Toy Story (franquia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Toy Story
Toy Story logo.svg
Criada porPixar Animation Studios
Trabalho originalToy Story (1995)
Filmes e televisão
Filme(s)
Série(s) de televisão
Áudio
Trilha(s) sonora(s)
Diversos
Brinquedo(s)

Toy Story é uma franquia de filmes animados por computador, criada pela Pixar e distribuída pela Walt Disney Pictures. Iniciada em 1995 com o filme Toy Story, a franquia é baseada no conceito antropomórfico de que todos os brinquedos possuem vida própria secretamente. Os personagens principais são um grupo diverso de brinquedos, incluindo o clássico Xerife Woody e seu amigo Buzz Lightyear. O grupo embarca em ousadas aventuras que desafiam sua capacidade.

Os dois primeiros filmes da franquia foram dirigidos por John Lasseter e o terceiro foi realizado por Lee Unkrich, que também havia sido co-diretor do segundo filme (juntamente com Lasseter e Ash Brannon). Em 2014, Lasseter foi anunciado como diretor do próximo e quarto filme da série.[1]

Todos os três títulos cinematográficos geraram orçamento de 320 milhões de dólares, arrecadando mais de 1.9 bilhão de dólares em todo o mundo. Cada título bateu recorde de bilheteria, sendo que o terceiro foi incluído entre os quinze maiores lançamentos mundiais. Os três filmes também receberam críticas extremamente positivas.[2][3][4] Uma edição especial em Blu-ray e DVD foi lançada em março de 2010, pouco antes do lançamento do terceiro filme.[5] Também foram relançados nos cinemas como Disney Digital 3-D por duas semanas de outubro de 2009.[6][7]

A série é a 23ª franquia de maior bilheteria, a 5ª franquia animada de maior bilheteria (após Shrek, Ice Age, Despicable Me e Madagascar)[8] e figura entre as mais aclamadas trilogias de todos os tempos. Em 1 de novembro de 2011, toda a trilogia foi relançada em formato Blu-ray 3D.

Filmes[editar | editar código-fonte]

A série cinematográfica Toy Story consiste na trilogia animada por computador: Toy Story (1995), Toy Story 2 (1999) e Toy Story 3 (2010). Um quarto filme, Toy Story 4, está em produção e tem lançamento previsto para 2019, e Toy Story 5 em produção sem confirmação oficial. Toy Story foi o primeiro longa-metragem gerado por computador. Todos os filmes foram produzidos pela Pixar Animation Studios e distribuídos pela Walt Disney Pictures.

Todos os três filmes receberam aprovação da crítica geral, sendo que os dois primeiros alcançaram 100% e o terceiro recebeu 99% na avaliação do site Rotten Tomatoes. O terceiro filme da série é a segunda maior bilheteria de filme animado e a 16ª maior bilheteria de todos os tempos. Toy Story 3 também foi o terceiro filme animado a receber uma indicação ao Oscar de Melhor Fotografia, juntamente com Beauty and the Beast e Up.

Toy Story[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Toy Story

Toy Story, o primeiro filme da franquia, foi lançado em 22 de novembro de 1995. Foi o primeiro longa-metragem criado inteiramente por computador, sob a direção de John Lasseter. O enredo gira em torno de Andy, um garoto suburbano que possui uma grande coleção de brinquedos. No Natal, Andy ganha um exemplar do Buzz Lightyear (o último lançamento em brinquedos), causando ciúmes em seu clássico caubói Woody. Com inveja, Woody tenta livrar-se de Buzz prendendo-o atrás da mesa, mas acidentalmente o lança pela janela e passa a ser acusado pelos demais brinquedos de tentar "assassinar" o colega. Determinado a concertar o erro, Woody invade a casa do vizinho, Sid Phillips, para resgatar Buzz. O filme foi um sucesso comercial e de crítica, arrecadando mais de 361 milhões de dólares mundialmente.[2][9] Posteriormente, foi relançado em Disney Digital 3-D como parte de um box contendo também a sequência, Toy Story 2.[6][10]

