Mega Man X

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura o primeiro jogo da série, veja Mega Man X (jogo).

A série Mega Man X (Rockman X no Japão) foi a segunda franquia da série Mega Man. Lançada em 17 de dezembro de 1993 no Japão (e fevereiro de 1994 na América do Norte) no Super Nintendo, continuando suas diversas sequências em múltiplas plataformas. O enredo é uma continuação de sua série precedente, Mega Man. A jogabilidade introduziu novos elementos à franquia, como a habilidade de arrancada (Dash) e escalar paredes. Os seis primeiros da série foram compilados em uma antologia, chamada Mega Man X Collection, para Playstation 2 e Nintendo Gamecube. É um dos melhores, e mais renomados, nomes da série da Capcom.

História[editar | editar código-fonte]

A série se passa no ano 21XX, quando Dr. Cain, um famoso paleontólogo, participava de uma escavação em busca do fóssil de uma planta e achou por acidente o antigo laboratório do Dr. Thomas Light (da série Mega Man anterior). Para sua surpresa, em meio os destroços do antigo laboratório, Cain encontrou um robô chamado Mega Man X em uma cápsula de diagnóstico, na qual havia sido selado para pelo menos 30 anos de testes, levando em conta o potencial perigo de tal modelo. Mega Man X (chamado de ‘‘X’’) possuía o poder de tomar suas próprias decisões, o que surpreendeu o paleontólogo. Dr. Cain se dedica então a estudar X e com o tempo, ignorando os avisos deixados na cápsula por Dr. Light, conseguiu fabricar seus próprios robôs, baseados no projeto de X, também dotados de livre arbítrio, chamados de Reploids.

Mas, de alguma forma, muitos dos Reploids criados por Cain começaram a se rebelar e atacar os humanos. Esses Reploids malignos se auto-denominam de Mavericks (mais tarde é revelado que o motivo deles se rebelarem é um virus criado por Dr. Willy, e implantado também o robô chamado Zero. Com isto, foram criados os Mavericks Hunters, um grupo formado por Reploids aliados à raça humana, que seria responsável pelo controle de ocorrências com Mavericks.

Sigma,um Reploid de grandes capacidades, foi escolhido para ser o líder dos Mavericks Hunters (Caçadores de Mavericks). Sigma liderou com firmeza e controle a situação, até que ele também se tornou um deles, e do outro lado declarou a Guerra Maverick contra os humanos e reploids. X tomou a iniciativa de juntar-se aos Maverick Hunters (Caçadores de Mavericks) sob o novo líder, Zero, em uma missão para salvar a Terra de Sigma. Ao longo da série, X, Zero, e posteriormente Axl—um protótipo da próxima geração de Reploids—lutam contra Sigma e seus seguidores Mavericks para impedir suas diversas conspirações para destruir a raça humana.

Personagens[editar | editar código-fonte]

X: O personagem principal. Maverick Hunter “classe B”. Desconhecia o seu passado. Foi criado pelo Dr.Thomas Light, caso o mundo precisasse de um novo campeão, mas esperando que o mundo lhe desse uma opção pacífica de vida. A partir dele são construídos os primeiros Reploids. Simpatiza com Zero. Utiliza, assim como o Mega Man clássico, sua arma é um canhão em um de seus braços, cuja mão é retrátil (geralmente a esquerda, mas parece mudar de mão em diversas artes dos jogos mais antigos, bem como nas próprias imagens dos jogos). Na Série Mega Man Zero, X teve seu corpo físico destruído, passando a existir como um ser cibernético incorpóreo.

