Casa Branca (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Casa Branca
Bandeira de Casa Branca
Brasão de Casa Branca
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 25 de outubro de 1813 (200 anos)
Gentílico casa-branquense
Prefeito(a) Ildebrando Zoldan (2013-2016)
(2013–2016)
Localização
Localização de Casa Branca
Localização de Casa Branca em São Paulo
Casa Branca está localizado em: Brasil
Casa Branca
Localização de Casa Branca no Brasil
21° 46' 26" S 47° 05' 09" O21° 46' 26" S 47° 05' 09" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Campinas IBGE/2008[1]
Microrregião São João da Boa Vista IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Mococa, São José do Rio Pardo, Tambaú, Santa Cruz das Palmeiras, Itobi, Aguaí, Vargem Grande do Sul[2]
Distância até a capital 230 km
Características geográficas
Área 865,544 km² [3]
População 28 312 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 32,71 hab./km²
Altitude 684 m
Clima tropical de altitude
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,81 muito alto PNUD/2000[5]
PIB R$ 566 634,000 mil IBGE/2009[6]
PIB per capita R$ 20 101,24 IBGE/2009[6]
Página oficial

Casa Branca é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 21º46'26" sul e a uma longitude 47º05'11" oeste, estando a uma altitude de 684 metros. Sua população estimada em 2009 era de 28.189 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

- O vilarejo se originou ao redor de uma casa branca que era utilizada pelos bandeirantes como pousada, no século XVII. Foi elevada a Freguesia de Nossa Senhora das Dores de Casa Branca em 1814, pertencendo ainda ao território de Mogi Mirim, sendo elevada à categoria de Vila em 1841. Foi elevada à categoria de cidade em 1872.


Em Casa Branca pode-se observar o fenômeno conhecido por voçoroca, onde o terreno sofre imensa erosão, formando-se crateras no solo, conferindo-lhe aspecto dos conhecidos canyons norte-americanos. É possível reparar as diversas camadas de minerais encontrados no terreno, já que conforme o terreno vai cedendo à erosão, deixa exposto o terreno 'em fatias' mostrando as diversas camadas de terra de cores diversas.

O município possui grande parte de seu calçamento em paralelepípedo, principalmente na região central, acabando-se por se tornar um dos charmes do município, onde se podem encontrar duas estações de trem.

A principal delas hoje está situada no bairro do Desterro onde também está localizada a principal igreja de Casa Branca, uma torre de panorama da cidade, além de um grande terminal.O Terminal Intermodal Rodo-ferroviário Porto seco sendo administrado pela Ferrovia Centro-Atlântica e a Vale S.A., inaugurado em 03 de maio de 2005. O terminal tem potencial para cargas e descargas de contêineres de diversos produtos como: açúcar, café, cachaça, entre outros. O terminal é um dos principais afluentes entre o Brasil todo, e passa pelas cidades Montes Claros, Belo Horizonte, Uberlândia, Brasília, São Paulo, Ribeirão Preto, Casa Branca e Santos.


A segunda estação, abriga hoje em dia a Prefeitura Municipal http://www.casabranca.sp.gov.br/


Atrações turísticas: Várias igrejas, casas açorianas, pomares de jabuticaba (a maior concentração do Estado) e voçorocas.


...

Pertence ao Caminho da Fé.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

  • Dados do Censo de 2000

População Total: 26.800

(Fonte: IPEADATA)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Morreu em 12 de dezembro de 2009 o prefeito do município Aparecido Antônio Sati.[7] [8]

Igreja Católica[editar | editar código-fonte]

O município pertence à Diocese de São João da Boa Vista.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. Título não preenchido, favor adicionar.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2005-2009. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 14 dez. 2011.
  7. Título não preenchido, favor adicionar.
  8. Título não preenchido, favor adicionar.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons