Markieff Morris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Markieff Morris
Markieff Morris (31545963462).jpg
Informações pessoais
Data de nasc. 2 de setembro de 1989 (30 anos)
Local de nasc. Philadelphia, Estados Unidos
Altura 6 ft 8 in (2.03 m)
Peso 245 lb (111 kg)
Apelido Keef

Smooth

Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Detroit Pistons
Número 8
Posição Ala-pivô
Clubes de juventude
2008–2011 Estados Unidos Kansas
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2011–2016
2016–2019
2019
2019–Presente
Estados Unidos Phoenix Suns
Estados Unidos Washington Wizards
Estados Unidos Oklahoma City Thunder
Estados Unidos Detroit Pistons
345 (3.940)
210 (2.630)
24 (156)
13 (151)

Markieff Morris (Philadelphia, 2 de setembro de 1989) é um jogador norte-americano de basquete profissional que atualmente joga pelo Detroit Pistons da National Basketball Association (NBA).[1]

Ele jogou basquete universitário na Universidade de Kansas e foi selecionado pelo Phoenix Suns como a 13° escolha geral no Draft da NBA de 2011. Além dos Suns, ele também jogou por Washington Wizards e Oklahoma City Thunder.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Morris nasceu na Filadélfia, Pensilvânia, filho de Thomasine "Angel" Morris. Ele tem quatro irmãos, Donte, Blake, David e o seu gêmeo Marcus, que atualmente joga no New York Knicks.[2]

Considerado um recruta de quatro estrelas pela Rivals.com, Morris foi listado como o 17° melhor Ala-pivô e o 49° melhor jogador do país em 2008.[3]

Carreira na faculdade[editar | editar código-fonte]

Morris se matriculou na Universidade do Kansas, onde se formou em estudos americanos. Tanto ele como seu irmão, Marcus, assinaram contrato com um agente esportivo de Los Angeles e anunciaram que entrariam no Draft da NBA de 2011.

Em três temporadas, ele jogou em 109 jogos e teve médias de 8.5 pontos, 6.1 rebotes e 1.2 assistências em 19.3 minutos.[4]

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Phoenix Suns (2011-2016)[editar | editar código-fonte]

Temporada de 2011-12[editar | editar código-fonte]

Morris foi selecionado pelo Phoenix Suns com a 13ª escolha no Draft de 2011. Seu irmão gêmeo, Marcus, foi selecionado pelo Houston Rockets uma escolha depois.[5]

Em 8 de janeiro de 2012, ele teve seu primeiro duplo-duplo profissional com 13 pontos e 10 rebotes em uma vitória por 109-93 sobre o Milwaukee Bucks.[6]

Em 18 de janeiro, Morris teve sua primeira partida como titular na NBA contra o New York Knicks. No entanto, devido a um vírus no estômago, ele jogou por apenas 5 minutos, registrando 3 pontos e 2 roubadas de bola antes de ser substituído por Channing Frye em uma vitória por 91-88.[7]

Em sua primeira temporada, ele jogou em 63 jogos e teve médias de 7.4 pontos, 4.4 rebotes e 1.0 assistências em 19.5 minutos.[8]

Temporada de 2012–13[editar | editar código-fonte]

Morris com os Suns em 2012

Devido ao bloqueio da NBA em 2011, Morris teve sua primeira passagem pela Summer League em 2012, durante a qual obteve uma média de 19,8 pontos e 9,8 rebotes por jogo. Após esse período, ele acumulou 5,8 kg de músculo, mantendo seu peso de 111 kg.

Depois de marcar 16 pontos contra o atual campeão Miami Heat, Morris fez seu primeiro jogo como titular da temporada em 21 de novembro de 2012. Ele registrou 19 pontos e 7 rebotes em uma vitória contra o Portland Trail Blazers.[9]

Em 6 de dezembro de 2012, ele registrou 17 rebotes e 15 pontos na derrota de 97-94 para o Dallas Mavericks.[10]

Em 21 de fevereiro de 2013, o irmão de Markieff, Marcus, foi negociado com o Phoenix Suns, reunindo-o após dois anos jogando em times separados.[11] Isso também marcou a segunda vez que os Suns tiveram irmãos gêmeos jogando no mesmo time, com Dick e Tom Van Arsdale sendo os primeiros gêmeos a jogarem juntos durante a temporada de 1976-77. Os gêmeos Morris se tornaram os primeiros irmãos a serem titulares no mesmo time.

