The Legend of Zelda: The Minish Cap

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-question.svg
Este artigo ou se(c)ção pode conter texto de natureza não enciclopédica. (desde dezembro de 2011)
Justifique o uso dessa marcação e tente resolver essas questões na página de discussão.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde outubro de 2009).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
The Legend of Zelda: The Minish Cap
Capa norte-americana
Desenvolvedora(s) Flagship
Publicadora(s) Nintendo
Diretor(es) Hidemaro Fujibayashi
Produtor(es) Keiji Inafune
Escritor(es) Hidemaro Fujibayashi
Artista(s) Haruki Suetsugu
Compositor(es) Mitsuhiko Takano
Plataforma(s) Game Boy Advance
Série The Legend of Zelda
Conversões/
relançamentos
Nintendo 3DS
Wii U
Data(s) de lançamento
  • JP 4 de novembro de 2004
  • EU 12 de novembro de 2004
  • AN 10 de janeiro de 2005
Gênero(s) Ação-aventura
Modos de jogo Um jogador
The Legend of Zelda:
Four Swords Adventures
The Legend of Zelda:
Twilight Princess

The Legend of Zelda: The Minish Cap (ゼルダの伝説 ふしぎのぼうし, Zeruda no Densetsu: Fushigi no Bōshi?) é um jogo eletrônico da série The Legend of Zelda. Nessa aventura a peça-chave é o item descrito no subtítulo. Ezlo, o minish cap vem a ser um chapéu que diminui o tamanho de Link e, assim, ele pode atravessar locais que seria impossível em seu tamanho normal. Foi lançado em 10 de janeiro de 2005 nos Estados Unidos, e em 2004 no Japão e na Europa. O título fez parte do pacote de vinte jogos disponibilizados gratuitamente aos "embaixadores" do Nintendo 3DS, que haviam comprado o console antes do corte de preço, e pôde ser baixado, exclusivamente por eles, a partir de 16 de dezembro de 2011.[1][2]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O jogo conta a origem de Vaati, o antagonista de Four Swords e Four Swords Adventures, e a Four Sword, a espada que faz Link se dividir em até quatro cópias. Muitos anos antes dos eventos de The Minish Cap, uma raça de seres minúsculos, os Minish (também conhecidos Picori) ajudaram a salvar Hyrule ao entregar a um garoto uma roupa verde, brilho dourado e a épica espada denominada Picori Blade para derrotar uma ameaça que surgira. O povo agradeceu aos Minish e começaram a realizar, uma vez por ano, o "Festival dos Minish".

A história começa com a Princesa Zelda levando seu melhor amigo Link para a centésima edição do festival - onde em tese a porta para o mundo dos Minish se abre. Um homem misterioso chamado Vaati, que venceu o concurso de espadachins do festival, quebra a espada dos Picori, e com seus poderes mágicos infesta Hyrule de monstros e petrifica Zelda. O rei de Hyrule pede a Link para entrar em contato com os Minish para ver se eles podem ajudar a quebrar a maldição da Zelda.

Em sua viagem, Link salva Ezlo, um ser parecido com um capuz que decide acompanhá-lo em sua viagem. Depois se descobre que Ezlo era um mago Minish que ficou com essa forma após ser traído por seu aprendiz, Vaati - que pegou um gorro mágico feito por Ezlo que concedia desejos, feito para os Hylians e se transformou em um poderoso feiticeiro com a intenção de destruir Hyrule. Ezlo ajuda Link a se miniaturizar em portais para o mundo Minish - que vão desde tocos de árvores a estruturas especiais - em busca de um modo de consertar a espada Picori e derrotar Vaati.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Referências

  1. «Jogos de GBA chegam nessa sexta-feira (16) para embaixadores do 3DS no Japão e Europa». UOL Jogos. 14 de dezembro de 2011. Consultado em 27 de dezembro de 2011 
  2. Rafael Monteiro (19 de dezembro de 2011). «Jogos de GameBoy Advance para Embaixadores do 3DS já estão disponíveis nos Estados Unidos». TechTudo. Consultado em 27 de dezembro de 2011