Zak Starkey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zak Starkey
Zak em 2008
Informação geral
Nome completo Zak Richard Starkey
Nascimento 13 de julho de 1965 (50 anos)
Origem Londres, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) Hard rock, rock alternativo, Britpop, post-punk, pop rock, art rock
Instrumento(s) Bateria, percussão, Guitarra
Período em atividade 1985 – atual
Gravadora(s) Republic, Main Entry, RCA, Big Brother, SPV, Polydor, Geffen
Afiliação(ões) The Who, Oasis, The Icicle Works, Iron Maiden, The Waterboys, ASAP, The Lightning Seeds, Ringo Starr & His All-Starr Band, Johnny Marr and the Healers, The Semantics

Zak Starkey (Londres, 13 de setembro de 1965) é um baterista de rock and roll. Ele é filho do Beatle Ringo Starr com Maureen Cox e nasceu em Londres, Inglaterra.

Aos oito anos de idade, ele passou a se interessar pela música. Aos dez, começou a aprender sozinho a tocar bateria, depois de uma única aula com seu famoso pai, que, supostamente, não queria que ele seguisse seus passos. Zak ganhou seu primeiro kit de bateria de seu padrinho Keith Moon, do The Who (este, muito amigo de seu pai, Ringo Starr), que o ensinou a tocar. Aos doze, Starkey já se apresentava em pubs com uma banda. Durante sua adolescência, ele foi integrante da banda Next. Em 1985, logo depois de se casar, Starkey lançou uma versão musical de Wind in the Willows com Eddie Hardin. No dia 07 de setembro de 1985 sua filha nasceu, fazendo de Ringo Starr o mais novo avô dos Beatles.

Starkey, então, tornou-se um músico de sessão, tocando com vários artistas até ter a chance de realizar seu sonho de infância:e juntar-se ao The Who. Ainda assim, ele continua a trabalhar com outras bandas.

Foi baterista do Oasis, de 2004 até 2008, ocupando o lugar deixado por Alan White. Embora ele tenha declarado que não queria tornar-se integrante permanente da banda, Starkey gravou o álbum Don't Believe the Truth, em 2005, e saiu da banda durante as gravações de Dig Out Your Soul (2008), o último trabalho da banda britânica. De acordo com um artigo na revista WEEN, Zak não queria abandonar o The Who e iria tocar com o Oasis somente quando sua agenda permitir. Apesar disso, a gravação do álbum Endless Wire (2006), do The Who, fora adiado devido aos compromissos assumidos pelo baterista com o Oasis.