Roberto Guedes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Roberto Guedes
Roberto Dolci Guedes
Comic image missing-pt.png

Nascimento 18 de dezembro de 1965
São Paulo,  São Paulo
Nacionalidade Brasil brasileiro
Área(s) de atuação jornalista, quadrinista, editor e escritor
Trabalhos de destaque Meteoro
Quartel General
Guepardo
Os Protetores

Roberto Carlos Guedes (São Paulo, 18 de dezembro de 1965) é um jornalista, quadrinista, editor e escritor brasileiro.


Biografia[editar | editar código-fonte]

Guedes iniciou sua carreira como quadrinista em 1988 pelas editoras GED, Ninja e Phenix.[1] Entre seus trabalhos independentes mais populares, destacam-se também:

  • Meteoro (1992)
  • Status Comics (1995)
  • Os Protetores (1995)
  • Guepardo (1998)
  • Quartel-General (1999)
  • Gibilândia (2001)
  • Almanaque Meteoro (2010 - atualmente)

Seus trabalhos profissionais no entanto foram paras as editoras Panini Comics (2007-2008), Editora Mythos (2006-2007), Editora Escala (2002-2005), Opera Graphica(2002-2006)[2] e Kalaco (2010-)[3]

É autor dos livros: Quando Surgem os Super-Heróis (2004), e A Saga dos Super-Heróis Brasileiros (2005), ambos pela Opera Graphica e a A Era de Bronze dos Super-heróis (2008) pela HQM Editora, sobre o período conhecido como Era de Bronze dos quadrinhos, pioneiro dedicado a tal período dos Quadrinhos no mundo. A Era de Bronze dos Super-Heróis ganhou em 2008 o Troféu Bigorna de "Melhor Livro Teórico" daquele ano[4].

Roberto Guedes também foi colaborador de sites especializados em quadrinhos, tais como HQManiacs e Bigorna.net, mas atualmente mantém seu blog Guedes Manifesto[5], voltado para Histórias em Quadrinhos e que se tornou um selo independente, que lançou em março de 2010 a revista independente Almanaque Meteoro 1, com artigos, entrevistas e histórias em quadrinhos diversas, com destaque para o super-herói Meteoro.[6], em 2012, lançou pela Editorial Kalaco, o livro Stan Lee – O Reinventor dos Super-Heróis[7].

Guedes ganhou mais três prêmios em sua carreira: dois Angelo Agostini de "Melhor Editor", em 2002 e 2003; e o Jayme Cortez de 2004, por sua "Contribuição ao Quadrinho Brasileiro"[8].


Em 2013, publicou um artigo na revista americana Alter Ego, editada pela TwoMorrows Publishing.

Em 2014, publicou um artigo na revista Grandes Temas – História Viva # 52 da Duetto Editorial.[9]

Em 2016, publicou o livro Universo dos Super - Heróis - Stan Lee - A Vida e a Obra do Criador dos Heróis Marvel pela Discovery Publicações.


Em 2017, publicou o livro Jack Kirby – O Criador de Deuses pela Editora Noir,[10] logo em seguida, relançou o fanzine Status Comics, a primeira edição foi dedicada ao Homem-Aranha.[11]

Atualmente é colaborador da revista Mundo dos Super-Heróis da Editora Europa.[12]

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Quando Surgem Os Super-Heróis, Opera Graphica (2004 ISBN 858996101X )
  • A saga dos Super-Heróis Brasileiros, Opera Graphica (2005 ISBN 8589961230 )
  • A Era de Bronze dos Super-heróis, HQM Editora (2008 ISBN 9788599859155 )
  • Stan Lee – O Reinventor dos Super-Heróis Editorial Kalaco (2012)
  • Universo dos Super-Heróis - Stan Lee - A Vida e a Obra do Criador dos Heróis Marvel, Discovery Publicações (2016)
  • Jack Kirby – O Criador de Deuses, Editora Noir (2017)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.