Artigo (jornalismo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

:Em Jornalismo, um artigo é um texto eminentemente opinativo — mais que informativo — publicado (ou veiculado) em seção destacada do conteúdo noticioso, para enfatizar que se trata de material não-jornalístico. Os autores recorrentes de artigos são chamados de articulistas. Em jornais impressos, é normal que os editores convidem personalidades da sociedade (especialistas, intelectuais, autoridades) para escrever artigos sobre temas específicos do noticiário, sem remuneração. Entre leigos, é comum confundir artigo com matéria e tratar ambos os termos como sinônimos, o que é um erro. Tampouco é sinônimo de coluna, que se caracteriza por ser um espaço permanente reservado para textos do mesmo autor. Articulistas, em geral, não são jornalistas.

Os artigos contêm comentários, análises, críticas, contrapontos, e às vezes ironia e humor. Há artigos tanto na mídia impressa (jornais, revistas) quanto em rádio e televisão (nesse caso, são lidos no ar pelo articulista).

Muitas vezes, os artigos não refletem necessariamente a opinião do jornal (contrariamente aos editoriais, que são a posição oficial do veículo), e as empresas costumam não assumir responsabilidade por eles.

Qualquer pessoa pode ser articulista, independentemente da formação profissional. No Brasil, isso era válido mesmo durante a exigência legal da formação específica em Jornalismo para o exercício da profissão, que vigorou entre 1967 e 2009.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BARONI, Aline. Jornalismo Interpretativo. Curitiba: Universidade Federal do Paraná, 2008.
  • BELTRÃO, Luiz. Jornalismo Interpretativo. Porto Alegre: Sulina, 1980 (2ª ed).
  • MELO, José Marques de. A Opinião no Jornalismo Brasileiro. Petrópolis, Vozes, 1996.

Ver também[editar | editar código-fonte]