Manat turcomeno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manat turcomeno
Türkmen manady
Dados
Código ISO 4217 TMT
Usado Turquemenistão Turcomenistão
Inflação 8,5%[1]
Sub-Unidade
1/100

tengué (teňňe)
Símbolo m
Plural manates / mánates (manatlar)
Moedas 1, 2, 5, 10, 20, 50 tengués, 1, 2 manates
Notas 1, 5, 10, 20, 50, 100, 500 manates
Banco central Banco Central do Turcomenistão
http://cbt.tm
Fabricante Não disponível

O manat ou, em português, manate[2] ou mánate[2] (AZN), oficialmente manat, manate ou mánate turcomeno ou turquemeno é a unidade monetária do Turcomenistão. Foi introduzia a 1 de novembro de 1993, substituindo o rublo russo a uma taxa de 1 manate = 500 rublos.[3] O código ISO 4217 era antigamente TMM e o manate estava dividido em 100 tengués (teňňe´, em turcomeno; plural: teňňesi). A abreviatura m é por vezes usada, por exemplo, 25 000 m são vinte e cinco mil manates.

A 1 de janeiro de 2009, foi introduzido o novo manat, com o novo códio ISO 4217 TMT a uma taxa de 5 000 antigos manates para 1 novo manate.[4]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra "manat" é um empréstimo do russo "монета" ("moneta"), significando "moeda". Da mesma forma, a palavra "manat" era usada para o rublo soviético, quer em azerbaijano (que também usa o manate), quer em turcomeno.

Moedas[editar | editar código-fonte]

Em 1993 foram introduzidas moedas com as denominações 1, 5, 10, 20 e 50 tengués. As moedas de 1, 5 e 10 tengués foram cunhadas em aço revestido a cobre, com as denominações mais altes em aço revestido a níquel. Esta primeira série de moedas teve uma vigência curta já que o seu valor metálico rapidamente ultrapassou o seu valor facial. Depois de um período de inflação alta, novas moedas de 500 e 1 000 manates foram introduzidas em 1999. Todas as moedas deste período tinham obrigatoriamente por lei de apresentar uma imagem do presidente do Turcomenistão.

Durante a reforma monetária de 2009, foram cunhadas novas moedas de 1, 2, 5, 10, 20 e 50 tengués, com moedas bimetálicas de 1 e 2 manates a seguirem-se em 2010. As moedas de 1, 2 e 5 tengués são em aço revestido a níquel, enquanto as moedas de 10, 20 e 50 tengués são feitas de latão. Ao invés de apresentarem o atual chefe de Estado, as moedas apresentam um mapa do Turcomenistão, com a Torre da Independência sobreposta. Todas as moedas em circulação foram cunhadas na Royal Mint, a casa da moeda britânica.

Notas[editar | editar código-fonte]

Primeiro manat[editar | editar código-fonte]

Em 1993, as notas de manat foram introduzidas com as denominações de 1, 5, 10, 20, 50, 100 e 500 manates, substituindo o rublo soviético. A estas seguiram-se notas de 1 000 manates em 1995 e de 5 000 e 10 000 manates em 1996. Em 2005, uma nova série de notas foi posta em circulação, com as denominações de 50, 100, 500, 1 000 e 10 000 manates. Todas as notas, com a exceção das de 1 e 5 manates, apresentavam o retrato do antigo presidente Saparmurat Niyazov. Todas as notas turcomenas eram produzidas pela companhia De La Rue.

Primeiro manat (segunda emissão)[editar | editar código-fonte]

Em 2005, uma nova série de notas de manat foi introduzida. Originalmente tinha o objetivo de substituir o primeiro manate a uma taxa fica de 1000 por 1 (primeiro) manate, contudo a revalorização foi adiada e a nova emissão passou a circular a par do primeiro manate. A série de notas foi introduzida com as denominações de 50, 100, 500, 1 000, 5 000 e 10 000 manates. Duas novas moedas foram também introduzidas em duas denominações: 500 e 1 000 manates. Quer a primeira, quer a segunda emissão de notas de manate circularam conjuntamente até à emissão do segundo manate (revalorizado) em 2009.

