Unreal Engine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Unreal Engine
Desenvolvedor Epic Games
Plataforma Multiplataforma
Lançamento 1998
Versão estável Unreal Engine 3, Build 58xx (dezembro de 2009)
Idioma(s) Inglês
Escrito em C++, UnrealScript
Gênero(s) Motor de jogo
Licença Proprietário, UDK gratuito para uso não-comercial[1]
Estado do desenvolvimento Ativo
Página oficial www.UnrealTechnology.com

Unreal Engine é um motor de jogo desenvolvido pela Epic Games, usado pela primeira vez em 1998 no jogo de tiro em primeira pessoa Unreal, ele tem sido a base de muitos jogos desde então, incluindo Unreal Tournament, Deus Ex, Turok, Tom Clancy's Rainbow Six 3: Raven Shield, Tom Clancy's Rainbow Six Vegas, America's Army, Red Steel, Gears of War, BioShock, BioShock 2, Tactical Ops: Assault on Terror, Borderlands, Destroy All Humans! Path of the Furon, Mirror's Edge, Batman: Arkham Asylum, Section 8 e muitos outros. Embora usada inicialmente para jogos de tiro em primeira pessoa, ela tem sido usada com sucesso em uma grande variedade de gêneros de jogos.

Seu núcleo é escrito em C++, possibilitando a portabilidade. Suporta múltiplas plataformas, incluindo Microsoft Windows, Linux, Mac OS e Mac OS X em computadores pessoais, e os consoles Dreamcast, Xbox, Xbox 360, PlayStation 2, PlayStation 3 e Wii.

Unreal Engine 1[editar | editar código-fonte]

Lançada em 1998, seu primeiro jogo foi Unreal, continha renderização, detecção de colisão, inteligência artificial, sistema de redes e sistema de arquivo. Usava a Glide API ao invés de OpenGL, continha uma linguagem de script que ajudou a sua popularização, também incluia um sistema de cliente-servidor.

Unreal Engine 2[editar | editar código-fonte]

Lançada em 2002, seu primeiro jogo foi America's Army, teve seu código de renderização totalmente reescrito, adicionou suporte para PlayStation 2, GameCube e Xbox, física de veículos e física de ragdoll.

Unreal Engine 3[editar | editar código-fonte]

Lançada em 2005, seu primeiro jogo foi Gears of War, contém suporte para PlayStation 3, Xbox 360 e Wii U conteve uma grande adição de efeitos gráficos e outros recursos devido as várias parcerias feitas pela Epic, como por exemplo, o recurso da NVidia chamado PhysX.

Unreal Engine 4[editar | editar código-fonte]

Unreal Engine 4
Plataforma Microsoft Windows, Linux, Mac OS X, Xbox One, PlayStation 4, HTML5,[2] [3] iOS, Android[4] [5] [6] [7]
Lançamento 19 de março de 2014 (0 anos) (versão 4.0.1.2027741)
Versão estável Unreal Engine 4.4.0 (14 de agosto de 2014)
Escrito em C++, C#, GLSL, Cg, HLSL,
o UnrealScript foi abandonado[8] [9]

Em 17 de agosto de 2005, Mark Rein, vice-presidente da Epic Games, revelou que o motor Unreal Engine 4 estava em desenvolvimento desde 2003.[10] Até a metade de 2008, o desenvolvimento foi feito exclusivamente por Tim Sweeney, fundador e diretor técnico da Epic Games.[11] O motor visa a oitava geração de consoles, PCs e dispositivos Android baseados na série Tegra K1,[12] anunciados em janeiro de 2014 na feira CES.

Em fevereiro de 2012, Mark Rein disse que "as pessoas ficarão chocadas quando virem o Unreal Engine 4, ainda neste ano".[13] O Unreal Engine 4 foi revelado para um limitado número de participantes na feira Game Developers Conference de 2012,[14] e o vídeo do motor sendo demonstrado pelo desenvolvedor Alan "Talisman" Willard foi lançado em 7 de junho de 2012 via GameTrailers TV.[15] [16] Essa demonstração foi executada em um computador com um trio de placas de vídeo GeForce GTX 580 (tri SLI) e pode ser executada em um computador com uma placa GeForce GTX 680.[17]

