The Good Dinosaur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
The Good Dinosaur
A Viagem de Arlo (The Good Dinosaur) (PRT)
O Bom Dinossauro (BRA)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2015 •  cor •  100 min 
Direção Peter Sohn
Produção Denise Ream
Produção executiva John Lasseter
Lee Unkrich
Andrew Stanton
Roteiro Meg LeFauve
História Peter Sohn
Erick Benson
Meg LeFauve
Kelsey Mann
Bob Peterson
Elenco Raymond Ochoa
Jack Bright
Jeffrey Wright
Frances McDormand
Anna Paquin
Steve Zahn
Sam Elliott
Marcus Scribner
AJ Buckley
Gênero animação
aventura
Música Mychael Danna
Jeff Danna
Cinematografia Sharon Calahan
Mahyar Abousaeedi
Edição Stephen Schaffer
Companhia(s) produtora(s) Walt Disney Pictures
Pixar Animation Studios
Distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures
Lançamento Estados Unidos 25 de novembro de 2015
Portugal 26 de novembro de 2015
Brasil 7 de janeiro de 2016
Idioma inglês
Orçamento US$ 200 milhões
Receita US$ 332 207 671[1]
Página no IMDb (em inglês)

The Good Dinosaur (A Viagem de Arlo (The Good Dinosaur)POR ou O Bom DinossauroBRA) é um filme de animação produzido pela Pixar Animation Studios, sendo o décimo-sexto animado realizado pelo estúdio. Com as vozes de Raymond Ochoa, Jeffrey Wright, Frances McDormand, Anna Paquin, Marcus Scribner, Steve Zahn e Sam Elliott.[2]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Numa linha do tempo alternativa os dinossauros escaparam da extinção quando o asteróide passou reto pela Terra. Milhões de anos mais tarde, numa fazenda, um casal de Apatossauros agricultores, Henry e Ida, tem três filhos de 11 anos : Buck, Libby e, o último a chocar, Arlo. As crianças tem que deixar sua marca no silo da fazenda por algo grande que fizeram. Buck e Libby já deixaram as suas, mas Arlo possui uma natureza covarde e torna essas tarefas hiper difíceis pra ele. Seu pai, que sempre o ajudou em tudo, quer ajudá-lo a conseguir a marca levando Arlo para montar armadilhas, deixando-o como vigia. Um dia um humano cai na armadilha, mas Arlo é muito bondoso para matá-lo, então o deixa ir. Seu pai fica muito desapontado com ele, então os dois vão até uma montanha para perseguir e achar o humano de novo, até que começa a chover. Arlo se machuca tentando perseguir o humano e seu pai vê que foi longe demais, e antes de ser arrastado pela correnteza, o pai de Arlo o salva, mas é arrastado e morto. Sem seu pai, Arlo tem que ajudar sua mãe a fazer a colheita para o estoque do inverno. Ao chegar no silo de milho encontra o humano outra vez e, num ataque de raiva, o ataca. Por acidente os dois caem no rio e Arlo é nocauteado por uma pedra e desmaia. Quando acorda se vê a quilômetros de distância de sua casa e se levanta para voltar. No meio do caminho encontra uma criatura parecida com uma cobra com patas tentando atacá-lo mas o humano o protege. Depois disso, Forrest Woodbush, um colecionador de animais que quer ficar com ele, tenta chamá-lo com vários nomes, mas ele só responde a Arlo que o batiza de Spot. Depois de viajarem juntos o resto do dia, Arlo lamenta sua família perdida e confia em Spot, que revela que seus pais estão mortos. Os dois dormem. No dia seguinte, uma tempestade violenta chega à terra, e Arlo, lembrando do acidente em que perdeu seu pai, corre para sua segurança. Quando acorda, ele e Spot estão cercados por pterodáctilos. Quando fogem, encontram dois tiranossauros rex chamados Ramsey e Nash. Os dois são cowboys que são treinados pelo pai Butch, que acolhem Arlo e Spot. No rancho todos são atacados por três velociraptores. Arlo afugenta os dois que revidam mas são impedidos por Butch que os bota pra longe, assim conseguem o respeito do trio que leva Arlo á área de sua terra natal. Ao longo do caminho, Arlo e Spot encontram um humano mas o ignoram. Outra tempestade começa a vir fazendo os pterodáctilos voltarem a atacá-los, e dessa vez conseguem tirar Spot da vista de Arlo. Quando Arlo começa a desistir tem uma visão de seu pai levando-o embora, mas Arlo percebe o quanto se importa com Spot e volta. Quando recupera Spot ambos caem em outro rio e Spot desmaia. Arlo o leva para terra-firme onde ele recobra a consciência. No meio do caminho encontram uma família de humanos, assim como Spot, querendo adotá-lo. Arlo não quer deixar o amigo, mas faz o que tem que ser feito. Os dois se despedem emocionalmente e Spot caminha com sua nova família nos dois pés pela primeira vez. Antes de sumirem na montanha, Spot uiva para Arlo, que também uiva pra ele. Arlo volta pra sua casa, recebido por sua mãe e irmãos. Finalmente ele está autorizado a deixar sua marca no silo, entre as de sua mãe e de seu pai.

