Canal do Midi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Canal do Midi *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Canal du Midi 02.jpg
O Canal do Midi .
País França
Critérios C(i) C(ii) C(iv) C(vi)
Referência [1]
Coordenadas 43º36'33"N 1º27'13"E
Histórico de inscrição
Inscrição 1996  (20ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

O Canal do Midi (em francês: Canal du Midi) é um canal artificial que se localiza na região do Midi, na França. É o mais antigo canal marítimo da Europa ainda em funcionamento.

Pont Saint-Joseph, Agde, Hérault 02.jpg

Navegável entre o rio Garonne, na altura de Toulouse, e Sète, no mar Mediterrâneo, numa extensão de 240 quilômetros, permite a comunicação entre o oceano Atlântico e o Mediterrâneo.

Foi projetado no século XVII por Pierre-Paul Riquet, como solução econômica, militar e política, para transportar mercadorias, evitando a navegação em águas abertas, evitando o estreito de Gibraltar e o contorno da península Ibérica.

Inaugurado em 1681, ao longo de seu percurso encontram-se trezentas e cinquenta obras de arte, entre pontes, eclusas e aquedutos. Atravessa regiões como o Languedoque, Aube e Minerve, além de cidades de importância econômica e histórica como Béziers, Narbona, Toulouse, Le Somail, Homps, Trèbes, Carcassone e Castelnaudary.

Em nossos dias, desde 1996, encontra-se classificado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Atualmente tem função exclusivamente turística, estimando-se o 50 mil o número de pessoas que o visitam, anualmente, em embarcações alugadas por mais de quarenta operadoras na região.

Imagens[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]