Nessa temporada, ele jogou em 82 jogos e teve médias de 8.2 pontos, 4.8 rebotes e 1.3 assistências em 22.4 minutos.[12]

Temporada de 2013-14[editar | editar código-fonte]

Em 6 de novembro de 2013, Morris registrou 23 pontos e 12 rebotes em uma derrota por 99-96 para o San Antonio Spurs.[13] Dois dias depois, ele registrou 28 pontos e 10 rebotes na vitória por 114-103 sobre o Denver Nuggets.[14]

Morris foi nomeado o Jogador da Semana da Conferência Oeste no período de 4 a 11 de novembro de 2013, após ter médias de 22,8 pontos, 8,0 rebotes e 2,0 roubadas de bola.

Ele registrou 27 pontos e 15 rebotes na vitória de 99-90 sobre o Cleveland Cavaliers,[15] fazendo de Morris o primeiro jogador desde Yao Ming em 2002 a registrar 27 pontos e 15 rebotes vindo do banco.[16]

Por causa de suas melhorias ao longo da temporada de 2013-14 como sexto homem, ele acabou sendo candidato ao Prêmio de Jogador Que Mais Evoluiu e ao Prêmio de Sexto Homem do Ano.

Nessa temporada, ele jogou em 81 jogos e teve médias de 13.8 pontos, 6.0 rebotes e 1.8 assistências em 26.6 minutos.[17]

Temporada de 2014-15[editar | editar código-fonte]

Em 29 de setembro de 2014, Morris assinou uma extensão de contrato com o Phoenix Suns.[18]

Ele e Marcus, ao lado dos companheiros de equipe Goran e Zoran Dragić, jogaram brevemente pelos Suns durante o quarto quarto de sua vitória por 112-96 sobre o Philadelphia 76ers em 2 de janeiro de 2015. Isso marcou a primeira vez na história da NBA que dois diferentes pares de irmãos jogavam juntos pelo mesmo time ao mesmo tempo.

Em 13 de janeiro de 2015, ele marcou 35 pontos em uma vitória por 107-100 sobre o Cleveland Cavaliers.[19] Em um jogo contra o Dallas Mavericks em 22 de março, os gêmeos Morris tiveram um duplo-duplo pela primeira vez em suas carreiras.

Nessa temporada, ele jogou em 82 jogos e teve médias de 15.3 pontos, 6.2 rebotes e 2.3 assistências em 31.5 minutos.[20]

Temporada de 2015-16[editar | editar código-fonte]

Em 8 de setembro de 2015, Morris foi multada em US $ 10.000 por conduta prejudicial, porque exigiu publicamente uma negociação no mês anterior.[21] Mais tarde, Morris treinou com o amigo Rasheed Wallace antes de voltar aos Suns para o campo de treinamento.[22]

Morris foi titular em 16 jogos no começo da temporada antes de ser colocado no banco pelo técnico Jeff Hornacek a partir de 4 de dezembro. Durante o quarto quarto do jogo contra o Denver Nuggets em 23 de dezembro, Morris jogou uma toalha na direção de Hornacek enquanto ele se dirigia para o banco.[23] No dia seguinte, Morris foi suspenso por dois jogos por conduta prejudicial à equipe e mais tarde foi apontado como um dos maiores vilões esportivos do Arizona pelo AZCentral.com.[24]

Após uma lesão de Alex Len no início de janeiro, Morris foi reinserido na rotação para ajudar a fortalecer a quadra de ataque. Em 2 de fevereiro de 2016, durante o primeiro jogo de Earl Watson como técnico do Suns, ele fez o melhor jogo da temporada com 30 pontos, 11 rebotes, 6 assistências, 2 bloqueios e 1 roubo de bola em uma derrota por 104-97 para o Toronto Raptors.[25]

Durante seu último jogo com os Suns em 10 de fevereiro contra o Golden State Warriors, Morris e seu companheiro de equipe, Archie Goodwin, entraram em uma briga física no banco e foram vistos discutindo.[26]

Em 5 temporadas em Phoenix, ele jogou em 345 jogos e registrou 3.940 pontos, 1.860 rebotes e 596 assistências.

