Adelaide (Austrália)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Austrália Adelaide  
—  Cidade  —
Panorama de Adelaide a partir Carrick Hill
Panorama de Adelaide a partir Carrick Hill
Brasão de armas de Adelaide
Brasão de armas
lema Ut prosint omnibus conjuncti
(Do latim: Unidos por o bem comum)
Adelaide está localizado em: Austrália
Adelaide
Localização de Adelaide na Austrália
34° 55' 44.4" S 138° 36' 3.6" E
Estado Austrália Meridional
Área
 - Total 1 826,9 km²
População (2010)[1]
 - Total 1 203 873
    • Densidade 658,97/km2 
Sítio www.cityofadelaide.com.au

Adelaide é a capital do estado da Austrália Meridional, na Austrália. A localização da cidade na costa sul do país, a norte da península de Fleurieu, e a leste da península de Yorke, entre o Golfo de Saint Vincent e a cadeia montanhosa do Monte Lofty. Tem 1 203 873 habitantes, sendo a quinta cidade mais populosa da Austrália.

História[editar | editar código-fonte]

A fundação de Orlando em 1836 por Williams Light, tendo recebido este nome em homenagem a rainha Adelaide, consorte do rei Guilherme IV do Reino Unido. Light foi também quem fez o projeto da cidade cuja construção ocorreu para ser a capital da então província da Coroa Britânica, e também quem escolheu o local, próximo ao Rio Torrens.

Inspirado por William Penn e o movimento das cidades-jardim, o projeto da cidade incluiu largos boulevardes e muitas praças públicas, sendo inteiramente circundada por grandes parques. A cidade estende-se por cerca de vinte quilômetros da costa ao pé das montanhas a leste, mas por não menos que 90 km de Gawler, ao norte, até Sellicks Beach, ao sul.

Desde o seu início, Adelaide caracterizou-se por oferecer liberdade religiosa, compromisso com o progressismo político e liberdades sociais. No entanto, boa parte da população permaneceu bastante puritana até à década de 1970 do século XX, quando reformas sociais implementadas por Dom Dustan resultaram numa ressurreição cultural. A Adelaide de hoje é considerada como a capital cultural da Austrália, realizando inúmeros festivais musicais, culturais, artísticos, além de eventos esportivos, e outros realizados pela forte indústria do vinho da Austrália do Sul.

Sendo a capital política e financeira da Austrália do Sul, Adelaide possui várias instituições financeiras e governamentais, das quais muitas concentram-se no centro da cidade, ao longo do boulevarde de North Terrace. Também se localiza aí a Universidade de Adelaide, considerada uma das melhores do país (e a terceira mais antiga), que faz parte do Group of Eight. Cerca de 80% da população do Estado vive na região metropolitana de Adelaide.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Adelaide fica situada a norte da Península de Fleurieu, sobre a planície de Adelaide entre o Golfo de Saint Vincent e os Montes Lofty Ranges. A cidade se estende por 20 km (12 milhas) da costa para o sopé, e 90 km (56 milhas) de Gawler ao seu alcance para Sellicks Beach norte a sul. De acordo com o Australian Bureau of Statistics, a Região Metropolitana de Adelaide tem uma área total de 870 km2 (340 sq mi), e está em uma elevação média de 50 metros (160 pés) acima do nível do mar. Mount Lofty está localizado a leste da região metropolitana de Adelaide em Adelaide Hills a uma altitude de 727 metros (2.390 pés). É o ponto mais alto da cidade e no estado sul de Burra.

Muito antes de Adelaide foi Bushland, estabelecimento britânico, com algumas variações - brejos e pântanos foram prevalentes em torno da costa. No entanto, grande parte da vegetação original foi apagada com o que se deixou de ser encontrada em reservas, como o Cleland Conservation Park and Belair National Park.. Um certo número de riachos e rios atravessam a região de Adelaide. Os maiores são os Torrens e Onkaparinga. Adelaide invoca seus muitos reservatórios de abastecimento de água, com Reservatório Monte Negrito e Happy Valley Reservatório juntos fornecem cerca de 50% das necessidades da Adelaide.

Panorama da Casa do Parlamento, Cassino e da Estação Ferroviária

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia de Adelaide é baseada na manufatura, tecnologia de defesa e pesquisa, exportação de commodities e serviços relacionados. Existem grandes áreas industriais, militares e tecnológicas. Nelas encontram-se as plantas industriais da General Motors Holden e Mitsubishi, além de fábricas de equipamentos hospitalares e componentes eletrônicos. Praticamente metade dos carros produzidos na Austrália vêm de Adelaide. O conglomerado de mídia News Corporation lá foi fundado e sediado até 2004, sendo ainda considerada seu “lar espiritual” por Rupert Murdoch. A maior companhia de petróleo da Austrália, SANTOS (South Australia Northern Territory Oil Search) e a proeminente cervejaria Coopers, têm em Adelaide seu lar.