Toy Story 2[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Toy Story 2

Toy Story 2, o segundo título da franquia, foi lançado em 24 de novembro de 1999. John Lasseter seguiu como diretor da sequência. O enredo, desta vez, gira em torno do roubo de Woody por um colecionar de brinquedos chamado Al. Buzz reúne um grupo de brinquedos de Andy em busca do amigo roubado, que por sua vez, acaba por descobrir seu estrelato antigo na televisão. Toy Story 2 havia sido planejado como uma sequência simples diretamente em vídeo e de no máximo 60 minutos de duração.[11] Contudo, executivos da Disney, impressionados pela qualidade do projeto e pressionados pelos protagonistas Tom Hanks e Tim Allen, decidiram lançá-lo nos cinemas.[12] A produção tornou-se um sucesso ainda maior do que o primeiro filme, arrecadando mais de 485 milhões de dólares em bilheteria.[13]

Toy Story 3[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Toy Story 3

Toy Story 3, o terceiro filme da franquia, foi lançado onze anos após o antecessor, em 18 de junho de 2010. Foi o primeiro filme da série não dirigido por John Lasseter (ainda que ele tenha permanecido na equipe como produtor executivo), mas foi realizado por Lee Unkrich, que havia sido editor no filme anterior. O enredo se passa dez anos após os eventos do segundo filme, focando na perda dos brinquedos quando Andy ingressa na universidade. O filme lançou cerca de 150 novos personagens, de acordo com Pixar.[14] Foi o mais bem-sucedido filme da produtora, ultrapassando o recorde anteriormente detido por Finding Nemo.[15][16] Toy Story 3 arrecadou mais do que os dois primeiros filmes juntos, tornando-se o primeiro filme animado a ultrapassar 1 bilhão de dólares em bilheteria. Em agosto de 2010, superou Shrek 2, tornando-se o filme animado mais lucrativo de todos os tempos, sendo superado somente por Frozen em março de 2014.[17]

Toy Story 4[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Toy Story 4

Toy Story 4, o quarto filme da franquia, será lançado nove anos após o antecessor, em 21 de junho de 2019.

Elenco e personagens[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Lista de personagens de Toy Story
Personagem Filme
Toy Story (1995) Toy Story 2 (1999) Toy Story 3 (2010) Toy Story 4 (2019)
Elenco
Woody Tom Hanks
Buzz Lightyear Tim Allen Tim Allen
Javier Fernandez-Peña
Tim Allen
Aliens Jeff Pidgeon
Debi Derryberry
Jeff Pidgeon
Porquinho John Ratzenberger
Rex Wallace Shawn
Slinky Jim Varney Blake Clark
Jessie   Joan Cusack
Mary Kay Bergman
Sarah McLachlan
Joan Cusack
Sr. Cabeça de Batata Don Rickles  
Sargento R. Lee Ermey
Imperador Zurg   Andrew Stanton  
Wheezy   Joe Ranft
Robert Goulet
 
Betty Annie Potts
Sra. Cabeça de Batata   Estelle Harris
Andy Davis John Morris John Morris
Charlie Bright
 
Sra. Davis Laurie Metcalf
Molly Davis Hannah Unkrich Beatrice Miller  
Olho Vivo Joe Ranft  
Barbie   Jodi Benson
Espeto   Timothy Dalton

Equipe[editar | editar código-fonte]