Zero: É um Caçador de Mavericks de alta classe e passa por constantes tormentos relacionados ao seu passado misterioso esquecido que apenas vislumbra em pesadelos, e pelo fato de o Virus não o afetar como faz com outros Reploids, que tem suas programações corrompidas, se tornando erráticos e violentos e se inclinando à destruição de humanos. Ao contrário, o vírus, o torna mais forte, e não lhe causa absolutamente nenhum efeito nocivo; um enigma que o atormenta bastante. Do Mega Man X ao X3, sua arma principal é o Z-Buster (como o canhão no braço de Mega Man e Mega Man X), com o Z-Saber (Sabre-Z) sendo introduzido ao seu arsenal no X2 e sendo usável tanto por Zero e por X no X3, mas como uma arma coadjuvante. Do Mega Man X4 em diante, o Z-Saber se torna sua arma principal, e o canhão sua secundária (na verdade ela não é vista em uso desde o X6, mas uma arma similar chamada Buster Shot é uma de suas armas na série Mega Man Zero). Zero pode também empunhar outras armas, como visto no X7, X8, e na série Zero. Ele na verdade foi criado por Dr. Wily como sua “obra-prima” a fim de substituir Bass e destruir X, a obra-prima de Light, assim acertando contas com seu rival e provando sua superioridade. No final de Mega Man X6, Zero é visto em algum lugar do futuro, entrando em uma cápsula de hibernação na qual acorda 102 anos depois, em 15 de agosto, provavelmente preparando o palco para a série Mega Man Zero, na qual Zero se torna o protagonista. Essa seria a primeira de duas vezes que Zero sela a si próprio. Zero é um personagem jogável em SNK vs. Capcom: SVC Chaos, Tatsunoko vs. Capcom: Ultimate All-Stars, Marvel vs. Capcom 3: Fate of Two Worlds, Ultimate Marvel vs. Capcom 3, Marvel vs. Capcom Infinite e Project X Zone e sua sequência.

Axl: Reploid com a habilidade única de copiar a aparência e a habilidade de outros Reploids, a partir do código de dados. Junta-se aos Maverick Hunters durante o incidente com a Red Alert, que acontece no jogo Mega Man X7.É bastante imaturo em relação a X e Zero e se comporta como um adolescente extrovertido e piadista,ocorrendo situações em que Axl tira a paciência dos dois, porem consegue ser bastante sério quando a situação pedir.Usa 2 pistolas como ataque (mas usa apenas 1 na maior parte do tempo), pode usar jatos para flutuar e também pode rolar para desviar dos tiros inimigos.Em Megaman X8 é revelado que Axl é um novo prototipo de Reploid que pode copiar outros Reploids, e que possuem um chip que impede que se torne Maverick.Não existe nenhuma refêrencia que Axl tenha existido na série Megaman Zero porque Keiji Inafune, criador da série, não havia planejado os jogos Megaman X6, X7 e X8 e Megaman X Comand Mission.É mais provável que Axl tenha morrido nas Maverick Wars ou nas Elf Wars, sendo que nesta última guerra 80% da população replóide do planeta fora exterminada.

História da Série[editar | editar código-fonte]

Título Lançamento (Japão/América do Norte) Plataforma Notas

Mega Man X

Dezembro de 1993/

Janeiro de 1994

SNES/PC Mais tarde recebeu um remake para PSP chamado de Mega Man Maverick Hunter X. Em 21 de Dezembro de 2011 também recebeu outro remake para iPhone e iPad.
Mega Man X2 Dezembro de 1994/

Janeiro de 1995

SNES
Mega Man X3 Dezembro de 1995/

Janeiro de 1996

SNES Em 1996, recebeu um port 32-bit para Sega Saturn, PlayStation, e PC.
Mega Man X4 Agosto de 1997/

Setembro 1997

Sega Saturn/PlayStation/PC
Mega Man Xtreme Outubro de 2000/

Janeiro de 2001

Game Boy Color
Mega Man X5 Novembro de 2000/

Janeiro de 2001

PlayStation/PC
Mega Man Xtreme 2 Julho de 2001/

Novembro 2001

Game Boy Color
Mega Man X6 Novembro de 2001/

Dezembro de 2001

PlayStation/PC Lançamento de PC foi exclusivo para os mercados asiáticos.
Mega Man X7 Julho de 2003/

Outubro de 2003

PlayStation 2/PC Lançamento de PC foi exclusivo para os mercados asiáticos.
Mega Man X: Command Mission Julho de 2004/

Setembro de 2004

PlayStation 2/Nintendo GameCube
Mega Man X8 Dezembro de 2004/

Março de 2005

PlayStation 2/PC
Mega Man X Collection Janeiro de 2006 PlayStation 2/Nintendo GameCube Essa compilação foi lançada exclusivamente na América do Norte.
Mega Man Maverick Hunter X Dezembro de 2005/

Fevereiro 2006

PSP Remake de Mega Man X.

