Seca dos três setes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Seca dos três setes ocorreu no sertão do Ceará em 1777 e prolongou-se com a estiagens de 1778 e 1779 durando por três anos. Dizimou os habitantes da região castigada e determinou migração populacional. A pecuária extinguiu-se em 7/8 do número de cabeças de gado pré-existentes.

O Amazonas, que a partir da terrível seca do Ceará (1777) tornara-se a grande oportunidade de sobrevivência de migrantes nordestinos e convertera-se no eldorado de exploradores de diferentes procedências, contabilizava naquele fim de ciclo surpreendentes índices de arrecadação tributária. O seringal era o destino de quase todos os nordestinos. 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Barragens no Nordeste do Brasil. Acervo do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs
  • Girão, R.: Pequena História do Ceará, Fortaleza. Editora Instituto do Ceará, 1967. pag. 119 até 124.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]