Uma das principais novidades planejadas para o UE4 seria a iluminação global utilizando voxel cone tracing, eliminando a iluminação pré-renderizada.[18] Entretanto, essa característica foi substituída por um algoritmo similar, mas que consome menos recursos do computador.[19] O UE4 também inclui novas características para desenvolvedores, a fim de reduzir o tempo de iteração, além de permitir a atualização do código C++ enquanto o motor está em funcionamento. O novo sistema de scripting visual, o "Blueprint" (sucessor do "Kismet",[20] utilizado no UE3), permite um desenvolvimento mais rápido da lógica dos jogos usando C++.[21] O resultado é a redução do tempo de iteração e uma menor distância entre artistas técnicos, designers e programadores.[22]

"[Em motores antigos], se você quisesse mudar a relação entre o dano de sua arma e quanto tempo irá demorar para matar uma criatura, você levaria alguns dias no processo de iteração, pois você tem que gastar um monte de tempo esperando para efetuar uma compilação do cenário, talvez 15 minutos ou mais, e depois jogar, chegar ao ponto que você quer testar, testar, sair do jogo, modificar, compilar novamente. Agora, tudo isso pode ser feito muito rapidamente com as ferramentas, é 'Fazer a mudança, jogar, quando compilar, sair, atirar no cara, e depois apertar escape, fazer a mudança, jogar'. O processo de iteração diminui para 30 segundos em vez de 15 minutos."[22]

Em 19 de março de 2014, na feira Game Developers Conference, a Epic Games abriu o Unreal Engine 4 para o mundo, lançando todas as suas ferramentas de tecnologia de ponta, características e suporte ao código C++ para desenvolvimento por meio de um modelo de assinatura. Os desenvolvedores podem assinar o UE4 para PC, Mac, iOS e Android pelo valor de US$19 por mês, mais 5% da receita bruta arrecadada por produtos que utilizam o UE4.[23] [24] O CEO e fundador da Epic Games, Tim Sweeney, disse que o novo modelo de negócios é um reflexo das mudanças na indústria. A Epic Games tradicionalmente desenvolveu o motor Unreal para grandes times de desenvolvimento de jogos AAA, pelo custo de milhões de dólares. Mas a indústria evoluiu e a Epic teve que "repensar seriamente nosso negócio como um todo sobre a forma como tornamos o motor disponível para equipes."[25] "Observando a nova forma da indústria hoje, nós percebemos que era uma ferramenta antiquada", disse Sweeney. "Vendo as possibilidades para o motor, nós começamos a pensar: 'Como podemos tornar o motor disponível para mais pessoas?'".[26] De acordo com a página do Unreal Engine, assinantes do motor podem cancelar ou renovar sua licença a qualquer momento. Eles serão capazes de manter acesso a ferramentas do UE4, mas não receberão acesso a futuros lançamentos do motor.[27]

Em 3 de setembro de 2014, a Epic Games lançou o Mercado do Unreal Engine, permitindo aos assinantes do UE4 comprarem e venderem conteúdos criados pela comunidade de todas as formas e tamanhos.[28] Além de todos os conteúdos anteriormente gratuitos, o novo mercado foi lançado com uma variedade de pacotes, incluindo ambientes em escala natural, acessórios, personagens, sons, materiais, malhas animadas, códigos C++ e diversos outros tipos de pacotes, como demonstrações gratuitas e tutoriais.[29] [30]

Em 4 de setembro de 2014, a Epic lançou o Unreal Engine 4 para escolas e universidades gratuitamente, incluindo cópias pessoais para estudantes matriculados em desenvolvimento de jogos digitais, ciências da computação, arte, arquitetura, simulação e programas de visualização.[31] [32] [33] [34]

