Dalila

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Abril de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Dalila (também escrita como Delila, em hebraico דלילה, D+*uL+iJ+L+oH+) é, no Livro de Juízes, a mulher que seduz e trai o juiz Sansão. O nome Dalila traduzido significa "oscilante, pendente".

Narrativa bíblica[editar | editar código-fonte]

Sansão havia combatido, e derrotado, os filisteus; Sansão, porém, já havia se envolvido com filisteias e prostitutas antes.

Após vinte anos julgando Israel,[1] Sansão se afeiçoou a Dalila, natural do vale de Soreque.[2] Os líderes dos filisteus foram a Dalila, e ofereceram, cada um, mil e cem siclos de prata[Nota 1] para que Dalila descobrisse o segredo da força de Sansão, e contasse a eles.[3] [Nota 2]

Por três vezes, Dalila perguntou o segredo da força de Sansão, e ele respondeu de forma errada. Então Dalila o importunou todos os dias para que falasse a verdade sobre a fonte de sua força. [4] Porém, na quarta vez, Sansão disse que seu segredo estava no cabelo; os filisteus, então, cortaram seus cabelos, o capturaram, vazaram seus olhos, e o mantiveram como prisoneiro.

O texto da Bíblia não menciona Dalila depois disso.

No Kebra Negast[editar | editar código-fonte]

No livro Kebra Negast, texto etíope do século XIII, Dalila era irmã de Maksâbâ, a esposa de Ḳwôlâsôn, rei dos filisteus.[5] Quando Sansão morreu, matando vários filisteus, o rei dos filisteus morreu; Dalila estava grávida de quatro meses e sua irmã de seis meses.[5] As duas irmãs se amavam muito, e criaram juntas os dois filhos,[5] Ṭebrêlês, filho de Maksâbâ e Akamḥêl (Menaém), filho de Sansão e Dalila.[6]

Quando tinha 15 anos, o filho de Sansão assassinou o filho do rei dos filisteus, e, na fúria, quase matou suas duas mães, mas elas o colocaram como rei no lugar do seu primo morto, dizendo ao povo que o rei estava doente, e fazendo o filho de Sansão reinar em seu lugar, de forma que os filisteus passaram a ser governados por descendentes de Sem.[6]

Notas e referências

Notas

  1. O equivalente a US$ 2.422,00
  2. O texto de Juízes não deixa isso explícito, mas os filiteus estavam organizados em cinco importantes cidades-estado: Gaza, Ascalão, Asdod, Gate e Ecrom.

Referências

  1. Juízes 15:20
  2. Juízes 16:4
  3. Juízes 16:16
  4. Juízes 16:16
  5. a b c Kebra Negast, tradução de E. A. W. Bulge (1922), 80. Sobre o rei dos filisteus [em linha]
  6. a b Kebra Negast, tradução de E. A. W. Bulge (1922), 81. Como o filho de Sansão matou o filho do rei dos filisteus [em linha]