Segundo manat[editar | editar código-fonte]

Após hiperinflação ter significativamente desvalorizado a moeda, foi introduzido um novo manate, a uma taxa de câmbio fixa de 5 000 antigos manates por 1 novo manate. As notas foram impressas em denominações de 1, 5, 10, 20, 50, 100 e 500 novos manates. Como parte de um esforço por parte do governo turcomeno para desmantelar o culto de personalidade ao antigo presidente Niyazov e ajudar a diferenciar politicamente o novo poder, apenas a nota mais alta (de 500 manates) apresenta o retrato do antigo líder. As notas de 500 manates ainda não foram postas em circulação. As outras denominações apresentam imagens de edifícios em Asgabade e retratos de Ahmed Sanjar, Oghuz Khan, Magtymguly Pyragy e outras figuras históricas turcomenas.[5][6]

Notas do segundo manate[6]
Imagem Valor Dimensões Cor principal Descrição Data de emissão Data da primeira emissão Marca-de-água
Frente Verso
[2] 1 manat 120 x 60 mm Verde-clara Emblema do Turcomenistão; Togrul Beg (também conhecido como Tugrul Bey) Döwlet medeniýet merkezi (Centro Cultural do Turcomenistão), Asgabade 2009 1 de janeiro de 2009 Togrul Beg, bandeira e eletrótipo 1
[3] 5 manates 126 x 63 mm Bronzeada Emblema do Turcomenistão; Soltan Sanjar Garaşsyzlyk Binasy (Monumento à Independência), Bitaraplyk Binasy (Monumento à Neutralidade), Asgabate 2009 1 de janeiro de 2009 Soltan Sansar, bandeira e eletrótipo 5
[4] 10 manates 132 x 66 mm Vermelha Emblema do Turcomenistão; Magtymguly Pyragy Edifício do Banco Central, Asgabade 2009 1 de janeiro de 2009 Magtymguly Pyragy, bandeira e eletrótipo 10
[5] 20 manates 138 x 69 mm Púrpura Emblema do Turcomenistão; Görogly (também conhecido como Köroğlu) Ruhyýet Köşgi (Palácio da Espiritualidade), Asgabade 2009 1 de janeiro de 2009 Görogly, bandeira e eletrótipo 20
[6] 50 manates 144 x 72 mm Verde-escura Emblema do Turcomenistão; Gorgut Ata (também conhecido como Dede Korkut) Türkmenistanyň Mejlisi (Assembleia Nacional do Turcomenistão), Asgabade 2009 1 de janeiro de 2009 Gorkut Ata, bandeira e eletrótipo 50
[7] 100 manates 150 x 75 mm Azul Emblema do Turcomenistão; Oguz Khan Prezident Köşgi (Palácio Presidencial), Asgabade 2009 1 de janeiro de 2009 Oguz Khan, bandeira e eletrótipo 100
[8] 500 manates 156 x 78 mm Dourada Emblema do Turcomenistão; Saparmurat Niyazov Kypçak Metjidi (Mesquita Kipchak) 2009 1 de janeiro de 2009 Presidente Saparmurat Niyazov, bandeira e eletrótipo 500

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [CIA – The World Factbook, est. 2012
  2. a b Henriques, Raul Pinheiro (2013). Designação de unidades monetárias em português: Léxico e normalização linguística (PDF). Lisboa: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa — Departamento de Linguística Geral e Românica. Consultado em 1 de dezembro de 2014 
  3. Linzmayer, Owen (2012). «Turkmenistan». The Banknote Book (em inglês). São Francisco, Califórnia: banknotenews.com 
  4. «Turkmenistan's 5000 manat to equal 1 manat after denomination». 6 de setembro de 2008 
  5. Манаты без Туркменбаши, Аскар Турсунбаев, Гундогар, em russo
  6. a b Imagens das novas notas: [1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]