These Are The Days of Our Lives

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"These are the days of our Lives"
Single de Queen
do álbum Innuendo
Lado B Bijou
Lançamento 5 de setembro de 1991
9 de dezembro de 1991
Formato(s) Vinil (7")
Gravação 1991
Gênero(s) Rock, soft rock
Duração 6:40
Composição Queen (Roger Taylor)
Produção Queen
Cronologia de singles de Queen
"The Show Must Go On"
(1991)
"Ride the Wild Wind"
(1992)

"These Are the Days of Our Lives" é uma canção da banda de rock Queen, escrita em grande parte pelo baterista Roger Taylor, também sendo a oitava faixa do álbum Innuendo. Trata-se harmonicamente e estruturalmente uma das mais simples canções do catálogo da banda. Os teclados foram programados pelos quatro membros da banda no estúdio, enquanto a conga e percussão foi gravado por seu produtor David Richards. Taylor a compôs em homenagem ao seu pai, mas a música ganhou outra conotação, devido ao estado terminal de Freddie Mercury, em virtude da AIDS.[1]

A faixa foi lançada como single nos Estados Unidos em 5 de setembro de 1991 (que foi o último aniversário que Freddie Mercury comemorou vivo) e como duplo A-side single no Reino Unido, três meses depois, em 9 de dezembro, na sequência da morte de Mercury, no B-Side, "Bohemian Rhapsody". O single estreou em # 1 na parada de singles do Reino Unido. A canção foi premiado com um Brit Award para "Melhor Single ", em 1992.[1][2]

"These Are the Days of Our Lives" tem um certa similarmente temática com uma música do Queen de 1975, "Love of My Life", pois a música usa duas vezes a linha "Still Love you". No final da canção, Mercury simplesmente fala as palavras, como ele costumava fazer em versões ao vivo de "Love of My Life".[3]

Vídeo da música[editar | editar código-fonte]

O vídeo foi o último de Freddie Mercury vivo. Já em fase final de sua batalha contra a AIDS, Freddie estava visivelmente abatido, fraco, pálido, totalmente esgotado fisicamente, o que tornou necessária uma pesada camada de maquiagem para esconder as lesões causadas pela AIDS em seu rosto, e em algumas cenas, a filmagem acabou tendo de ser feita em preto e branco.

A maioria das imagens usadas no vídeo foram filmadas por Rudi Dolezal e Rossacher Hannes da Doro Productions em 30 de maio de 1991.[4]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «These Are the Days of Our Lives - Queen». Allmusic. Consultado em 23 de dezembro de 2014 
  2. The Highs and Lows of the Brit Awards BBC. Página visitada em 24 de junho de 2011.
  3. «Queen's Greatest Videos». Episódio 1/1. 1999. No minuto 50. Channel 4  Em falta ou vazio |series= (ajuda) (Roger Taylor)
  4. Final Freddie Mercury performance discovered The Independent. Página visitada em 24 de junho de 2011.
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.