Referências

  1. UDK Licensing
  2. http://www.gamasutra.com/view/news/189583/Interview_Epic_goes_allin_on_HTML_5_with_UE4_support.php
  3. http://www.shacknews.com/article/78492/epic-details-shows-off-unreal-engine-4-tools
  4. http://blogs.nvidia.com/blog/2013/07/24/sweeney/
  5. http://www.mmoculture.com/2014/01/unreal-engine-4-next-gen-running-on-nvidias-new-mobile-processor/
  6. http://www.develop-online.net/news/gdc-13-unreal-engine-4-supports-mobile-and-html5/0114432
  7. http://venturebeat.com/2013/03/29/epic-games-extends-unreal-engine-4-to-mobile-games-creates-an-eye-popping-demo/
  8. http://www.beyondunreal.com/view_story.php?id=13596
  9. http://gameindustry.about.com/od/trends/a/Unreal-Engine-4-First-Look.htm
  10. Houlihan, John. Rein: We've been working on Unreal Engine 4 for two years ComputerAndVideoGames.com. Future Publishing Limited. Página visitada em 2005-08-19.
  11. Valich, Theo (2008-03-12). Tim Sweeney, Part 3: Unreal Engine 4.0 aims at next-gen console war TG Daily. Tigervision Media. Página visitada em 2008-03-13.
  12. Brian Klug and Anand Lal Shimpi (2014-01-06). NVIDIA Tegra K1 Preview & Architecture Analysis AnandTech.. Página visitada em 2014-05-02.
  13. Kevin Parrish (2012-02-11). Epic Revealing Unreal Engine 4 Later This Year Tom's Hardware.. Página visitada em 2012-03-01.
  14. Patrick Shaw. "Unreal Engine 4 Behind Closed Doors at GDC", Wired, 2012-02-27. Página visitada em 2012-03-06.
  15. Samit Sarker (2012-06-08). Epic Games debuts Unreal Engine 4 Destructoid.. Página visitada em 2012-06-10.
  16. Casey Lynch (2012-06-08). Epic's Unreal Engine 4 'Elemental' Demo Lights Up the Uncanny Valley IGN.. Página visitada em 2012-06-10.
  17. Woo-cheol, Jeong. "The future of game development is in UE4.", 2012-07-12. Página visitada em 2013-10-18.
  18. Andre Burnes (2012-06-08). Epic Reveals Stunning Elemental Demo, & Tim Sweeney On Unreal Engine 4 NVIDIA.. Página visitada em 2012-06-12.
  19. Samantha Earwood (2014-03-21). PS4: Epic Games’ Tim Sweeney Explains Lack Of Global Illumination In Unreal Engine 4 PSGang.. Página visitada em 2014-03-21.
  20. https://docs.unrealengine.com/latest/INT/Engine/Blueprints/GettingStarted/index.html
  21. http://www.unrealengine.com/unreal_engine_4/
  22. a b Totilo, Stephen. How Unreal Engine 4 Will Change The Next Games You Play Kotaku.
  23. Dyer, Mitch (19 March 2014). GDC: Epic Games' Unreal Engine 4 adopts subscription model IGN. Página visitada em 2014-08-12.
  24. Haywald, Justin (19 March 2014). Epic opens up their Unreal development tools to everyone with a $19 subscription service GameSpot. Página visitada em 2014-08-12.
  25. McWhertor, Michael (19 March 2014). Epic Games making Unreal Engine 4 available for $19 per month, starting today Polygon. Página visitada em 2014-08-12.
  26. Tach, Dave (19 March 2014). Watch Epic's just-released Unreal Engine 4 in action Polygon. Página visitada em 2014-08-12.
  27. Unreal Engine FAQ Unreal Engine. Página visitada em 2014-08-12.
  28. Waters, Deke (3 September 2014). Marketplace: Now Open For Bussines! Epic Games. Página visitada em 2014-09-05.
  29. Connors, Devin (4 September 2014). Epic Games Opens Unreal Engine Marketplace to Developers The Escapist. Página visitada em 2014-09-05.
  30. Sheridan, Connor (4 September 2014 - UPDATED). Epic launches Unreal Engine Marketplace CGV. Página visitada em 2014-09-05.
  31. Davis, Ray (4 September 2014). Unreal Engine 4 Goes Free For Academic Use Epic Games. Página visitada em 2014-09-05.
  32. Martin, Michael (4 September 2014). Epic Games Giving Away Unreal Engine 4 Free To Students IGN. Página visitada em 2014-09-05.
  33. Matulef, Jeffrey (4 September 2014). Unreal Engine 4 is now free for educators Eurogamer. Página visitada em 2014-09-05.
  34. Campbell, Colin (4 September 2014). Unreal Engine 4 offered free for schools Polygon. Página visitada em 2014-09-05.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre motor de jogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.