Washington Wizards (2016–2019)[editar | editar código-fonte]

Em 18 de fevereiro de 2016, Morris foi negociado com o Washington Wizards em troca de DeJuan Blair, Kris Humphries e uma escolha de draft. No dia seguinte, ele estreou pelos Wizards em uma vitória por 98-86 sobre o time de seu irmão, o Detroit Pistons, registrando seis pontos e dois rebotes em 22 minutos.

Em 29 de fevereiro de 2016, ele teve seu primeiro duplo-duplo como jogador dos Wizards com 16 pontos e 13 rebotes em uma vitória por 116-108 sobre o Philadelphia 76ers.

Os Wizards terminaram a temporada regular com um recorde de 49–33 e entraram nos playoffs como a 4° melhor campanha. Posteriormente, eles conquistaram o primeiro título da Divisão Sudeste desde a temporada de 1978–79. Em 16 de abril de 2017, Morris marcou 21 pontos em sua estréia nos playoffs da NBA, quando os Wizards derrotou o Atlanta Hawks por 114-107 no Jogo 1 da primeira rodada.[27]

Em 22 de setembro de 2017, Morris foi descartada por seis a oito semanas após uma cirurgia para reparar uma hérnia esportiva.[28]

Em 3 de janeiro de 2019, ele foi descartado por seis semanas após um ataque de rigidez no pescoço e na parte superior das costas que o levou a ser diagnosticado com uma lesão do plexo braquial.

Em 7 de fevereiro de 2019, Morris foi negociado, juntamente com uma escolha de segunda rodada de 2023, para o New Orleans Pelicans em troca de Wesley Johnson.[29] Ele foi dispensado pelos Pelicans no dia seguinte.[30]

Em 4 temporadas em Washington, ele jogou em 210 jogos e registrou 2.630 pontos, 1.234 rebotes e 365 assistências.

Oklahoma City Thunder (2019)[editar | editar código-fonte]

Em 20 de fevereiro de 2019, Morris assinou com o Oklahoma City Thunder.[31]

Detroit Pistons (2019–Presente)[editar | editar código-fonte]

Em 6 de julho de 2019, Morris assinou com o Detroit Pistons.[32]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 24 de janeiro de 2015, Markieff e Marcus Morris se envolveram em dois casos de agressão, pois cinco homens diferentes (incluindo os gêmeos e o ex-segurança do Baltimore Ravens, Gerald Bowman) teriam agredido um homem de 36 anos chamado Eric Hood em Phoenix, Arizona.[33][34]

O julgamento dos gêmeos foi concluído em 2 de outubro de 2017, com os gêmeos e Gerald Bowman declarados inocentes, enquanto as outras pessoas envolvidas (Julius Kane e Christopher Melendez Jr.) confessaram sua culpa em setembro de 2017. Mesmo com sua aparente inocência, o incidente não foi apenas considerado um catalisador para os Suns trocarem Marcus para o Detroit Pistons em 9 de julho de 2015 e trocaram Markieff com os Wizards em 18 de fevereiro de 2016.[35][36]

Morris e sua esposa, Thereza Wright-Morris, têm uma filha.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBA[editar | editar código-fonte]

Temporada regular[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2011–12 Phoenix 63 19.5 .399 .347 .717 4.4 1.0 .7 .7 7.4
2012–13 Phoenix 82 22.4 .407 .336 .732 4.8 1.3 .9 .8 8.2
2013–14 Phoenix 81 26.6 .486 .315 .792 6.0 1.8 .8 .6 13.8
2014–15 Phoenix 82 31.5 .465 .318 .763 6.2 2.3 1.2 .5 15.3
2015–16 Phoenix 37 24.8 .397 .289 .717 5.2 2.4 .9 .5 11.6
2015–16 Washington 27 26.4 .467 .316 .764 5.9 1.4 .9 .6 12.4
2016–17 Washington 76 31.2 .457 .362 .837 6.5 1.7 1.1 .6 14.0
2017–18 Washington 73 27.0 .480 .367 .820 5.6 1.9 .8 .5 11.5
2018–19 Washington 34 26.0 .436 .333 .781 5.1 1.8 .7 .6 11.5
2018–19 Oklahoma City 24 16.1 .391 .339 .737 3.8 .8 .5 .1 6.5
Carreira 579 26.0 .449 .338 .778 5.5 1.7 .9 .6 11.6

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2017 Washington 13 28.7 .407 .368 .806 6.3 1.7 .9 1.3 12.1
2018 Washington 6 30.2 .490 .167 .900 7.5 1.7 .7 .8 9.8
2019 Oklahoma City 5 11.8 .313 .286 .778 2.6 1.0 .2 .6 3.8
Carreira 24 29.2 .428 .320 .829 6.7 1.7 .8 1.2 11.4

Universitário[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2008–09 Kansas 35 15.6 .448 .188 .650 4.4 1.0 .4 .7 4.6
2009–10 Kansas 36 17.6 .566 .526 .622 5.3 1.1 .4 1.0 6.8
2010–11 Kansas 38 24.4 .589 .424 .673 8.3 1.4 .8 1.1 13.6
Carreira 109 19.3 .553 .404 .653 6.1 1.2 .6 .9 8.5

Fonte:[37][4]

Referências

  1. «Markieff Morris». NBA Stats (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  2. «Markieff Morris Profile - University of Kansas Official Athletic Site». web.archive.org. 18 de maio de 2013. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  3. «Markieff Morris, 2008 Power forward - Rivals.com». n.rivals.com. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  4. a b «Markieff Morris College Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  5. «2011 NBA Draft». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  6. «Milwaukee Bucks at Phoenix Suns Box Score, January 8, 2012». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  7. «Phoenix Suns at New York Knicks Box Score, January 18, 2012». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  8. «Markieff Morris 2011-12 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  9. «Portland Trail Blazers at Phoenix Suns Box Score, November 21, 2012». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  10. «Dallas Mavericks at Phoenix Suns Box Score, December 6, 2012». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  11. «Suns Acquire Marcus Morris». Phoenix Suns (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  12. «Markieff Morris 2012-13 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  13. «Phoenix Suns at San Antonio Spurs Box Score, November 6, 2013». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  14. «Denver Nuggets at Phoenix Suns Box Score, November 8, 2013». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  15. «Phoenix Suns at Cleveland Cavaliers Box Score, January 26, 2014». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  16. Coro, Paul. «Phoenix Suns' Miles Plumlee feels he's 'getting back' to form». azcentral.com. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  17. «Markieff Morris 2013-14 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  18. «Suns Sign Marcus and Markieff Morris to Extensions». Phoenix Suns (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  19. «Cleveland Cavaliers at Phoenix Suns Box Score, January 13, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  20. «Markieff Morris 2014-15 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  21. «Suns' Morris hit with $10K fine for trade demand». ESPN.com (em inglês). 8 de setembro de 2015. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  22. Buchanan, Zach. «Phoenix Suns' Markieff Morris had Rasheed Wallace help». azcentral (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  23. Polacek, Scott. «Markieff Morris Reportedly Threw Towel in Direction of Suns Coach Jeff Hornacek». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  24. Joseph, Andrew. «The 10 biggest villains in Arizona sports». azcentral (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  25. «Toronto Raptors at Phoenix Suns Box Score, February 2, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  26. «Suns' Morris, Goodwin get into shoving match». ESPN.com (em inglês). 11 de fevereiro de 2016. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  27. «Hawks vs. Wizards - Game Recap - April 16, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  28. «Markieff Morris Injury Update». Washington Wizards (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  29. «Wizards acquire Johnson from Pelicans». Washington Wizards (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  30. «Pelicans waive Markieff Morris». New Orleans Pelicans (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  31. «Thunder Signs Markieff Morris». Oklahoma City Thunder (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  32. «Detroit Pistons Sign Free Agent Markieff Morris». Detroit Pistons (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  33. «Suns' Morris twins charged with felony assault». ESPN.com (em inglês). 21 de abril de 2015. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  34. Wilkins, Terell; Marsh, Adrian. «Opening statements Monday in Ex-Suns' assault trial». azcentral (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  35. Joseph, Andrew. «Markieff Morris reacts to Suns trade of Marcus Morris». azcentral (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  36. «Wizards get Markieff Morris from Suns at deadline». ESPN.com (em inglês). 18 de fevereiro de 2016. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  37. «Markieff Morris Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019