Should've Said No

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Should've Said No"
Single de Taylor Swift
do álbum Taylor Swift
Lançamento 19 de maio de 2008
Gênero(s) Country Pop, Pop Rock
Duração 4:04
Gravadora(s) Big Machine
Composição Taylor Swift
Produção Nathan Chapman
Cronologia de singles de Taylor Swift
"Picture to Burn"
(2008)
"Change"
(2008)

"Should've Said No" é uma canção escrita e gravada pela cantora e compositora esdadunidense Taylor Swift. A música foi o quinto e último single do seu auto-intitulado álbum de estreia. A canção é sobre Swift se dirigindo a seu ex-namorado que a traiu.[1][2] Tornou-se seu segundo single a atingir a primeira posição na Billboard Hot Country Songs, e foi Top 40 na Billboard Hot 100.[3] Além disso, "Should've Said No" recebeu certificado de platina pela Recording Industry Association of America (RIAA).[4]

A música está inclusa no filme da turnê Jonas Brothers: The 3D Concert Experience, e na trilha sonora para o filme.[5] Uma versão alternativa da canção foi liberada em seu extended play Beautiful Eyes. Até o mês de Novembro de 2014, haviam sido vendidas 1.4 milhões de cópias nos Estados Unidos.[6]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Roger Holland, da PopMatters, disse que "Should've Said No" é "uma verdadeiramente esplêndida música de pop-rock envolvida em um arranjo de country quase totalmente espúrio".[7] Chris Neal, da Country Weekly, acreditava que "Should've Said No" e seu single anterior "Picture to Burn", foram as músicas mais imediatamente impressionantes em seu álbum auto-intitulado Taylor Swift.[8] Alison Bonaguro, do Chicago Tribune, chamou a canção juntamente com "Teardrops on My Guitar" e "Invisible" como "canções com espírito de vingança" e comentou que os temas de Swift permaneceram o mesmos durante toda a produção.[9]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Certificações[editar | editar código-fonte]

País (Empresa) Certificação
 Estados Unidos (RIAA) Platina[15]

Referências

  1. «Flashback: Taylor Swift Lights Up a Cheating Ex». Rolling Stone. 24 de outubro de 2016. Consultado em 23 de abril de 2017 
  2. «Shake It Off: Taylor Swift's 10 Most Empowering Lines». Rolling Stone. 29 de outubro de 2014. Consultado em 23 de abril de 2017 
  3. «Taylor Swift - Chart history | Billboard». www.billboard.com (em inglês). Consultado em 23 de abril de 2017 
  4. «Gold & Platinum - RIAA (Should've Said No by Taylor Swift)». RIAA (em inglês). Consultado em 23 de abril de 2017 
  5. Lac, J. Freedom du (28 de fevereiro de 2009). «Movie Review: "Jonas Brothers: The 3D Concert Experience"». The Washington Post (em inglês). ISSN 0190-8286 
  6. «Ask Billboard: All-Taylor Swift Edition». Billboard. 11 de novembro de 2014. Consultado em 23 de abril de 2017 
  7. «Taylor Swift: Taylor Swift». PopMatters. 9 de novembro de 2006. Consultado em 23 de abril de 2017 
  8. «Taylor Swift - Country Weekly». 1 de dezembro de 2006. Consultado em 23 de abril de 2017 
  9. «Taylor Swift a prodigy who's coming of age». Chicago Tribune (em inglês). 4 de fevereiro de 2008. Consultado em 23 de abril de 2017 
  10. «Taylor Swift – Should've Said No (Canadian Hot 100)» (em inglês). Canadian Hot 100. Consultado em 23 de abril de 2017 
  11. «Taylor Swift – Should've Said No (Billboard Hot 100)» (em inglês). Billboard . Prometheus Global Media. Consultado em 23 de abril de 2017 
  12. «Taylor Swift – Should've Said No (Billboard Hot Country Songs)» (em inglês). Billboard . Prometheus Global Media. Consultado em 23 de abril de 2017 
  13. «Taylor Swift – Should've Said No (NZ Top 40 Singles)» (em inglês). NZ Top 40 Singles. Consultado em 23 de abril de 2017 
  14. «Best of 2008: Country Songs». Billboard . Prometheus Global Media. Consultado em 23 de abril de 2017 
  15. «RIAA – Gold & Platinum – Should've Said No» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 21 de abril de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.