Culinária da África do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Koeksisters.

A culinária da África do Sul deriva, por um lado, da culinárias dos povos africanos, como por exemplo, os Khoisan, Xhosa e Sotho e, por outro, dos costumes introduzidos durante a época colonial por descendentes afrikaners e britânicos, assim como por seus escravos e serventes, o que inclui as influências da culinária malaia e indiana.1

CuisineSouthAfrica.jpg

Alguns exemplos são a phuzamandla (em isiZulu "bebida de força"), um alimento tradicional da população negra da África do Sul. É preparado com mealies piladas e levedura, a que se mistura leite ou água até ficar espesso. 2 e o potjiekos, um tipo de cozinhados da cultura afrikaner, que significa "cozinhar numa panela", mas referindo-se à antiga panela de ferro, o potjie.

Outra das tradições culinárias da África do Sul é a reunião social chamada braai, um churrasco geralmente com vários tipos de carnes e enchidos.

A África do Sul também se tornou produtora de vinho, principalmente nos vales em torno de Stellenbosch, Franschoek e Paarl.

Referências

  1. Coetzee, Renata, 1977. The South African Culinary Tradition, C. Struik Publishers, Cape Town, South Africa.
  2. Nelson Mandela, Long Walk to Freedom (excerto no PBS)
Bandeira da África do Sul África do Sul
Bandeira • Brasão • Hino • Culinária • Cultura • Demografia • Economia • Forças Armadas • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.