o titoísmo, afirma o direito das nações de buscarem o socialismo por diferentes caminhos, ditado pelas condições nesse país [4]— apesar de Hoxha pessoalmente considerar que o titoísmo, na prática, era em geral "anti-marxista".[5]

Hoxha declarou que a Albânia era o único Estado legitimamente aderente ao marxismo-leninismo depois de 1978. Os albaneses conseguiram conquistar ideologicamente uma grande parte dos maoístas, principalmente na América Latina (como o Exército Popular de Libertação e o Partido Comunista Marxista-Leninista do Equador, bem como o Partido Comunista do Brasil), mas também tiveram partidários internacionais significativos no geral.

Referências

  1. Communism for Know-It-Alls. [S.l.]: Filiquarian Publishing, LLC. 2008. p. 23 
  2. Ascoli, Max (1961). The Reporter, Volume 25. [S.l.: s.n.] p. 30 
  3. Pridham, Geoffrey (2000). The Dynamics of Democratization: A Comparative Approach. [S.l.]: Bloomsbury Publishing. p. 70 
  4. «A Brief Guide to Hoxhaism». The Red Star Vanguard 
  5. Hoxha, Enver. «Enver Hoxha: Eurocommunism is Anticommunism» 
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Hoxhaism».