Allegro (biblioteca)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Allegro
Allegro-logo.png
Desenvolvedor Equipe Allegro
Lançamento 1990
Versão estável 5.0.10 (16 de junho de 2013)
Versão em teste 5.1.8 (12 de janeiro de 2014)
Escrito em C
Sistema operacional Multiplataforma
Gênero(s) Motor de jogo
Licença Allegro 4 Giftware
Allegro 5 Licença zlib
Estado do desenvolvimento Ativo
Página oficial www.liballeg.org

Allegro é uma biblioteca livre de código fonte aberto para o desenvolvimento de Video games.

O objetivo principal é a independência de plataforma de operação. O mesmo código-fonte, sem tirar nem pôr um único caractere que seja, deve compilar e rodar em todas as plataformas suportadas. Um objetivo de curto prazo é a plataforma 64-bits.

O seu principal uso é no escopo da programação de jogos. Atualmente ela possui uma grande comunidade pois além de possuir diversos recursos nativamente (gráficos 2D, 3D com OpenGL, entrada de dados pelo teclado e mouse, RLE-Sprites, exibição de vídeos e controle de som) a API é bastante extensível fazendo que com existam diversos addons disponíveis.

A interface pública de acesso da biblioteca é escrita em C, porém há alguns extensores (não-oficiais) para outras linguagem de programação. Internamente seu código fonte é escrito em uma mistura de C, Assembly (drivers i386), C++ e Objective-C.

Historicamente, um ponto forte do Allegro era sua performance. Uma parcela de seu código fonte era escrita de forma otimizada em Assembler para situações em que tempo de processamento é fundamental. Quando seu código fonte deixou de ser escrito exclusivamente para DOS alguns desses processamentos críticos passaram a ser feitos pelo sistema operacional, como por exemplo, com o uso interno da biblioteca DirectX no Windows.

História[editar | editar código-fonte]

Foi originalmente compilada por Shawn Hargreaves para a plataforma Atari ST, mas com o desaparecimento desta plataforma Allegro fez uma breve passagem pelo Borland C até ser adotada pelo DJGPP onde alcançou sua maturidade, em uma mistura de Código C com Assembly.

Há muito tempo que deixou de ser uma pequena biblioteca modo 13 e hoje utiliza recursos modernos como DirectX ou um Servidor X. Uma grande quantidade de pacotes adicionais pode ser encontrada na página própria. Por apresentar uma sintaxe simples e encapsular diversas rotinas complexas em comandos facilmente decoráveis, tornou-se uma API ideal para iniciantes e para projetos que disponham de pouco tempo para sua finalização.

Em música a palavra italiana "allegro" significa "rápido, vivo, brilhante". Também pode ser um acrônimo recursivo para "Allegro Low LEvel Game ROutines".

Plataformas suportadas[editar | editar código-fonte]

Especificações[editar | editar código-fonte]

  • Suporte em código para as plataformas DOS, Windows, Unix, BeOS, QNX, e Mac OS.
  • Funções de desenho incluindo putpixel(plotar pixel), getpixel(ler pixel), linhas, retângulos, texturas simples, preenchimento gouraud(forma de preencher suavemente entre um tom e outro de cor), curvas, preenchimento baseado em padrões, mascaramento, sprites compilados, mudança de escala em imagens e rotação, transparência e luz, texto com suporte a fontes, remoção de bordas e imagens que não aparecem na tela para ganho de desempenho, e pode desenhar diretamente para memória de vídeo ou imagens em memória independente do tamanho.
  • Drive gráfico para DOS com suporte a VGA(mode 13h) mode-x, e modos SVGA com modos com profundidade de cor de 8, 15, 16, 24, e 32 bits, utilização de todas vantagens do VBE 2.0 mascaramento para mapeamento linear e acesso a aceleração de Hardware se disponível. Suporte para outras funcionalidades de vídeo disponível por meio do projeto FreeBE/AF;
  • Drive gráfico para windows usando directX em modo tela cheia e para modos janela diversas rotinas para desenho direto nos contextos de renderização da GDI.
  • Drive gráfico para Unix para X, DGA, fbcon, SVGALib, VBE/AF, modo-X, e o modo vga padrão.
  • Drive gráfico para BeOS utilizando BWindowScreen em modo tela cheia e BDirectWindow em modo janela.
  • Movimento da tela em hardware e triple buffering(utilização de 3 paginas de memória para melhorar a animação), e manipulação de paleta de cores. Player integrado de vídeos FLI/FLC.
  • Suporte para musica MIDI com mais de 64 efeitos simultâneos, possibilidade de gravação de arquivos wav e entrada de MIDI. Suporte simplificado para acesso de teclado, mouse, joystick, e temporizadores de alta fidelidade, incluindo retrância vertical simulada para a versão DOS.
  • Rotinas para leitura de arquivos comprimidos com LZSS. Suporte para arquivos de dados com múltiplos objetos.
  • Funções matemáticas incluindo aritmética de ponto fixo, tabelas trigonométricas pré-compiladas, e manipulação de vetores/matrizes 3D. Diversas rotinas para operação com GUI gerenciado pela allegro.
  • Suporte interno para caracteres 16 e UTF-8 bits.

Allegro 5[editar | editar código-fonte]

O desenvolvimento atual é focado na quinta versão do Allegro, com a versão atual 5.0.10 estável. O allegro 5 é uma biblioteca completamente reescrita. Foi feito um esforço para tornar a API mais consistente e segura, por padrão, a biblioteca agora será acelerada por hardware usando OpenGL ou DirectX backends de renderização, se necessário. Muitos dos addons que já existiam como projetos separados para o Allegro 4 serão reescritos para interagir mais facilmente com Allegro e será incluído na instalação padrão.

Jogos desenvolvidos com allegro[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]