Elenco[editar | editar código-fonte]

A versão portuguesa foi dirigida por Rui Paulo.[4] Vozes adicionais fornecidas por Ana Carolina.[3]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Em seu primeiro final de semana The Good Dinosaur arrecadou 39 milhões de dólares nos EUA e Canadá. The Good Dinosaur arrecadou 117,3 milhões de dólares nos EUA e Canadá e 148,7 milhões de dólares ao redor do mundo, para um total de mais de 266 milhões de dólares contra um orçamento de 200 milhões, sendo o filme da Pixar que menos arrecadou na bilheteria.

Crítica[editar | editar código-fonte]

The Good Dinosaur teve críticas geralmente positivas parte da crítica especializada. Os agregadores de revisão do site Rotten Tomatoes relataram um índice de aprovação de 76%,ou seja 3 estrelas, com uma classificação média de 6,6/10 com base em uma agregação de 165 críticas.[5] No Metacritic, o filme conseguiu uma classificação média de 66 em 100 baseado em 37 críticas.[6] No IMDb, que é reservado para a avaliação do público, o filme tem uma nota de 6,8 de 10, baseado em mais de 20 mil avaliações.[7]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

The Good Dinosaur foi lançado nos cinemas brasileiros no dia 07 de Janeiro de 2016.[8] Em 16 de fevereiro de 2016, o filme foi lançado em Blu-ray (2D e 3D) e DVD nos Estados Unidos.[9]

Referências

  1. «The Good Dinosaur: Total Lifetime Grosses : Worldwide:» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 6 de novembro de 2017. Arquivado do original em 6 de novembro de 2017 
  2. Wolfe, Jennifer (18 de abril de 2013). «Pixar's Inside Out Gets Official Announcement». Animation World Network. Consultado em 13 de agosto de 2013 
  3. a b c d e f g Sebastião Barata (7 de novembro de 2015). «Já se conhecem as vozes da versão portuguesa de "A Viagem de Arlo"». Espalha Factos. Consultado em 6 de novembro de 2017 
  4. Margarida Vaz; Tomás Anahory (26 de novembro de 2015). «"A Viagem de Arlo"». Antena 1 (RTP). Consultado em 6 de novembro de 2017 
  5. «The Good Dinosaur». www.rottentomatoes.com. Consultado em 8 de Janeiro de 2016 
  6. «The Good Dinosaur». Metacritic. Consultado em 8 de Janeiro de 2016 
  7. «The Good Dinosaur». www.imdb.com. Consultado em 8 de Janeiro de 2016 
  8. Demetrio Dias (4 de janeiro de 2016). «Crítica – O Bom Dinossauro – A volta definitiva da Pixar». SuperGamePlay. Consultado em 4 de janeiro de 2016 
  9. «The Good Dinosaur Blu-ray». Blu-ray.com. Consultado em 5 de janeiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]