Dominatrix

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.


Maîtresse Françoise: dominatrix profissional francesa.
Dominatrix preparada para a prática.

Dominatrix (do latim "dominatrix", que significa "mulher dominadora" ou "mestra") é uma mulher que exerce o papel "dominadora" em práticas de BDSM.

Dominatrix profissional[editar | editar código-fonte]

A Dominatrix profissional é a que exerce a profissão de realizar as fantasias de clientes submissos.

Elas podem também ser dominatrix em seu cotidiano, possuindo "escravo pessoal" sem compromisso profissional.

Mas muitas são apenas profissionais, e seguem esse emprego apenas pelo alto-pagamento… sem um real comprometimento com a sub-cultura BDSM.

Deve-se lembrar que o BDSM profissional não deve ser considerado prostituição, pois dominatrizes profissionais não estabelecem contatos sexuais com seus clientes.

Dominatrix não-profissional[editar | editar código-fonte]

A Dominatrix não-profissional, exerce a função de dominadora em seu cotidiano, ou seja, tanto dentro quanto fora de um quarto, com um escravo pessoal, que pode ser seu amigo/namorado.

A imagem da Dominatrix[editar | editar código-fonte]

O velho estereótipo de uma dominatrix é muito visto em filmes e clipes musicais.

Geralmente sua imagem é associada à roupas de latex/couro e botas de cano alto… ou lingeries, meias e salto alto.

Clipes musicais[editar | editar código-fonte]

  1. "Erotica" de Madonna
  2. "Not Myself Tonight" de Christina Aguilera
  3. "Womanizer" de Britney Spears
  4. "Toxic" de Britney Spears
  5. "Venus in Furs" de The Velvet Underground
  6. "Human Nature" de Madonna
  7. "Cool and Unusual Punishment" de NOFX
  8. "S&M Airlines" de NOFX
  9. "Dominated Love Slave" de Green Day
  10. "Computer Blue" de Prince
  11. "Alejandro" de Lady GaGa
  12. "Blood, Sex and Booze" de Green Day
  13. "I Almost Told You That I Loved You" de Papa Roach
  14. "Poison" de Nicole Scherzinger
  15. "S&M" de Rihanna

Livros[editar | editar código-fonte]

  1. Tomi Ungerer: Schutzengel der Hölle, Diogenes 1986
  2. Annick Foucault: Françoise maîtresse, Gallimard 1994
  3. Shawna Kenney: I Was a Teenage Dominatrix: A Memoir, Last Gasp 2002

Links Externos[editar | editar código-fonte]