Mococa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Mococa
Paisagem rural em Mococa

Paisagem rural em Mococa
Bandeira de Mococa
Brasão de Mococa
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 24 de março de 1871 (143 anos)
Gentílico mocoquense
Lema Terra Mea Pavlista Generosa
"Minha Generosa Terra Paulista"
Prefeito(a) Maria Edna Gomes Maziero (PSD)
(2013–2016)
Localização
Localização de Mococa
Localização de Mococa em São Paulo
Mococa está localizado em: Brasil
Mococa
Localização de Mococa no Brasil
21° 28' 04" S 47° 00' 18" O21° 28' 04" S 47° 00' 18" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Campinas IBGE/2008 [1]
Microrregião São João da Boa Vista IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes São José do Rio Pardo, Tapiratiba, Cássia dos Coqueiros, Tambaú, Casa Branca, Arceburgo, Monte Santo de Minas, Guaranésia, Cajuru
Distância até a capital 266 km
Características geográficas
Área 854,074 km² [2]
População 68 695 hab. estimativa populacional IBGE/2014[3]
Densidade 80,43 hab./km²
Altitude 645 m
Clima tropical de altitude Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,762 (SP: 151°) – alto PNUD/2010[4]
PIB R$ 1 053 970,000 mil IBGE/2009[5]
PIB per capita R$ 15 337,61 IBGE/2009[5]
Página oficial

Mococa é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 21º28'04" sul e a uma longitude 47º00'17" oeste, estando a uma altitude de 645 metros. A cidade de Mococa localiza-se no nordeste do Estado de São Paulo, distante 113 km de Ribeirão Preto a maior cidade da região. Sua população estimada em 2014 era de 68.695 habitantes. O município é constituído também por dois distritos: Igaraí e São Benedito das Areias.

História[editar | editar código-fonte]

Mococa teve, como um de seus fundadores, Gabriel Garcia de Figueiredo, o Barão de Monte Santo. No cerne do período imperial, o povoado, até então conhecido como São Sebastião da Boa Vista, em meados da década de 1840, passou, em 1857, a ser considerado uma freguesia. Em 1871, passou à condição de vila e somente em 1875 veio a ser considerada cidade oficialmente.

Em 1842, foi implantada a primeira lavoura de café, vindo a gerar cidades e citadinos. A mão de obra era de escravos trazidos da África. Após 1888, data da abolição da escravatura, fez-se necessária a substituição da mão de obra escrava. A cidade passou, então, a receber uma massa de imigrantes, em sua esmagadora maioria de Italianos (cerca de 9 000) e, em menor escala, de alemães, austríacos, espanhóis, portugueses e libaneses. Como resultado, houve uma fusão cultural e cosmopolita em pleno "sertão do pardo", período este conhecido como a "belle époque caipira", qualificando Mococa como uma das cidades produtoras do melhor café do Brasil. A florada civilizadora do café tornou os cafeicultores da cidade parte da elite social brasileira. Porém, entre 1914 e 1918, período da Primeira Guerra Mundial, ocorreu a desorganização do comércio internacional, desestruturando a economia cafeeira devido à retração dos mercados consumidores. A partir desse período, os fazendeiros passaram investir na criação de gado de leite. Em 1932, a cidade passou a ser um dos fronts da Revolução constitucionalista no conflito entre mineiros e paulistas.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome da cidade se origina da língua tupi e significa "casa de mocó", a partir da junção dos termos mokó ("mocó") e oka ("casa")[6] .

Turismo[editar | editar código-fonte]

Tem, como atrações turísticas: o centro histórico, diversas igrejas, museus e casa de cultura. O turismo rural e de eventos também merece destaque, podendo serem exemplificados o Troféu Chico Piscina e Kim Mollo (ambos de natação) e a Semana Universitária Mocoquense.

Imagens[editar | editar código-fonte]

Acesso[editar | editar código-fonte]

O município está ligado à rodovia Ademar de Barros (SP-340), uma das principais do estado, com pista duplicada, ligando Mococa a Campinas. É considerada a quinta melhor rodovia do Brasil, segundo o Guia Quatro Rodas.

Influência religiosa na cidade[editar | editar código-fonte]

O município pertence à Diocese de São João da Boa Vista. Sua Igreja Matriz, construída em 1898, é de estilo gótico e dedicada a São Sebastião. O atual pároco é Paulo Cominato.