Filme Diretor Produtor(es) Produtor executivo Roteirista(s) Compositor Editor
Toy Story (1995) John Lasseter Ralph Guggenheim
Bonnie Arnold
Ed Catmull
Steve Jobs
Joss Whedon
Andrew Stanton
Joel Cohen e Alec Sokolow
Randy Newman Robert Gordon
Lee Unkrich
Toy Story 2 (1999) John Lasseter
Lee Unkrich
Ash Brannon
Karen Robert Jackson
Helene Plotkin
Sarah McArthur Andrew Stanton
Rita Hsiao
Doug Chamberlin e Chris Webb
Edie Bleiman
David Ian Salter
Lee Unkrich
Toy Story 3 (2010) Lee Unkrich Darla K. Anderson John Lasseter Michael Arndt Ken Schretzmann
Toy Story 4 (2019) Josh Cooley Galyn Susman Rashilda Jones
Will McCormack

Recepção[editar | editar código-fonte]

Desempenho nas bilheterias[editar | editar código-fonte]

Os primeiros cinco dias de lançamento nacional (durante a semana de Ação de Graças), rendeu ao filme 39,071,176 milhões.[18] O filme ficou em primeiro lugar nas bilheterias do fim de semana com 29,140,617 milhões e manteve-se na posição durante os dois fins de semanas consecutivos. Foi o lançamento doméstico mais rentável do ano de 1995[19] e foi considerado o terceiro mais bem-sucedido filme à época.[20]

Toy Story 2 estreou em primeiro lugar no fim de semana em que foi lançado, com um total de 57,388,839 milhões de dólares em três dias de exibição em cerca de 3.200 cinemas nos Estados Unidos. O filme arrecadou cerca de 17,734 dólares em cada cinema durante o fim de semana e tornou-se o primeiro colocado durante as duas semanas seguintes. Foi o filme mais assistido do ano de 1999.[21]

Toy Story 3 também efetuou uma forte estreia, sendo exibido em 4.028 salas de cinema e arrecadando 41.148.961 milhões de dólares somente no dia de estreia. Além disto, Toy Story 3 é considerado o maior lançamento de um filme animado. Durante sua semana de estreia, o filme arrecadou mais de 110 milhões de dólares, tornando-se o primeiro colocado do fim de semana; foi o maior lançamento da Pixar Animation Studios. O filme totalizou mais de 1 bilhão de dólares em bilheterias em todo o mundo, tornando-se o 7º filme mais visto da história, o 2º mais visto da Disney do ano de 2010 e a 5º mais vista de todas as produções da Disney.[22][23][24]

Filme Data de lançamento Receita Posição
(mundial)
Orçamento
América do Norte Outros países Mundo
Toy Story 22 de novembro de 1995 191,796,233 181,757,800 373,554,033 276 30.000.000
Toy Story 2 24 de novembro de 1999 245,852,179 251,514,690 497,366,869 163 90.000.000
Toy Story 3 18 de junho de 2010 415,004,880 651,964,823 1,066,969,703 19 200.000.000
Total   852,653,292 1085237313 1,937,890,605 23 320.000.000

Crítica[editar | editar código-fonte]

De acordo com o Rotten Tomatoes, a trilogia Toy Story é a mais aclamada de todos os tempos. Os dois primeiros filmes receberam avaliação de 100% no site, enquanto o terceiro filme recebeu um igualmente significativo 99%. Ainda de acordo com o site, não houve outra trilogia com tal avaliação – as mais próximas são Before Sunset (com 98%); a Trilogia dos dólares e The Lord of the Rings (ambos com 95% e 94%, respectivamente).

Também de acordo com o Metacritic, Toy Story é a mais bem-sucedida trilogia cinematográfica, com avaliação 91. Em julho de 2010, cada um dos filmes da trilogia foi posicionado entre os "100 Melhores Filmes", sendo que Toy Story superou um dos filmes da série The Lord of the Rings na mesma lista.

Filme Rotten Tomatoes Metacritic CinemaScore
Toy Story 100% (78 avaliações)[2] 95 (26 avaliações)[25] A[26]
Toy Story 2 100% (163 avaliações)[3] 88 (34 avaliações)[27] A+[26]
Toy Story 3 98% (298 avaliações)[4] 92 (39 avaliações)[28] A[26]
Total 100% 92 A

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Toy Story foi indicado a três Prêmios da Academia, incluindo os de Melhor Roteiro Original, Melhor Trilha Sonora Original e Melhor Canção Original por "You've Got a Friend in Me" (de Randy Newman). John Lasseter, diretor do filme, também recebeu um Prêmio da Academia por "Contribuições Especiais" por "desenvolver e aplicar de forma inspirada as técnicas que possibilitaram o primeiro longa-metragem gerado por computador". Toy Story também foi o primeiro filme animado indicado na categoria de Melhor Roteiro Original. No 53º Globo de Ouro, Toy Story recebeu duas indicações - Melhor Filme de Comédia ou Musical e Melhor Canção Original. Também foi indicado na categoria de Melhores Efeitos Especiais do BAFTA.

Toy Story 2 recebeu um Globo de Ouro de Melhor Filme e recebeu uma indicação ao Prêmio da Academia pela canção "When She Loved Me", performada por Sarah McLachlan. A categoria de Melhor Animação foi introduzido em 2001, dois anos após os dois primeiros filmes.

Toy Story 3 recebeu dois Prêmios da Academia - Melhor Animação e Melhor Canção Original. Foi indicado a três categorias: Melhor Fotografia e Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Mixagem de Som.

Referências

  1. Graser, Marc (6 de novembro de 2014). «John Lasseter to direct Toy Story 4, out in 2017». Variety 
  2. a b c «Toy Story». Rotten Tomatoes 
  3. a b «Toy Story 2». Rotten Tomatoes 
  4. a b «Toy Story 3». Rotten Tomatoes 
  5. «Toy Story 1 and 2 on Blu-Ray: Out Today!». Geekdelphia.com. 23 de março de 2010 
  6. a b Richards, Olly (24 de janeiro de 2008). «Toy Story Movies Going 3D». Empire Online 
  7. Reuters (25 de fevereiro de 2010). «Produção pioneira da Pixar, 'Toy story' volta aos cinemas em versão 3D». G1.com 
  8. «Movie Franchises». The Numbers 
  9. «Toy Story (1995)». Box Office Mojo 
  10. Unkrich, Lee (12 de outubro de 2009). «Some fun Toy Story news! Enjoy!». Twitter 
  11. Cohen, Karl (1 de dezembro de 1999). «Toy Story 2 is not your typical Hollywood sequel». Animation World Network 
  12. Sneider, Jeff (14 de julho de 2010). «Exclusive: Tim Allen Signed On for 'Toy Story 4'». The Wrap 
  13. «Toy Story 2 (1999)». Box Office Mojo 
  14. «Toy Story 3: Characters». Pixar 
  15. «Disney-Pixar's Toy Story 3 Will Cross $1 Billion Today; Disney to Become First Studio With Two $1 Billion Films in One Year». PR Newswire. 27 de agosto de 2010 
  16. Cineclick (12 de agosto de 2010). «Toy Story 3 é o longa-metragem mais rentável da Pixar». R7.com 
  17. Frizell, Sam (30 de março de 2014). «Frozen Now the Top-Grossing Animated Film of All Time». Time 
  18. «Toy Story (1995) - Daily Box Office Results». Box Office Mojo 
  19. «1995 Domestic Grosses». Box Office Mojo 
  20. Burrows, Peter; Grover, Ronald (22 de novembro de 1998). «Steve Jobs, Movie Mogul». Business Week 
  21. «1999 Domestic Grosses». Box Office Mojo 
  22. «2010 Domestic Grosses». Box Office Mojo 
  23. «2010 Worldwide Grosses». Box Office Mojo 
  24. Zhu, Helena (28 de agosto de 2010). «Toy Story 3 passes $1 billion mark». TheEpochTimes 
  25. «Toy Story». Metacritic 
  26. a b c «CinemaScore» 
  27. «Toy Story 2». Metacritic 
  28. «Toy Story 3». Metacritic