Pópis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo. Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Pópis
Língua original Espanhol
Idade 8
Origem  México
Dublagem Brasil Martha Volpiani
Temporada(s) 1974-1979;1980-1992
Série Chaves
Primeira aparição O Festival da Burrice (1974) Brincando de Escolinha (1980)
Última aparição Vamos Ao Parque Parte 1 (1979) Aulas de Inglês (1992)
Interpretado por Florinda Meza
Projecto Televisão  · Portal Televisão

La Popis (Pópis no Brasil) é uma personagem da série El Chavo del Ocho.

Informação pessoal e personalidade[editar | editar código-fonte]

Sobrinha de Dona Florinda e prima do Quico, é uma garota boba e aérea, mas também muito vaidosa e feminina[1] , uma situação que Chiquinha explora para se favorecer, dado que não é tão vaidosa e asseada quanto Pópis, o que causa certa inveja à filha do Seu Madruga. No desenho, Pópis é quase que o completo oposto, sendo esperta e moleca.

Ela também frequenta a escola com outras crianças da vizinhança, usa um vestido cor-de-rosa e está sempre acompanhada de sua boneca Serafina. Aparece frequentemente na vila, onde inicialmente é uma mera visitante, mas algumas aparições da personagem dão a entender que em certo ponto da história ela se mudou para o segundo pátio.

Na série[editar | editar código-fonte]

Pópis foi introduzida no episódio "Festival de Burrice" de 1974, entre os vários personagens criados por Roberto Gómez Bolaños para cobrir o desfalque gerado pelo afastamento temporário de María Antonieta de las Nieves, intérprete da Chiquinha, devido à gravidez da atriz.

Entretanto, a personagem foi retirada após Bolaños receber a carta de um telespectador, pai de um garoto fanho, que se dizia indignado com a representação do distúrbio na série. A personagem voltou um ano depois com uma voz sem este problema e o mesmo homem disse que, se não acabasse com isso, pararia de ver os seriados de Chespirito. Na versão brasileira, ocorreu o contrário. Nos primeiros episódios, Pópis não era fanha, mas acabou ficando nos episódios seguintes.

Após a saída de Carlos Villagrán, a participação da personagem aumenta, assim como a de Nhonho, para exercer as funções de Quico em certos episódios, especialmente quando há necessidade de um protegido da Dona Florinda.

Na série animada[editar | editar código-fonte]

Pópis participa da versão animada da série, dividindo com Nhonho boa parte das funções de Chiquinha. Por conta disso, mesmo mantendo parte de seus traços originais, Pópis foi quase que totalmente reformulada. No desenho, ela não só é mais esperta que Quico, mas também mais atrevida, travessa e energética. Por vezes, também se mostra mais forte que os meninos e inclusive demonstra certo interesse romântico em Chaves.

Bordões[editar | editar código-fonte]

  • Eu vou contar tudo pra minha mãe/tia!
  • Conta tudo pra sua mãe, (nome do personagem)!
  • Mas eu vou te acusar!
  • Presente, querido professor!
  • Quico, se o Chaves te bateu, porque não conta tudo para sua mãe? (No desenho, quando Quico apanha do Chaves, que o noucateia com 3 socos)
  • Quico, se o Seu Madruga te beliscou, porque não conta tudo para sua mãe? (No desenho, quando Seu madruga acaba de beliscar o Quico, e depois de falar isso, Seu Madruga zomba da Pópis imitando o que ela disse)

Relação com outros personagens[editar | editar código-fonte]

Chaves - Na série, a interação dos dois pode ser resumida como uma pequena amizade, similar a com Quico, mas em menor grau. Na versão animada, Pópis assume a papel de Chiquinha, interagindo mais com Chaves e o criticando quando faz uma bobagem. Sempre perto dele, a Pópis do desenho tem uma queda não-correspondida por Chaves.

Quico - Pópis adora seu primo, e quando alguém o desrespeita ou quando acontece alguma coisa com ele, ela diz para Quico contar tudo para a mãe dele. No desenho, eles funcionam quase como irmãos e Pópis é rápida em apontar as asneiras de Quico ou criticar suas ações.

Seu Madruga - Não é comum vê-los juntos, mas não possuem uma relação muito amistosa, mesmo no desenho animado. A Televisa afirma que Seu Madruga e Pópis estão em desacordo, já que Pópis é sobrinha da Dona Florinda e esta a avisa para ficar longe do Seu Madruga. Ainda assim, Pópis pode incomodar o pobre homem tanto quanto as demais crianças.

Nhonho - Na série original, Nhonho até mesmo chegou a pedi-la em namoro e, em pelo menos duas ocasiões, Pópis mostra que também gosta dele. No desenho, isso não acontece, mas como ambos são os mais espertos da vila, costumam se entender bem.

Chiquinha - No seriado, Pópis, sendo tonta e mimada, vivia acusando Chiquinha ou dizendo besteiras que a incomodavam, parecido com o que Quico fazia com Chaves, só que menos ofensiva.

Dona Florinda - Pópis adora sua tia, tanto que é mais vista na casa dela do que na própria.

Professor Girafales - Uma simples relação de professor e aluna. No caso de Girafales, isso inclui ser chamado de "professor linguiça", intencionalmente ou não, e corrigir respostas erradas da menina na escola, ou censurá-la quando tenta colar.

Godinez - São bons amigos e colegas, embora não sejam muito comum vê-los interagindo.

Paty - No seriado, Paty e Pópis não possuem um relacionamento definido, se tratando apenas como colegas de classe. Na série animada, elas têm a mesma relação de rivalidade entre Paty e Chiquinha, quando se trata de Chaves, mas, em geral, são vistas sempre como boas amigas, mesmo se unindo quando querem mostrar que podem ganhar dos meninos.

Referências

  1. Vila do Chaves. Personagens de Chaves Vila do Chaves. Visitado em 8 de julho de 2014.