O município também conta com as paróquias de:

  • São Sebastião
  • Santa Cruz
  • Sagrada Família
  • São Domingos
  • São Cristóvão
  • Santo Antônio
  • Santa Teresinha do Menino Jesus
  • Santa Luzia
  • Nossa Senhora da Luz (Igaraí)
    • As demais igrejas de Mococa não são paróquias.

Demografia[editar | editar código-fonte]

População Total: 68 695 (est. IBGE/2014)[3]

  • Urbana: 99%
  • Rural: 1%
  • Homens: 40%
  • Mulheres:60%

Densidade demográfica (hab./km²): 83,0

Etnias[editar | editar código-fonte]

Cor/Raça Percentagem
Branca 85,0%
Negra 2,1%
Parda 12,7%
Amarela 0,2%

Fonte: Censo 2000

Imigração

Após a abolição da escravatura em 1888, Mococa passou a receber uma enorme quantidade de imigrantes para trabalhar nas lavouras de café. Dentre os imigrantes, a maioria era de italianos, que somaram entre 9 000 e 10 000, vindos principalmente das regiões da Lombardia, Vêneto, Lácio, Campânia e Sicília. Mas havia também alemães, principalmente da região da Baviera, austríacos, portugueses; espanhóis da Andaluzia e da Galiza e, em menor escala, libaneses, dentre outros. A população atualmente é resultado da miscigenação desses imigrantes; estima-se que a maioria tenha ao menos um antepassado italiano.[carece de fontes?]

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima de Mococa é o tropical com invernos secos (Aw na classificação de Köppen) com temperatura média anual de 23,1°C, tendo a média das máximas de 28,8°C e a média das mínimas de 16,9°C. A precipitação pluviométrica média anual é de 1560,2 mm. O mês mais quente é outubro, com média das máximas de 31°C e o mês mais frio é junho, com média das mínimas de 13°C. O mês mais chuvoso é dezembro, com precipitação média de 273,7mm, seguido de perto por janeiro, com 267,1mm e os meses menos chuvosos são julho e agosto com 21,5 e 23,2mm, respectivamente[7] .

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para Mococa Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 29,0 30,0 30,0 29,0 26,0 26,0 27,0 29,0 29,0 31,0 30,0 30,0 31,0
Temperatura mínima média (°C) 20,0 20,0 19,0 17,0 14,0 13,0 13,0 14,0 19,0 18,0 19,0 20,0 13,0
Precipitação (mm) 267,1 212,9 188,6 74,8 59,3 33,0 21,5 23,2 67,4 140,5 198,2 273,7 1 560,2
Fonte: UNICAMP - Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas[8]

Divisão político-administrativa[editar | editar código-fonte]

Mococa nasceu com o nome de São Sebastião da Boa Vista, sendo um distrito do município de Casa Branca. Em 3 de fevereiro de 1873 emancipou-se tornando-se município. Pela lei estadual de 8 de abril de 1911 o município passou a se chamar Mococa[9] .

Desde 1960 o município é dividido em três distritos: Mococa (sede), Igaraí e São Benedito das Areias.

Educação[editar | editar código-fonte]

Possui as escolas técnicas estaduais do Centro Paula Souza, a ETec Francisco Garcia e a ETec João Baptista de Lima Figueiredo. Possui duas faculdades: a Faculdade de Tecnologia, onde são ministrados os cursos "Informática com Ênfase em Gestão em Negócios", "Informática com Ênfase em Banco de Dados e Rede de Computadores" ,"Agronegócio", "Gestão Empresarial" e "Gestão da Tecnologia da Informação" e a Faculdade da Fundação de Ensino de Mococa, onde são ministrados os cursos de Administração Geral, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Pedagogia, Letras e Matemática.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. a b Estimativa Populacional 2013 Estimativa Populacional 2014 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (28 de agosto de 2014). Visitado em 25 de setembro de 2014.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Visitado em 01 de agosto de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2005-2009 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 14 dez. 2011.
  6. NAVARRO, E. A. Método Moderno de Tupi Antigo. Terceira edição. São Paulo: Global, 2005. p. 103
  7. Clima dos Municípios Paulistas - CEPAGRI. Visitado em 15 de setembro de 2012.
  8. Clima dos municípios paulistas.
  9. Formação administrativa de Mococa, IBGE.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mococa