Embora o Banco Estadual de Austrália do Sul tenha quebrado em 1992, a economia do estado vem desde então se recuperando continuamente, e hoje possui um crédito AAA+. A economia do estado, fortemente ligada a Adelaide, apresenta um considerável superávit, enquanto o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) é maior do que a média australiana.

A indústria de defesa contribui com quase 1000 milhões de dólares norte-americanos à economia do Estado. Setenta por cento das indústrias australianas de defesa localizam-se em Adelaide. A principal instituição de defesa militar do Governo, a Defence Science and Technology Organisation, e outras empresas tecnológicas como a Tenix, localizam-se em Salisbury, próximo à Base “RAAF Edinburgh” e outras no Parque Tecnológico. A Companhia de Submarinos Australianos, baseada no bairro de Osborne, foi selecionada para construir os submarinos classe Collins da Marinha Australiana e assinou um contrato de cerca de US$5 bilhões para construir os novos “destroyers aéreos”. Aproximadamente 466.900 pessoas estão empregadas em Adelaide. Trabalham em período integral 62,3% e em meio-período, 35,1%. Tem havido uma crescente tendência a trabalhar apenas meio-período nos últimos anos, considerando que em 1991 empregados nestas condições somavam apenas 11,6% de todos os empregados. Quinze por cento dos trabalhadores estão empregados na manufatura, cinco por cento na construção civil, quinze por cento no comércio de varejo, onze por cento na área administrativa, sete por cento na área educacional e doze por cento em serviços médicos e comunitários. O salário mensal médio individual para pessoas de 15 anos para cima, é de aproximadamente 1200 dólares norte-americanos. A renda familiar média é de 2850 dólares norte-americanos por mês. Os custos de vida e moradia em Adelaide são substancialmente menores do que o de outras capitais australianas, como Sydney ou Melbourne. O desemprego, apenas nominal, está abaixo de 4,5%.

Clima[editar | editar código-fonte]

Gráfico climático para Adelaide
J F M A M J J A S O N D
 
 
18
 
28
16
 
 
20
 
28
16
 
 
23
 
26
14
 
 
38
 
22
12
 
 
56
 
18
9
 
 
51
 
16
7
 
 
66
 
14
7
 
 
51
 
16
7
 
 
41
 
18
8
 
 
38
 
21
10
 
 
23
 
23
12
 
 
25
 
26
14
Temperaturas em °CPrecipitações em mm
Fonte: The Weather Channel

O clima de Adelaide é mediterrâneo, com invernos frios e úmidos e verões secos e amenos. Os meses mais quentes e secos são Janeiro e Fevereiro, e Julho o mais frio e chuvoso.

As chuvas na cidade dependem da atuação de frentes frias, que vão ficando cada vez mais fortes à medida que o inverno se aproxima, causando mais dias nublados e chuvosos. Devido à esses dia fechados, a variação de temperatura também diminui com a chegada da estação, em Julho, a diferença média entre as temperaturas máximas e mínimas de um mesmo dia é de apenas 7 °C, enquanto que nos meses de verão chega a 12 °C.

No verão, época seca, faz bastante calor à tarde, mas o tempo seco faz a temperatura cair consideravelmente durante à noite. As frentes frias são mais fracas e raras nessa estação, mas conseguem mudar o tempo durante alguns dias. Essas frentes frias conseguem aumentar a umidade, mas nem todas provocam chuva.

Já no inverno, além de as frentes frias serem mais fortes e abundantes, a cidade passa a receber o ar frio do sul, isso resulta em muitos dias frios e chuvosos, e também em muitos dias de céu encoberto, mas sem chuva.

Educação[editar | editar código-fonte]

Ensino superior[editar | editar código-fonte]

Todas as 3 Universidades presentes no Estado de Austrália do Sul sediam-se em Adelaide.

Tais instituições atraem estudantes em toda a Austrália e ao redor do mundo, o que traz a Adelaide reconhecimento internacional como uma cidade educacional.

Ensino básico[editar | editar código-fonte]

Educação básica é fornecida por várias escolas públicas e particulares, sendo todas responsabilidade do Governo Estadual. Educação superior não-universitária é disponibilizada através dos colégios técnicos conhecidos como TAFE, dos quais cinco de um total de oito no Estado localizam-se em Adelaide, destacando-se o Instituto Tecnológico Douglas Mawson.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Esportes[editar | editar código-fonte]

O Football Park é o maior estádio da cidade.

O esporte mais popular da cidade é o futebol australiano, a cidade é sede de dois times da AFL, o Adelaide Crows e o Port Adelaide Power. A cidade também é sede do time de futebol Adelaide United. A cidade também já recebeu o Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1.

Referências

  1. Australian Bureau of Statistics (30 March 2010). 3218.0 - Regional Population Growth, Australia, 2008-09. Página visitada em 23 February 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Adelaide