Andrés Guardado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andrés Guardado
Guardado València.jpg
Informações pessoais
Nome completo José Andrés Guardado Hernández
Data de nasc. 28 de setembro de 1986 (27 anos)
Local de nasc. Guadalajara,  México
Altura 1,69 m
Canhoto
Informações profissionais
Clube atual Países Baixos PSV Eindhoven
Número 18
Posição Meia
Clubes de juventude
1993–2005 México Atlas
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2005–2007
2007–2012
2012–
2014
2014–
México Atlas
Espanha Deportivo La Coruña
Espanha Valencia
Alemanha Bayer Leverkusen (emp.)
Países Baixos PSV Eindhoven (emp.)
064 0000(6)
143 000(25)
060 0000(1)
007 0000(0)
000 0000(0)
Seleção nacional3
2005– Flag of Mexico.svg México 108 000(15)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 19 de maio de 2014.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 29 de junho de 2014.

José Andrés Guardado Hernández (Guadalajara, 28 de setembro de 1986) é um futebolista mexicano que atua como meia. Atualmente, joga pelo PSV Eindhoven.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Atlas[editar | editar código-fonte]

Guardado começou jogando profissionalmente no Atlas, e fez sua estreia pelo Campeonato Mexicano em agosto de 2005, aos 18 anos, na vitória por 3 a 2 sobre o Pachuca.

Um de seus grandes jogos foi no Torneio Apertura de 2006, quando sua equipe enfrentou América no Estádio Jalisco. Guardado marcou dois gols no jogo, na vitória por 2-0. Após a Copa do Mundo de 2006 surgiram várias especulações na imprensa sobre possíveis transferências para equipes italianas, ao Real Madrid e ao Benfica. O Real Madrid ofereceu um empréstimo por 2 anos, sendo pagos 400 mil euros por ano. O Atlas rejeitou a oferta, com base no fato de Guardado ser uma das joias da equipe. Eles só iriam vendê-lo por pelo menos 5 milhões de euros. Em 10 de julho de 2007, quando se realizava a Copa América 2007, estava praticamente assegurada a transferência de Guardado para o PSV Eindhoven, que desejava adquirir 75% dos direitos do jogador e pagar 4,5 milhões de euros. Mas o Atlas surpreendentemente chegou a um acordo com o Deportivo La Coruña, por 7 milhões de euros, assinando um contrato por 5 anos com o clube.

Deportivo La Coruña[editar | editar código-fonte]

Guardado foi oficialmente apresentado na Espanha para cerca de 4.000 torcedores no Estádio Riazor, em 24 de julho de 2007, com o time dando-lhe o número 18, também usado por ele na seleção mexicana. Miguel Ángel Lotina, treinador do Deportivo, afirmou que Guardado era um excelente jogador, e que admirava seu talento e caráter.

Em 2 de fevereiro de 2008, numa partida contra o Betis, Guardado sofreu uma ruptura no bíceps da perna direita, razão por abandonar o jogo aos 12 minutos do primeiro tempo. Devido a essa lesão ficou fora de jogo por 2 meses, voltando em uma partida contra o Real Madrid.

Valencia[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2012, o Valencia anunciou a contratação do jogador, que assinou contrato com o clube por quatro temporadas.

Bayer Leverkusen[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2014, foi emprestado até o final da temporada ao time alemão.


Seleção Mexicana[editar | editar código-fonte]

Guardado já representou a Seleção Mexicana de Futebol em mais de 80 ocasiões. Sua primeira convocação foi feita por Ricardo La Volpe para um amistoso contra a Hungria no dia 14 de dezembro de 2005, entrando em campo no minuto 69. Seu primeiro gol foi marcado em 28 de fevereiro de 2007 num amistoso contra a Venezuela.

Copa do Mundo de 2006[editar | editar código-fonte]

Ele fez parte dos 23 jogadores mexicanos convocados para a Copa do Mundo de 2006, na Alemanha.

Foi considerado pela FIFA como um dos candidatos a ser o melhor jogador jovem da competição. Não atuou durante a primeira rodada. Jogou como titular no jogo contra a Argentina nas oitavas de final, onde teve que sair do jogo por sofrer uma lesão aos 21 minutos do segundo tempo, quando o placar estava marcando 1-1. O México acabou perdendo o jogo por 2-1 na prorrogação.

Copa Ouro da CONCACAF de 2007[editar | editar código-fonte]

Foi convocado pelo mexicano Hugo Sánchez para jogar a Copa Ouro de 2007. Jogou como titular em todos os jogos, e na final contra os Estados Unidos marcou um gol aos 44 minutos, o que não evitou a derrota mexicana por 2 a 1. Esta derrota, juntada ao fraco desempenho que teve a seleção durante todo o torneio, provocou uma dura crítica sobre o técnico Hugo Sánchez.

Copa América de 2007[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro jogo como titular foi contra o Chile. Houve um empate em 0-0. Guardado ficou fora dos dois primeiros jogos do México durante este torneio devido a lesão sofrida na final da Copa Ouro.

Já nas quartas-de-final, contra o Paraguai, golearam por 6-0 e se classificaram para semifinal. No entanto, apesar do bom desempenho que teve durante o torneio, o México foi derrotado pela Argentina nas semifinais por um resultado de 3-0.

Três dias depois, na disputa pelo terceiro lugar contra o Uruguai, Guardado entrou no minuto 64 para substituir Fausto Pinto. 12 minutos depois, marcou o seu primeiro e único gol no torneio, com um potente chute de meia distância. O resultado foi 3-1 para o México, vitória que rendeu-lhes o terceiro lugar.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Deportivo La Coruña
Seleção Mexicana
Bandeira de MéxicoSoccer icon Este artigo sobre futebolistas mexicanos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Andrés Guardado