Ranking Mundial de Clubes da IFFHS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Ranking Mundial de Clubes é um ranking divulgado anualmente pela IFFHS. Não tem qualquer vínculo com a FIFA.[1] [2] Esse ranking, criado em 1991, leva em consideração os resultados de todos os clubes nos últimos 365 dias. No último dia do ano a instituição faz o fechamento anual divulgando o ranking dos clubes que mais pontos ganharam em todo o ano. O ranking anual é posteriormente utilizado para actualizar o ranking dos maiores clubes de todos os tempos.[3]

Ranking Atual[editar | editar código-fonte]

As informações foram baseadas no ranking atualizado pela IFFHS em 07 de Janeiro de 2016.[4]

Os 40 primeiros no ranking[editar | editar código-fonte]

Posição Clube Confederação Pontos
1 (Green Arrow Up.svg5) Espanha Barcelona UEFA 379,0
2 (Green Arrow Up.svg6) Itália Juventus UEFA 286,0
3 (Green Arrow Up.svg8) Itália Napoli UEFA 268,0
4 (Red Arrow Down.svg3) Alemanha Bayern München UEFA 263,0
5 (Green Arrow Up.svg9) França Paris Saint Germain UEFA 257,0
6 (Red Arrow Down.svg4) Espanha Real Madrid UEFA 241,0
7 (Green Arrow Up.svg61) Colômbia Independiente Santa Fe CONMEBOL 240,0
8 (Green Arrow Up.svg5) Itália ACF Fiorentina UEFA 236,0
9 (Green Arrow Up.svg90) Argentina River Plate CONMEBOL 234,5
10 (Green Arrow Up.svg136) Alemanha Wolfsburg UEFA 232,0
11 (Green Arrow Up.svg6) Alemanha Borussia Dortmund UEFA 228,0
12 (Red Arrow Down.svg5) Espanha Sevilla UEFA 226,0
13 (Green Arrow Up.svg164) Argentina Boca Juniors CONMEBOL 220,0
14 (Red Arrow Down.svg5) Inglaterra Arsenal UEFA 216,0
15 (Red Arrow Down.svg3) Suíça Basel UEFA 213,5
16 (Green Arrow Up.svg61) México Tigres CONCACAF 213,0
17 (Green Arrow Up.svg40) Itália Lazio UEFA 212,0
18 (Green Arrow Up.svg128) Brasil Internacional CONMEBOL 210,0
(Green Arrow Up.svg118) Espanha Athletic Club UEFA 210,0
20 (Green Arrow Up.svg67) Mónaco Monaco UEFA 209,0
21 (Green Arrow Up.svg48) Equador Emelec CONMEBOL 207,5
22 (-) Bélgica Club Brugge UEFA 207,0
23 (Red Arrow Down.svg20) Espanha Atlético de Madrid UEFA 206,0
24 (Green Arrow Up.svg12) Escócia Celtic UEFA 202,0
25 (Green Arrow Up.svg105) Brasil Corinthians CONMEBOL 198,0
26 (Green Arrow Up.svg25) Croácia Dinamo Zagreb UEFA 195,0
27 (-) Espanha Villarreal UEFA 194,0
28 (Green Arrow Up.svg118) Paraguai Guaraní CONMEBOL 193,5
29 (-) Argentina Racing CONMEBOL 192,0
30 (Green Arrow Up.svg21) Ucrânia Dynamo Kyiv UEFA 189,0
31 (Green Arrow Up.svg6) Rússia Zenit São Petersburgo UEFA 187,5
32 (Green Arrow Up.svg66) Brasil São Paulo CONMEBOL 182,0
(Green Arrow Up.svg34) Portugal FC Porto UEFA 182,0
34 (-) Argentina Huracán CONMEBOL 178,5
35 (Green Arrow Up.svg76) França Saint-Étienne UEFA 178,0
(Green Arrow Up.svg79) Tunísia Étoile du Sahel CAF 178,0
37 (Green Arrow Up.svg38) Alemanha Bayer Leverkusen UEFA 177,0
38 (Green Arrow Up.svg43) Itália Roma UEFA 175,0
39 (Green Arrow Up.svg141) Turquia Fenerbahçe UEFA 174,5
40 (Red Arrow Down.svg7) Inglaterra Manchester United UEFA 174,0

Clubes brasileiros no ranking[editar | editar código-fonte]

Posição Clube Pontos
18 (Green Arrow Up.svg128) Rio Grande do Sul Internacional 210,0
25 (Green Arrow Up.svg105) São Paulo Corinthians 198,0
32 (Green Arrow Up.svg66) São Paulo São Paulo 182,0
51 (Red Arrow Down.svg26) Minas Gerais Cruzeiro 164,0
69 (Red Arrow Down.svg49) Minas Gerais Atlético Mineiro 145,0
103 (Green Arrow Up.svg73) São Paulo Santos 126,0
129 (Red Arrow Down.svg107) Rio Grande do Sul Grêmio 114,0
133 (-) São Paulo Palmeiras 112,0
141 (Red Arrow Down.svg111) Paraná Atlético Paranaense 108,5
160 (-) Santa Catarina Chapecoense 101,5
160 (-) Pernambuco Sport Recife 101,5
197 (-) Rio de Janeiro Fluminense 90,0

Clubes portugueses no ranking[editar | editar código-fonte]

Posição Clube Pontos
32 (Green Arrow Up.svg34) Porto Porto 149,0
45 (-) Lisboa Sporting 169,0
86 (-) Braga SC Braga 135,5
100 (Red Arrow Down.svg90) Lisboa Benfica 130,0

Ranking de todos os tempos (conquistas computadas a partir de 1991)[editar | editar código-fonte]

Ao fim de cada ano a IFHHS atribui pontos aos cinquenta primeiros lugares do ranking mensal, recebendo 50 pontos o primeiro, 49 o segundo e assim sucessivamente. Apesar de o ranking dos maiores clubes de todos os tempos dar a entender, através de sua denomição, que refere-se à toda a história do futebol, são levados em consideração apenas dados obtidos a partir de 1 de janeiro de 1991.

Desta maneira, clubes como o Santos FC, o Liverpool FC ou o Benfica, que nas décadas de 60 e 70 obtiveram inúmeras vitórias e títulos, não figuram no topo do ranking exatamente por este não considerar resultados anteriores a 1 de janeiro de 1991, sendo assim prejudicados. Uma justificativa para o uso de dados obtidos a partir de 1 de janeiro de 1991 na elaboração do ranking seria o fato de a verdade desportiva anterior a este período não ser muito fiável.[carece de fontes?]

Por outro lado, clubes que começaram ou continuaram a obter bons resultados na década de 1990 aparecem no topo do ranking, como é o caso do Manchester United e FC Barcelona.

Esse sistema de apenas considerar jogos a partir de 1991 cria casos inusitados como acontece com o clube AD São Caetano que foi fundado apenas em 1989, dois anos antes do início da contagem, porém está no ranking à frente de clubes centenários que antes da criação do sistema tiveram muitos momentos de glória na sua história, mas que não contam para o ranking.

Os 10 maiores de todos os tempos[editar | editar código-fonte]

Posição Clube Pontos
1 (-) Espanha Barcelona 807
2 (-) Inglaterra Manchester United 726
3 (Green Arrow Up.svg2) Espanha Real Madrid 633
(-) Itália Juventus
5 (Red Arrow Down.svg1) Itália Milan 620
6 (-) Itália Internazionale 605
7 (-) Alemanha Bayern München 599
8 (-) Inglaterra Arsenal 594
9 (-) Argentina River Plate 503
10 (-) Inglaterra Chelsea 491

Série Histórica[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Cronologia do Ranking da IFFHS

Recordes[editar | editar código-fonte]

  • O Sevilla é o clube que manteve-se por mais tempo na primeira posição do ranking, ficando na liderança por dezoito meses consecutivos (do dia 1º de setembro de 2006 até 28 de fevereiro de 2008), quebrando assim o antigo recorde da Roma (Março/1991 a Janeiro/1992).[5] [6]
  • O Milan é o clube com o maior número de presenças no topo do ranking, 37. Isso contribui para que a Itália seja o país com mais presenças no topo, 82, sendo que foram seis clubes diferentes que já representaram o este país no topo: Milan (37), Juventus (16), Internazionale (13), Roma (11), Torino (4) e Lazio (1).

Sistema de pontuação[editar | editar código-fonte]

O sistema de pontuação[7] está dividido em duas classes: Competições internacionais e competições nacionais. Apenas são considerados os jogos de competições reconhecidas pela FIFA.

As competições internacionais estão divididas por continente e o seu grau de competitividade afecta directamente nos pontos atribuídos.

Uma ideia semelhante é seguida nas competições nacionais onde existem 4 níveis, onde cada país tem um nível, que depende da competitividade das suas competições nacionais. Por exemplo, a Itália é um dos país que tem o nível mais alto (4), por isso uma equipa italiana recebe mais pontos por uma vitória nacional (4) enquanto uma equipa de Portugal recebe menos (3,5) por este país estar no nível 3.

Os pontos atribuídos são:

Para competições internacionais[8]
Competição Pontos por vitória Pontos por empate
Liga dos Campeões da UEFA 14,0 7,0
Liga Europa da UEFA 12,0 6,0
Copa Libertadores da América 14,0 7,0
Copa Sul-Americana 12,0 6,0
Liga dos Campeões da CAF 9,0 4,5
Copa da CAF 7,0 3,5
Liga dos Campeões da AFC 9,0 4,5
Copa da AFC 7,0 3,5
Liga dos Campeões da CONCACAF 9,0 4,5
Copa do Mundo de Clubes da FIFA (semifinais) 14,0 7,0
Copa do Mundo de Clubes da FIFA (final)[9] 21,0 10,5
Para competições nacionais
Nível Países Vitória Empate Derrota
4  Alemanha
 Argentina
 Brasil
Flag of Spain.svg Espanha
 França
 Inglaterra
 Itália
4 2 0
3  República Checa
 Bélgica
 Colômbia
Escócia
 Chile
 Peru
 México
 Países Baixos
 Paraguai
 Turquia
 Grécia
 Rússia
Uruguai
 Portugal
 Ucrânia
3,5 2 0
2  Egito
Honduras
 Índia
 China
 Armênia
Arábia Saudita
Camarões
 Croácia
Nicarágua
 Eslováquia
Senegal
 Catar
 Malásia
 Emirados Árabes Unidos
Kuwait
 Japão
 Zâmbia
 Irlanda
 Venezuela
 Hungria
 Lituânia
 Noruega
 Geórgia
 Argélia
 Bahrein
 Albânia
 Letônia
Omã
 Polónia
 Guatemala
 Sérvia
 Bielorrússia
Gana
Nigéria
 Macedônia
África do Sul
 Moldávia
Honduras
 Eslováquia
 Síria
 Estónia
Costa do Marfim
Costa Rica
 Uzbequistão
 Áustria
 Bahamas
 Coreia do Sul
 Azerbaijão
 Romênia
 Bulgária
 Dinamarca
Equador
 Israel
 Irão
 Finlândia
 Tunísia
 Marrocos
 Angola
Jordânia
Suíça
 Suécia
 Turquia
 Estados Unidos
 Austrália
3 1,5 0
1  Bósnia e Herzegovina 2,5 1 0

Notas

  1. «Declaration by FIFA / IFFHS» (em inglês). IFFHS. Consultado em 7 de janeiro de 2010. 
  2. «Does FIFA employ a ranking system for club teams similar to the FIFA/Coca-Cola World Ranking for national teams?» (em inglês). FIFA. 28 de março de 2003. Consultado em 7 de janeiro de 2010. 
  3. O ranking de todos os tempos leva em consideração apenas os jogos realizados desde 1 de Janeiro de 1991, dia do início das actividades da instituição.
  4. IFFHS. «CLUB WORLD RANKING 2015» (em inglês). Consultado em 7 de Janeiro de 2016. 
  5. IFFHS (3 Setembro 2007). «Clubs more times First in Club World Ranking». Consultado em 3 Setembro 2007. 
  6. «Sevilla: um ano na ponta do ranking mundial». 3 Setembro 2007. Consultado em 4 Setembro 2007. 
  7. Sistema de acordo com a nova fórmula de cálculo estabelecida pela IFFHS em 6 de Janeiro de 2007
  8. «How the Club World Ranking is made». IFFHS official website. Consultado em 2009-09-23. 
  9. Ou Copa Intercontinental de 1991 a 2005.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]