Economia do Turquemenistão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Economia do Turcomenistão
Sede do Ministério do Petróleo e Gás, em Asgabate.
Moeda manat turcomano
Ano fiscal ano calendário
Blocos comerciais OMC, CEI, OCE
Estatísticas
PIB 36,64 bilhões (2010) (101º lugar)
Variação do PIB 11% (2010)
PIB per capita 7400 (2010)
PIB por setor agricultura 10,2%, indústria 30%, comércio e serviços 59,8% (2010)
Inflação (IPC) 12% (2010)
População
abaixo da linha de pobreza
30% (2004)
Coeficiente de Gini 40,8 (1998)
Força de trabalho total 2,3 milhões (2008)
Força de trabalho
por ocupação
agricultura 48,2%, indústria 14%, comércio e serviços 37,8% (2004)
Desemprego 60% (2010)
Principais indústrias gás natural, petróleo e derivados, têxteis, processamento de alimentos
Exterior
Exportações 9 672 milhões (2010)
Produtos exportados gás natural, petróleo bruto, petroquímicos, têxteis, fibra de algodão
Principais parceiros de exportação Ucrânia 22,3%, Turquia 10,27%, Hungria 6.75%, Emirados Árabes Unidos 6,25%, Polônia 6,16%, Afeganistão 5,79%, Irã 5,17% (2009)
Importações 4 888 milhões (2010)
Produtos importados máquinas e equipamentos, produtos químicos, alimentos
Principais parceiros de importação República Popular da China 18,03%, Turquia 16,49%, Rússia 16,45%, Alemanha 5,91%, Emirados Árabes Unidos 5,81%, Ucrânia 5,67%, Estados Unidos 5,41%, França 4,39% (2009)
Dívida externa bruta 5 bilhões (2010)
Finanças públicas
Receitas 1 970 milhões (2010)
Despesas US$ 1 878 milhões (2010)
Ajuda económica recebida, n/d
Fonte principal: CIA World Fact Book
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

O Turquemenistão é um país predominantemente desértico, com uma agricultura intensiva em oásis irrigados, e com vastas reservas de petróleo e gás natural. Metade de sua área irrigada é plantada com algodão, do qual o país já foi o 10º produtor mundial. Colheitas fracas nos últimos anos levaram a um declínio da produção em quase 50%[1] .

Com um regime ex-comunista autoritário no poder, e com uma estrutura social baseada em tribos, o Turquemenistão tem adotado reformas econômicas com cautela, e espera apoiar-se nas exportações de gás natural e de algodão para sustentar sua ineficiente economia. As metas de privatização são limitadas. Entre 1998 e 2005 o país sofreu com a falta de vias adequadas para exportar gás natural e com a necessidade de pagar os juros de uma grande dívida externa de curto prazo. Ao mesmo tempo, no entanto, as exportações totais do país cresceram cerca de 15% ao ano entre 2003-2006, principalmente devido aos altos preços externos do gás natural e do petróleo[1] . Novos gasodutos, que começaram a operar no final de 2009 ou início de 2010 darão ao país novas vias de exportação para seu gás[1] .

As perspectivas gerais do país no curto prazo são desencorajadoras, devido à vasta pobreza interna, à corrupção endêmica, a um sistema educacional ruim, ao mau uso das receitas de exportação por parte do governo, e a falta de vontade de Ashgabat em adotar reformas econômicas de mercado. Além disso, a recessão global e uma disputa contratual com a Rússia virtualmente paralisaram as exportações pela principal rota de gasodutos durante 9 meses, forçando uma retração da economia do país em 2009[1] .

Até há algum tempo, as estatísticas econômicas turcomenas eram segredos de estado. O atual governo criou uma agência para elaborar estatísticas, porém o PIB e outros indicadores ainda são estimados com grandes margens de erro. É particularmente desconhecida a taxa de crescimento do PIB[1] . A plataforma eleitoral do presidente Berdimuhamedow incluía planos de construção de um gasoduto em direção à China, o término da estrada de ferro Amu Daria na província de Lebap, e a criação de zonas especiais de comércio de fronteira no sul. Desde sua posse, o governo já unificou a taxa de câmbio do manat, ordenou a redução do subsídio à gasolina, e iniciou o desenvolvimento de uma zona de turismo no Mar Cáspio. Entretanto, apesar do investimento externo ser encorajado, inúmeros obstáculos burocráticos impedem as atividades econômicas estrangeiras[1] .

Referências[editar | editar código-fonte]


Turkmenistan stub.svg Turquemenistão
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens