Renato Augusto (1990)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Renato Augusto
Informações pessoais
Nome completo Renato Augusto de Assis Pinto
Data de nasc. 17 de julho de 1990 (29 anos)
Local de nasc. Bom Despacho (MG),  Brasil
Altura 1,81 m
Ambidestro
Informações profissionais
Clube atual Brasil Rio São Paulo
Posição Volante
Clubes de juventude

2006
20072010
Brasil Cruzeiro
Brasil Tigres do Brasil
Brasil Vasco da Gama
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20102014
2011
2014
2015
2017
2018
2019
Brasil Vasco da Gama
Brasil Atlético-GO (emp.)
Brasil Ipatinga (emp.)
Brasil Ipatinga
Brasil Paraíso-TO
Brasil Araguaína
Brasil Rio São Paulo
00006 000(1)
00003 000(0)
00005 000(0)
00012 000(1)
00005 000(0)
00004 000(0)
00007 000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 1º de outubro de 2019.

Renato Augusto de Assis Pinto mais conhecido como Renato Augusto (Bom Despacho, 17 de julho de 1990) é um futebolista brasileiro que joga como volante. Atualmente, defende o Rio São Paulo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início da carreira[editar | editar código-fonte]

Capitão nas divisões de base do Vasco, Renato Augusto subiu ao profissionais em 2010. Marcou seu primeiro gol pelos profissionais arriscando um chute de longe contra o Cruzeiro, em que a sua equipe perdeu por 3x1, mas não deu sequência de jogos como todos esperavam. Acabou perdendo espaço no Carioca do ano seguinte.

Atlético-GO[editar | editar código-fonte]

Em 2011, após perder espaço no clube cruzmaltino, o atleta é emprestado ao Atlético-GO, para a disputa do Brasileirão.[1]

Retorno ao Vasco[editar | editar código-fonte]

Em 2012, Renato é reintegrado ao elenco cruzmaltino, após treinar separadamente do elenco.[2]Voltou a entrar em campo somente no último jogo do Brasileirão - vitória por 2x1 sobre o Fluminense. Em 2013, o jovem meia não foi contado para a temporada e sequer vem treinando com o grupo e aguarda propostas para sair. Seu sonho era deixar o cruzmaltino e jogar no Cruzeiro, após lamentar falta de oportunidade ao longo do ano.[3] Seu contrato com o cruz-maltino vai até 22 de maio de 2014.[4]

Betim[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2014, Renato Augusto confirma seu empréstimo ao Betim até o fim de seu contrato, que expira no dia 22 de maio.[5]Estreou contra o Democrata-GV no qual a sua equipe foi derrotada por 2x0. E foi titular contra o Social no qual a sua equipe acabou derrotada por 1x0.[6]Após disputar o Módulo II, Renato Augusto retorna de empréstimo, mas deixou o Vasco da Gama após seu contrato terminar, mas não foi renovado.[7]

Em fevereiro de 2015, Renato Augusto retorna ao Ipatinga, novamente para a disputa do Módulo II do Mineiro. Sua reestreia foi contra o América-TO, no qual jogou como titular e a sua equipe empatou fora de casa por 1x1. Marcou seu primeiro gol com a camisa do Tigrão de Aço, válida pela 10ª rodada do Módulo II, contra o Social, no empate de 1x1, ajudando a equipe rumo a classificação para a segunda fase.[8]

Paraíso[editar | editar código-fonte]

Em 17 de março de 2017, sem clube desde 2015, Renato Augusto foi anunciado pelo Paraíso, de Tocantins, para a disputa do Campeonato Tocantinense.[9]

Araguaína[editar | editar código-fonte]

Em março de 2018, Renato Augusto foi confirmado como novo reforço do Araguaína, também de Tocantins.[10]

Rio São Paulo[editar | editar código-fonte]

No dia 31 de julho de 2019, Renato Augusto foi anunciado como reforço de peso do Rio São Paulo, para o restante do Campeonato Carioca da Série B2, sendo registrado no mesmo dia pelo BID, da CBF.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Vasco
Rio São Paulo

Referências

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Campeonato
estadual
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Brasil Vasco da Gama 2010 5 1 5 1
2011 0 0 0 0
2012 1 0 1 0
Total 6 1 0 0 6 1
Brasil Atlético Goianiense 2011 3 0 3 0
Total 3 0 3 0
Brasil Ipatinga 2014 5 0 5 0
2015 10 1 10 1
Total 15 1 15 1
Total na carreira 9 1 0 0 0 0 15 1 24 2

Ligações externas[editar | editar código-fonte]