Jogos[editar | editar código-fonte]

  1. Mega Man X (1993, SNES ; 1995, PC)
  2. Mega Man X2 (1994, SNES)
  3. Mega Man X3 (1995/1996, SNES, PlayStation, Sega Saturn; 1998, PC)
  4. Mega Man X4 (1997, PlayStation, Sega Saturn; 1998, PC)
  5. Mega Man X5 (2000/2001, PlayStation, PC)
  6. Mega Man X6 (2001, PlayStationPC)
  7. Mega Man Xtreme (2001, Game Boy Color)
  8. Mega Man Xtreme 2 (2001, Game Boy Color)
  9. Mega Man X7 (2003, PlayStation 2 e PC)
  10. Mega Man X8 (2004, PlayStation 2 e PC)
  11. Mega Man X: Command Mission (2004, PlayStation 2 e Nintendo GameCube)
  12. Mega Man Maverick Hunter X (remake do original; 2005, PSP)
  13. Mega Man X Collection (compilação com os 6 primeiros jogos; 2006, PlayStation 2 e Nintendo GameCube)

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Foi confirmado pelo criador de Mega Man, Keiji Inafune, que 'Mega Man X' não é o Mega Man da série clássica, como muitos acreditam. Embora não confirmadas diretamente pelo criador, o mesmo vale para outras relações comuns como Protoman e Zero, que definitivamente coexistiram (fato confirmado pelo final de Bass em Megaman 2: the power fighters, para Arcade), e a mais recente aberração, que compara Axl a Bass.É bom lembrar que os personagens da série são robôs, o que simplifica bastante algumas questões, por exemplo, Protoman é o prototipo do Mega Man original, e os dois sem o capacete são bastante parecidos fisicamente mas são robôs diferentes, e Mega Man X é um modelo mais avançado de Mega Man, ou seja, da mesma forma que Protoman é um protótipo do Mega Man clássico, este poderia ser um protótipo de X, mas seriam robôs diferentes.
  • Não há probabilidade de Bass ser atualmente Zero, pois no final de Bass em Megaman 2: the power fighters, Aparece uma "imagem", que mostra claramente Zero, e Bass e Willy conversando sobre Zero, que estava pra ser criado. Bass foi criado pela mesma energia que Zero, o Bassinium.

Em Marvel vs. Capcom 3: Fate of Two Worlds Zero tem uma palheta de cores onde ele está escuro com detalhes amarelos (as mesmas cores de bass). Isso pode ser tanto uma brincadeira dos produtores da Capcom, quanto uma "pista" sobre a identidade de Zero.Utilizando o mesmo raciocínio acima é possivel que Bass seja apenas um protótipo de Zero, a primeira tentativa de Dr.Wily de criar um robô de destruição em massa que lhe ajudasse a conquistar o mundo.

  • A passagem de Mega Man (Também chamado Rockman) para Mega Man X é marcada pela dúvida do que aconteceu com todos os personagens do Mega Man Clássico. Existem diversas teorias, mas poucas realmente plausíveis.As únicas informações confirmadas pela Capcom é que Zero jamais chegou a ser despertado antes da série X e que o vírus Maverick tem conexões com a Evil Energy de Mega Man 8 e a Roboenza de Mega Man 10.
  • Zero, o parceiro do Mega Man X, era a idéia original de Keiji Inafune para ser o protagonista da série[1]. Mas por ser muito diferente do Mega Man clássico, fora substitúido por X. Mais tarde estrelaria a sua própria série, Mega Man Zero. Ele foi reformulado como mentor e, posteriormente, parceiro de X, em favor de um protagonista que “parecesse mais o Mega Man”.
  • A série X é frequentemente questionada por algumas semelhanças com a série de filmes Star Wars, sendo umas das mais óbvias a semelhança do personagem Vile com o caçador de recompensas Boba Fett. Considerando o nome japonês de Vile (Vava) e a pronuncia japonesa, que troca o som de "V" por "B", o nome dos dois fica muito parecidos. Outra semelhança está na função de Zero com a função de Obi-Wan Kenobi. Ambos morrem para salvar o personagem principal e desaparecem depois da morte. Outra semelhança está no final do jogo Mega Man X, em que ao lutar contra o primeiro Sigma, o vilão está utilizando um sabre de luz verde.
  • Vários personagens na versão americana de Mega Man X5 foram nomeados com base no nome de integrantes da banda Guns N' Roses. Acredita-se que o nome do personagem Axl seja baseado no nome do vocalista Axl Rose. A música do estágio de Neon Tiger, em Mega Man X3 é uma versão instrumental da música "My Michelle" da banda.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Hoffman, Chris (Abril de 2014). «The Best Damn Mega Man Feature. Period». Play Magazine. 3 
Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.